Poder

Empresários ganham as ruas de São Luís em movimento Aécio Presidente

“O que estamos realizando são ações voluntárias em prol da eleição de Aécio Neves para o cargo de presidente. São ações espontâneas, sem vínculo partidário; ou seja, é o exercício da cidadania. Estamos exercendo nosso direito de expressão da forma mais democrática que a sociedade pode se manifestar na escolha de seu maior governante”, informou o empresário Darci Fontes, que mobiliza um grande grupo empresarial no estado para a realização de atividades de rua que defendem a eleição do presidenciável Aécio Neves.

Esse ideário é reflexo da sensível adesão do nome de Aécio Neves para a presidência da República no Maranhão e, sobretudo, na capital maranhense. O que representa uma conquista, diante do desafio de cenário que o diretório estadual tucano tem de enfrentar desde o primeiro turno, já que nosso estado representa votação historicamente expressiva em candidatos petistas.

Resposta dos setores da sociedade – A voz vem das ruas. E também do ciberespaço. Boa parte do trabalho voluntariado pró Aécio Neves no Maranhão tem se articulado por páginas sociais e por diversas mídias eletrônicas; nos sentido de preparar ações conhecidas como “adesivaço”, “plotagens”, caminhadas e carreatas, que recebem o apoio do PSDB/MA e dos seus partidos aliados.
A diferença, nesse caso, está na forma de gestar cada atividade. “Não interferimos na maneira nem no nível de participação das comunidades e dos grupos que querem promover a Onda Azul no Maranhão. Apenas contribuímos com material, aparato físico, presença partidária e assessoria. A essência dos movimentos e o tom dos eventos que dá são os seus idealizadores”, declarou o vice-governador eleito, Carlos Brandão (PSDB/MA), presidente do diretório estadual peessedebista.

Na prática, a orientação de bastidores é a de que cada coordenação do movimento Aécio Presidente converse com a população, colegas de trabalho ou colaboradores, sempre focando nos temas explorados pelos adversários e esclarecendo os principais pontos de conflito desta campanha.

Aos fins de semana, cada integrante veste a camisa, pega a bandeira e, literalmente, ganha as ruas de São Luís. Um espaço que já virou local de encontro entre os grupos de empresários para ações tem sido a Avenida Litorânea. Para lá, nos últimos domingos, deslocam-se profissionais dos ramos da infraestrutura, engenharia, jurídico, telecomunicações, informática, energia, eficiência energética, comércio lojista, construção civil, médica, automóvel e educação. Juntos, promovem atividades em apoio ao presidenciável tucano.

Quando questionado sobre o que o motivou, enquanto empresário, a defender o nome de Aécio Neves para presidente, Darci Fontes foi categórico: “Quem dá emprego ao brasileiro é, sobretudo, os empresários. E nós estamos sendo perseguidos, achacados, com uma carga tributária que está causando desemprego. Como uma governante pode dizer que gera emprego, mas não ajuda os empresários? A atual governança do país está perdida. Desconhece o que está fazendo. Com essa forma de governar tive que desempregar mais de 200 pessoas, o que significa que 200 famílias ficaram sem sustento, porque o país deixou de crescer com o desaquecimento da economia, da inflação que não para de crescer. Por isso queremos a mudança, queremos um Brasil livre. Queremos manter um Brasil democrático e queremos a alternância de poder. Não estamos comprando uma briga partidária. Queremos apenas o ver direito dos brasileiros sendo resgatado”.

​A classe empresarial no estado também afirma que irá cobrar de Aécio Neves, caso seja eleito presidente, que ele não só mantenha os programas sociais, mas, que também os amplie e os incremente. Reforçam que podem contribuir com isso. Eles também lutam pela retomada da logística no país, de investimento em portos, estradas, infraestrutura e mobilidade urbana.

​Outra iniciativa popular que aderiu integralmente à Onda Azul no Maranhão é o Comitê Pluripartidário no estado, formado por todos os partidos que apoiam Aécio Neves neste segundo turno. Ribamar Soares, representante do Comitê destaca as razões para a adesão: “O Brasil quer mudar. O Brasil quer mudança. O movimento do Comitê Pluripartidário não é só o PSDB. É uma iniciativa que engloba a vontade de todos os partidos que querem Aécio presidente. O PSDB hoje nos representa, porque somos muitos. O nosso envolvimento é justamente em relação ao candidato que acreditamos que vai fazer essa mudança. Esse candidato é o Aécio Neves. Possuímos uma bandeira ideológica. Estamos aqui cristalizando um movimento que recolhemos das caminhadas de ruas, dos movimentos sociais, de cada homem e de cada mulher que quer mudar esse Brasil. Por isso estamos aqui, de forma voluntária”.

​De maneira voluntária a diretora da Associação Comercial do Maranhão – ACM, Luzia Rezende, também participa das atividades que embalam as manifestações em favor do candidato à presidência, Aécio Neves. Para ela, a instituição que representa deve ser neutra, mas não esconde a preferência pessoal: “Nós, enquanto brasileiros e empreendedores deste país, temos que lutar pela mudança. É isso que eu, particularmente, quero. Precisamos experimentar outra pessoa a frente do nosso país porque ficamos na mesmice. Além do mais, com todos estes acontecimentos referentes aos últimos quatro anos, a gente observa que a nossa economia não está crescendo. Que devemos trabalhar para que se mude esse quadro. Por isso, apoio essa mudança e apoio Aécio Neves para presidente”.
​Além de Darci Fontes, fazem parte da comissão organizadora do movimento empresarial pró Aécio Neves os empresários Fernando Cardoso, Ana Brandão, Geraldo Lauande, Gustavo Almeida, Marcelo Lamar, Jair, Íris Carone, Gilberto Carvalho e Robério Giffony.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Empresários ganham as ruas de São Luís em movimento Aécio Presidente”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Nilson

    Todos esses marreteiros que estão aí fazendo campanha pro adversário estiveram com o José Serra em 2010 e se entraram na taca. No próximo domingo a Dilma ganha a eleição com o voto do povo humilde e trabalhador. Sou da Vila Luizão e Divinéia, na periferia de São Luís.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários