Poder

CPI em Santa Quitéria começa em Pizza

Após inúmeras tentativas de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no município de Santa Quitéria do Maranhão (348km da Capital), localizado na região do Baixo Parnaíba, para apurar incontáveis desvios com os recursos públicos que deveriam ter sido destinados à Saúde e Educação do povo quiteriense, ocorridos durante a atual gestão do prefeito Sebastião Moreira (2013 até o momento) e do seu antecessor “Manim Leal” (2005-2012), o Juiz de Direito titular da Comarca de Buriti, respondendo pela Vara Única da Comarca de Santa Quitéria, aceitou pedido liminar interposto por alguns parlamentares e determinou que Antonio José dos Santos Araújo, Presidente da Câmara de Vereadores, instalasse a CPI no prazo de 48hrs, sob pena de sanções, a exemplo de crime de desobediência e improbidade administrativa.

Desse modo, diante de uma decisão judicial, Manim Leal não teve outra alternativa senão permitir que o seu aliado político, vereador Antonio José dos Santos Araújo (Presidente da Câmara) aceitasse os requerimentos para instalação da CPI, entretanto, através de uma jogada política, Manim Leal conseguiu colocar a sua esposa, vereadora ficha-suja Ivanice Leal, como presidente da Comissão de Investigação do Poder Legislativo.

Isso mesmo. A esposa de Manim Leal será a responsável por presidir a CPI que investigará desvios cometidos pelo seu marido durante o período que foi chefe do executivo municipal (2005-2012), bem como durante a gestão de Sebastião Moreira (2013 até hoje). Cabe ressaltar que Manim Leal é quem realmente administra o município atualmente, permitindo inclusive que várias empresas que mantinham contratos duvidosos à época da sua gestão continuem “ganhando” licitações em Santa Quitéria.

De fato, essa CPI já nasceu em PIZZA. A única esperança da população quiteriense é que os Órgãos de Controle assumam a sua função e façam auditorias profundas em todos os contratos do município para, enfim, responsabilizar todos os responsáveis pelos desvios de recursos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários