Poder

Governo Flávio Dino reduz números da violência na Grande São Luís

No segundo trimestre de 2015, os crimes violentos tiveram queda de 5,8% em relação ao mesmo período de 2014.

Entre abril e junho de 2015, foram registrados na Grande São Luís 242 crimes violentos, ou seja, índice 5,8% menor do que no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 257 casos.

No total do primeiro semestre, já foram cometidos 523 crimes violentos, o que equivale a uma diminuição de 5,9% em relação aos primeiros seis meses de 2014, que registraram 556 mortes violentas.

O levantamento foi realizado pelo Centro de Apoio Operacional da Atividade Policial (CAOp-CEAP) do Ministério Público do Maranhão (MPMA) e engloba os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. Como fonte da pesquisa, foi utilizado o livro de registros de mortes do Instituto Médico Legal (IML), que, em seguida, foi confrontado com os dados do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) do estado do Maranhão.

O estudo segue a metodologia dos crimes violentos letais intencionais (CVLI) adotada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública. Inserem-se nesta nomenclatura os crimes cometidos com arma de fogo, armas brancas, instrumentos de ação contundente e/ou perfuro-cortantes, esgorjamento, estrangulamento, espancamento e agressão física.

ARMAS DE FOGO

No detalhamento dos 242 crimes violentos no segundo trimestre de 2015, o relatório informa que 81,4% foram praticados com uso de armas de fogo, 14,9% por arma branca e 2,1% por instrumentos de ação contundente e/ou perfurocortante.

Para o CAOp-CEAP, embora dados da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão relatem a apreensão de 554 armas de fogo de janeiro a maio de 2015, “é notório que ainda há uma grande quantidade circulando livremente nas mãos de criminosos e proliferando de forma acelerada, o que revela uma situação alarmante”.

Citando pesquisa feita em São Paulo pelo Instituto Latinoamericano das Nações Unidas para Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente, que lança a hipótese de ser a polícia um dos responsáveis pela proliferação ilegal de armas, o órgão do Ministério Público defende a necessidade de se “monitorar as condições de armazenamento de armas apreendidas, procedimento de remessa à destruição e, essencialmente, enfrentar a enorme burocracia que envolve tais procedimentos”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Governo Flávio Dino reduz números da violência na Grande São Luís”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Mariana

    Esta de brincadeira, só no sábado moram 18 amigo.

  2. marcos

    Mais essa não é a realidade que vivemos, pois todos os dias se ler nos noticiários o aumento das mortes violentas, sendo notório o aumento da criminalidade.

  3. Paulo

    nunca,a realidade é outra,estão fazendo mascaras para que a população não saiba,mas estão enganados pois quem é vitima e quem estar na rua é a sociedade que estar refém na mão de um governo tirano.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários