Poder

Em Chapadinha, ninguém confia em ninguém

A cidade de Chapadinha, localizada a 240 km de São Luís, vive um dilema na política. Lá, os grupos das principais lideranças não confiam um no outro. Veja bem.

A atual prefeita Dulcilene Pontes, a Belezinha, só foi eleita por que o ex-prefeito Isaias Fortes a colocou nos braços e empurrou goela a baixo da população. Dois anos depois de administração, Belezinha rompeu seus laços com seu padrinho político, que perdeu todos os cargos e secretarias no governo, ficando apenas sua esposa na vice-prefeitura.

Do outro lado estão os ex-prefeitos Dr. Magno Bacelar e Danúbia Carneiro. A dupla Magnúbia, como é conhecida, não se entendem nem com Belezinha e muito menos com Isaias, de quem é adversário histórico. Danúbia, inclusive, só assumiu o mandato em 2009 por que Fortes foi cassado do cargo. Nenhum dos dois podem ser candidatos por problemas na justiça, mas veem no enrolado vereador Eduardo Sá a sua única chance de voltar à prefeitura.

Também figura como liderança o deputado estadual Levi Pontes, que se fortaleceu bastante na assembleia e pode interferir bastante nas eleições.

Correndo por fora está o também deputado Paulo Neto, que nunca escondeu a vontade de ser prefeito de Chapadinha, mas para isso deverá convencer Isaias a apoia-lo. Isaias por sua vez já disse aos aliados mais próximos que só apoia um dos seus filhos, Isamara e Marcelo. Certamente com medo de acontecer o mesmo que aconteceu com Belezinha.

Se todos os citados se lançarem ou lançarem alguém candidato a prefeito, quem se fortalece é Belezinha, que com a oposição rachada aumenta significantemente suas chances de reeleição, mesmo com imensa rejeição enfrentada. Portanto, a única chance da oposição vencer é se si unir. Contudo, isso é muito difícil já que ninguém confia em ninguém. Já imaginou Magno e Isaias no mesmo Palanque?

E outra, quem seria o candidato?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários