Poder

Assessor de Prefeitura de Timon é acusado de extorquir idosos

O assessor é da Secretaria de Direito Humanos e Cidadania da gestão Luciano Leitoa

O prefeito Luciano Leitoa deve afastar do cargo esta semana o assessor especial da secretaria Municipal de Direito Humanos e Cidadania, Jerry Mayner Silva, que está sendo acusado de ter extorquido um casal de velhinho que procurou sua secretaria para pedir ajuda.

Sem ter seu nome citado até quarta-feira (12), a ação de Jerry vinha sendo alvo de comentários e denúncias durante toda a semana nas emissoras de rádios da cidade. Até que blogueiros e portais de notícias passaram a divulgar sua foto pedindo que o prefeito Luciano Leitoa tomasse providência.

Luciano disse a interlocutores que nesta semana vai afastar do cargo o assessor acusado e determinar a abertura de um inquérito administrativo para apurar as denúncias.

Irmão do vereador e secretário Municipal de Assuntos Extraordinário da prefeitura de Timon, Jair Mayner (PSB), o “Professor Jerry”, como é mais conhecido, teria ficado com R$ 2.500,00 mil de um casal de velhinhos que foi pedir ajuda na secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.

Na última quinta-feira (13), Jerry compareceu a rádio comunitária Operária FM, e disse que depois iria se explicar. Além disso, ele ainda teve a coragem de ameaçar com processo a todos os jornalistas que noticiassem a acusação. É mole?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários