Poder

Diretor da Câmara de São Luís pede demissão após escândalo

Cocóia.

Cocóia.

O escândalo envolvendo a ex-gerente do Bradesco, Raimunda Célia Moraes da Silva Abreu, também respingou em um dos principais servidores da Câmara de São Luís.

Antônio Luis Rodrigues Costa que até então ocupava o cargo de diretor da Câmara de São Luís, pediu demissão após o estouro da bomba de efeito retardante.

Amigo de boa parte dos vereadores, Cocóia como era mais conhecido, teria tentaculos no esquema de agiotagem realizado via o Banco Bradesco. Sua demissão teria como ponto especifico uma explicação perante a grave acusação.

No esquema também teria participação do filho de um vereador e demais pessoas que fazem parte de uma organização criminosa que movimentou milhões de contas bancarias de correntistas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários