Poder

Eduardo Campos é o governador que mais eleva gastos no país

POR Dinheiro Público & Cia

O presidenciável Eduardo Campos (PSB) é o governador que mais eleva gastos no país no atual mandato, mostra levantamento feito a partir dos relatórios dos Estados.

De janeiro a agosto deste ano, Pernambuco contabilizou despesas totais de R$ 23,6 bilhões, o que representa um aumento de 55,9% sobre os R$ 15,2 bilhões dos primeiros oito meses de 2010.

A taxa de crescimento está bem acima da média do conjunto dos Estados, de 35,9% no período. O levantamento não inclui Espírito Santo e Amapá, cujos dados não estavam disponíveis nos sites Compara Brasil (que reúne estatísticas fiscais de Estados e municípios) e do Tesouro Nacional.

Os resultados mostram que a aguda piora das contas públicas neste ano não será um tema confortável para os principais candidatos nas eleições do próximo ano.

A deterioração é mais visível na administração de Dilma Rousseff, mas os gastos também sobem mais que as receitas de forma generalizada entre os Estados, incluindo os governados pela oposição.

Em São Paulo e Minas, principais vitrines administrativas do PSDB, o superavit primário _a poupança destinada ao abatimento da dívida_ está em queda, o que tende a se acentuar com o calendário eleitoral.

Em Pernambuco, o afrouxamento fiscal é mais evidente: houve deficit primário nos anos passado e retrasado, e neste ano, até agosto, o saldo está em queda.

Isso significa que o Estado está se endividando para cobrir suas despesas rotineiras, como pessoal e custeio administrativo, e as obras públicas.

Todas as modalidades de despesas pernambucanas mostram elevação acima da média dos Estados, com destaque para os investimentos, que cresceram 78,5% de 2010 para 2013.

A gestão de Eduardo Campos tira partido do baixo nível de endividamento de seu Estado. Como a dívida equivale a 44,4% da receita anual e o teto fixado na legislação é 200%, há margem para tomar novos empréstimos.

No ano passado, os gastos com pessoal chegaram a 50,9% da receita, acima do teto legal de 49%; de lá para cá, caíram para 44,6%.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Eduardo Campos é o governador que mais eleva gastos no país”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. CARLOS FILHO

    ESSE NÃO PASSA DE UM GRANDE CANALHAO PSEUDOCOMUNISTAS,QUE QUER COOPTAR POLÍTICOS DO NORDESTE.EH O POLÍTICO MAIS MALA DO PAIS.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários