Poder

Jornalista é agredido após denunciar Luciano Leitoa

Atos de covardia tomam conta de Timon.

Pessoas ligadas a grupos políticos são os principais responsáveis na maioria dos atos de covardia como espancar, mandar bater, agredir verbalmente e em alguns destes casos chegam a tirar a vida de jornalistas, radialistas e empresários com envolvimento político.

No Brasil o jornalista Tim Lopes foi cruelmente assassinado por ter feito denuncias em grandes meios de comunicação.

Outro exemplo foi o radialista Miro Gomes da baixada Fluminense que foi espancado e assassinado dentro da própria emissora de Rádio, por ter denunciado as contas fraudulentas de um politico local que teria desviado milhões de reais dos cofres públicos.

O saudoso Donizete Adalto (Que foi apresentador da TV Meio Norte), por ter uma opinião própria acabou sendo cruelmente assassinado e espancado por pessoas ligadas a grupos políticos do estado do Piauí.

O Jornalista Décio Sá foi outro guerreiro que denunciou vários escândalos de políticos pelo o estado do Maranhão e desvendou a guerra dos agiotas pelo o estado.

Em Timon, temos um exemplo desses atos de covardia, não devemos esquecer o que aconteceu com o radialista Jorge Vieira de Timon, que por sua coragem em levar ao denuncias através do Rádio. Jorge apontava atos de maracutai que acontecia na cidade, na época os covardes fizeram dele um alvo e acabaram o assassinando.

Neste final de semana o terror voltou com tudo em Timon. O radialista e repórter Júlio César, do Portal Timon FM, por volta das 9h de sexta-feira, foi atacado por dois elementos. Júlio Cesar conta que um dos homens desceu e perguntou seu nome, ao responder quem ele era, foi agredido com um soco no rosto e saiu dizendo que o jovem vinha falando demais.

O ato de covardia deu a entender que era retaliação politica , pois o radialista vem fazendo denuncias e criticas aos ouvintes da rádio que trabalha. Júlio César apresenta um programa de noticias (Conexão com o Povo), em rádio local, sua voz ativa em denunciar erros e desmandos existentes na nova gestão da cidade tem provocado fúria dos aliados políticos do prefeito.

A imprensa em Timon anda assustada nas ultimas semanas, pois várias pessoas que criticam a nova gestão estão sendo ameaçadas através de mensagens via internet. O intuito é tentar calar ou intimidar aqueles que apontam os erros existentes na cidade de Timon.

É errado criticar e apontar os erros de uma gestão pública?

Esse tipo de comportamento é triste, pois Timon já viveu no passado a morte de um radialista. O município de Timon não aceita esse tipo de covardia política.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Jornalista é agredido após denunciar Luciano Leitoa”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. alfredo

    a verdadeira história dessa agressao é q esse rapaz vivia dando em cima de uma moça (Rosangela) do bairro São Benedito, inclusive ameaçando colocar materias denegrindo sua imagem se ela nao o quizesse e o namorado dela reagiu !!!
    ele sabe de quem estou falando !!

  2. alfredo

    Julio Cesar, a Rosângela deveeria era ter te denunciado na delegacia da mulher

  3. julio

    Agressão contra radialistas, jornalistas o pessoal da imprensa sempre irão continuar meu caro NETO FERREIRA como vc mesmo disse já ocorreram vários e vão continuar ocorrendo essa gestão voltou pra acabar com o nosso Timon e nossos Timonenses eles naum tem pena de ninguém se alguém denunciar eles espancam msm e chegar a mandar Matar como já fizeram e todo o mpovo Timonense sabe disso mas temem a família LEITOA…

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários