Poder

Ostentação

Por Abdon Marinho.

Advogado Abdon Marinho.

Advogado Abdon Marinho.

Hoje quando o amigo encostar a cabeça no travesseiro para dormir, nossa riquíssima Ilha do Amor, já terá provado seu crescimento e riqueza já tendo matado, em 15 dias 42 pessoas, mais da metade do que Áustria com seus mais de 8,3 milhões de habitantes em todo o ano de 2013 (56); pouco menos que a metade do que a Suécia com seus 9,5 milhões de habitantes matou (91); mais do que a Noruega com seus 5 milhões de habitantes matou no mesmo ano (29); mais que o dobro do que matou a Eslovénia com seus 2 milhões de habitantes (15); mais da metade do que matou a Croácia com seus 4,5 milhões de habitantes (62); apenas dez a menos que a Suíça com seus quase 8 milhões de habitantes (52); doze a menos que a Irlanda com seus 4,5 milhões de habitantes (54); quase três vezes o que matou Hong Kong com seus quase 7 milhões de habitantes (17); quase o triplo do que matou Singapura com seus 5 milhões de habitantes (16); quase o mesmo tanto que matou a Dinamarca com seus 5,5 milhões de habitantes (47). Encerro aqui.
Como podemos ver, as nações citadas não entendem nada de ostentar suas riquezas. Apenas essa “merreca” de homicídios num ano inteiro. Ora, ora, vê-se que não entendem nadinha de riqueza ou desenvolvimento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Ostentação”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Francisco Pereira

    Professor ABDON MARINHO,

    Nós, aqui do interior ficamos apenas a perguntar?

    Essas nações citadas em seu artigo são todas nações riquíssimas, ok?; OK!, aqui exclamo!
    E os dados (IDH) do Maranhão, são dos interiores com IDHS miseráveis? Sim ou Não?
    Respondo: são igualitários! OK… Para não desmerecer o interior do estado com a capital.

    Então vejamos:

    São Luís tem hum Milhão de habitantes.

    O Resto do Maranhão, tem mais de 5 milhões.

    Os índices de desenvolvimento são medidos pela educação, saúde, habitação, etc;

    Onde fica a maior concentração de Riqueza no Maranhão?

    O Porto do Itaqui, Cargos ISO sem trabalhar, Dinheiro da Saúde para São Luís, maior que para o resto do Maranhão, Arranha-Céus, com vidros fumês azulados, namoradas bonitas e bares chique; Praias encantadas e a serpente adormecida, CONCENTRAÇÃO DE JUIZES E DESEMBARGADORES com seus poderes mágicos, magistrados!

    Secretarias de Governo, do Estado ou do Município de São Luis, Seconzinha e outras da Saúde, para convênios milionários…

    E mais, sobre riquezas do Maranhão:

    Onde o Sarney construiu as UNIVERSIDADES: a UFMA, desde não sei que tempo, a UEMA do início do novo mundo, o CEFET, um dos primeiros no Brasil.

    Pra onde veio o PRIMEIRO COMPUTADOR no Brasil?

    Enfim, onde fica o dinheiro do ESTADO DO MARANHÃO?

    Respondo:

    NA ILHA DO AMOR, JAMAICA BRASILEIRA, projeto Reviver, mágico de Roots dos acadêmicos das escolas do Sarney, UFMA, UEMA e do Decreto Presidencial, ou seja, uma canetada criou o CEUMA para os filhos mais desprovidas fazerem um curso de direito NO ENTÃO E ORA mEDICINA, pois na UFMA e UEMA somente os filhos dos Burgueses poderiam cursar tais cursos, que não é o seu caso!

    Hoje a face se inverteu com o ENEM, produto também que tem o dedo do Sarney.

    Finalizo, ainda indagando: Onde está 90% CONCENTRADA a riqueza do Maranhão?

    Resposta: EM SÃO LUÍS!

    Onde tem Riqueza tem os seus males.

    Pedrinhas existe desde 1965.

    Os negros existem desde a criação do mundo, mas, há 100 anos atrás ainda eram escravizados.

    Até neste momento há escravidão e discriminação em nossos arredores. Principalmente no interior do estado.

    Aqui não se faz greve e nem se tranca o ESTREITO DO MOSQUITO. Apenas os indígenas aprenderam a construir seus sonhos: Trancam a BR 226 ou a de Buriticupu e colocam us pauzinhos embaixo da Rede de Energia da Eletronorte.

    aqui não tem Helicopteros para filmar as barbáries, mas existem.

    Aqui também não há os belos prédios da UFMA, do CEUMA, DA UEMA, do IFMA e nem os magistrados das letras para ensinar, pois os graus foram alcançados e a Capital do estdo é o caminho. restando, decadas após decadas, ao povo do interior do estado a mesmice!

    Vamos pensar juntos: Roseana tem razão: Quando ha um crescimento de renda, TODOS procuram se adequar e existe, assim, um movimento humano, natural de ocupar seus espaços, inclusive os presos, os marginais, os estudantes, os intelectuais, os políticos, enfim, todos se movimentam, para não ficar fora da carruagem que passa: O Desenvolvimento.

    Você sabe muito bem disso, professor!

    Nesses países já houveram Guerras, muitas tribos milenares foram extintas, muitas forcas foram montadas, muitas mulheres foram roubadas e viram seus maridos sendo degolados.

    Muito já se passou para termos um mundo melhor!

    Precisamos ler o passado, para não entrarmos novamente em uma cortina de ferro ou em uma guerra fria, com iminencia nos bastidores da INTERNET.

    Então, precisamos refletir.

    Induzir os jovens estudantes, nas cadeiras frias das universidades de que o Sarney é isso e aquilo é bom, é endeusar cabide em pé de camará.

    Veja: TER RAIVA DOS SARNEY, é um movimento social, mas que está cegando ainda mais os adeptos desse movimento.

    Reinventar a Roda será uma tarefa difícil, mas, quem quizer tentar que ostente o custo social.

    Vejamos alguns exemplos: Os maiores inimigos se juntaram para termos um país melhor: Lula e Sarney e Collor de Melo. ACM, Itamar Franco e outros, de rancores ainda da República Velha, não convivem mais neste céu de brigadeiros da terra, dos queijos de minas ou das ladeiras do pelourinho na bahia de todos os santos.

    O Maranhão preciso de união e de poucos rancores!
    Viva o Maranhão: EU AMO O MARANHÃO, sim!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários