Poder

Prefeitura de Coroatá bancava escritório particular de Ricardo Murad

O diálogo se dá entre Sérgio Sena de Carvalho, gestor do Fundo Estadual de Saúde durante o governo de Roseana Sarney, e o ex-chefe da SES.

Em uma conversa gravada, pela Polícia Federal, durante o processo investigatório sobre desvio de verbas públicas na Saúde, Ricardo Murad afirma que paga todas as despesas pessoais e profissionais com recursos públicos da Prefeitura de Coroatá.

O diálogo se dá entre Sérgio Sena de Carvalho, gestor do Fundo Estadual de Saúde durante o governo de Roseana Sarney, e o ex-chefe da SES.

Na conversa é possível perceber claramente que Murad usa verbas da administração municipal de Coroatá para arcar com os gastos do seu escritório. Sérgio Sena pergunta a Ricardo quem paga as conta da empresa e ele responde: “É Coroatá.”

A Polícia Federal constata que Ricardo Murad é gestor de fato da Prefeitura de Coroatá, pois toma decisões sobre contratações, exonerações e realiza obras sem licitações.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários