Poder

Senador João Capiberibe teria recebido verbas desviadas da saúde do MA

O então governador José Reinaldo Tavares tinha uma obsessão: ajudar o então senador João Capiberibe a derrotar o senador José Sarney no Amapá.

Senador João Capiberibe e o deputado federal José Reinaldo Tavares.

Senador João Capiberibe e o deputado federal José Reinaldo Tavares.

Investigações da Policia Federal detectaram que o ex-governador do Maranhão e atual deputado federal, José Reinaldo Tavares (PSB), em 2009, teria enviado a quantia de R$ 500 mil para o senador do Amapá, João Alberto Capiberibe, para financiar sua campanha ao senado.

Trechos do relatório da Policia Federal, que resultou na Operação “Sermão aos Peixes” apontam uma série de desvios promovidos pelo parlamentar durante a sua gestão como governador do Estado.

No período de investigação, o Ministério da Saúde destinou R$ 2 bilhões em recursos da União para o Fundo. Desse total, R$ 1,2 bilhão teria sido desviado. Parte deste dinheiro, cerca de R$ 500 mil, teria sido desviado pelo então gestor estadual, José Reinaldo, para ajudar o senador amapaense a derrotar seu maior desafeto o então senador José Sarney (PMDB) nas eleições, tanto José Reinaldo quanto João Capiberibe são adversários políticos declarados de Sarney.

A verba teria sido desviada através do Instituto Cidadania e Natureza(ICN).

O documento relata ainda de uma “ex-secretária de Saúde”, cujo nome não é revelado, que “recebe mensalmente R$ 30 mil para dar continuidade às falcatruas da organização criminosa”.

O relatório da Polícia Federal aponta que o deputado federal tinha uma obsessão: ajudar o então senador João Capiberibe a derrotar o senador José Sarney no Amapá.

E para tanto, o peessebista José Reinaldo não poupou dinheiro público, desviado via ICN para ajudar seu colega de partido. Só para a campanha de Capiberibe foram encaminhados nada menos que R$ 500 mil reais, segundo revela o relatório da Polícia Federal.

As investigações também indicam que a sangria promovida pelo parlamentar nos cofres públicos para ajudar seus amigos, incluindo-se João Capiberibe, deixou os hospitais do Maranhão a ver navios, já que só no Hospital Mata Roma, a PF descobriu que se desviavam R$ 120 mil da verba de manutenção.

O rombo se revela maior com a administração da Maternidade Marly Sarney, onde foram repassados R$ 16 milhões e outros R$ 34 milhões referentes à administração do Hospital Carlos Macieira: R$ 600 mil para o bolso do ex-chefe do gabinete civil Aderson Lago, R$ 980 mil para movimentação e sustentação e apoio aos balaios (pessoas pagas para difamar desafetos de José Reinaldo), diz o relatório da Polícia Federal.

 

 

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Senador João Capiberibe teria recebido verbas desviadas da saúde do MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. O bicho vai pegar

    Eita que agora a Drª Helena deve está passando mal, Afonsinho e quadrilha!
    Se apertar ainda vai sair mais coisa aí, e muita…

  2. cobra

    TA APARECENDO MAIS LADRAO E AINDA VAI APARECER MAIS

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários