Poder

Governador Flávio Dino cobrará contratos inacabados na gestão Roseana Sarney

Flávio Dino.

Flávio Dino.

O Governo do Estado está intensificando a fiscalização de obras civis e rodoviárias iniciadas na gestão passada e que não foram concluídas. Fiscais da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) estão percorrendo todo o estado para elaborar relatórios técnicos sobre o estado de cada obra. Após a entrega dos relatórios serão encaminhadas as medidas necessárias ao cumprimento dos contratos.

De treze obras civis em andamento, duas já foram concluídas, estádio Castelão e a reforma do Solar do Outono, ambos na capital. Há outras obras importantes para o desenvolvimento de diversas regiões que não foram entregues pela gestão passada e estão atrasadas. Os técnicos da secretaria vão intensificar a fiscalização e chamar as empresas para que concluam os serviços.

Um exemplo é o ginásio Costa Rodrigues, que foi inaugurado no dia 30 de dezembro de 2014, mas ainda há serviços pendentes, como a conclusão dos banheiros e a instalação de um elevador para cadeirantes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Governador Flávio Dino cobrará contratos inacabados na gestão Roseana Sarney”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. João José Macedo

    Governador!!! no Costa Rodrigues me parece(pelas fotos)que falta o alambrado que proteje o público da bola.A não ser que o publico seja o secretário de Infra Estrutura do governo passado.Bola na cara!!!

  2. jose carlos silva

    Neto, essas obras que estão desmanchando não foram fiscalizadas pelos técnicos da Sinfra? Afinal Secretário não fiscaliza obra, imagina se o atual secretário NOLETO fosse fiscalizar sequer uma calçada. A minha preocupação é que as obras serão fiscalizadas pelos mesmos engenheiros que não cumpriram a sua função fiscalizadora. E que o Noleto não aceite culpar secretário, pois fiscalizar obra não é funçao de secretário.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários