Poder

Médico é preso em Imperatriz acusado de mandar matar ex-mulher

Policiais civis do Maranhão e Pará prendem médico suspeito de homicídio.

Uma ação conjunta do Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Imperatriz com investigadores da cidade de Santa Maria do Pará (PA) resultou na elucidação de um homicídio cometido na cidade de Santa Maria do Pará, em janeiro deste ano. Um dos detidos é medico e ex-companheiro da vítima.

Ao todo, foram cumpridos, na terça-feira (27), três mandados de prisão em diversos pontos em Imperatriz. As ordens judiciais foram expedidas pelo juiz Augusto Bruno de Moraes Savacho, da comarca de Santa Maria do Pará, pelo homicídio ocorrido no dia 13 de janeiro, que vitimou Elianara Mendonça da Silva, de 23 anos. A vítima foi atingida com dois tiros.

O primeiro mandado foi cumprido contra de Danny Alessandro Boado Quiroga, 38 anos, no centro da cidade. Ele era ex-marido da vítima e foi, segundo as investigações, o mandante do crime. De acordo com informações policiais, a vítima e o ex-marido estavam tendo diversos conflitos com o fim do casamento, o que teria motivado o crime.

O mandante do crime é médico ginecologista e clínico geral e atuava nos estados do Pará, Tocantins e Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários