Poder

Fábio Braga anuncia investimentos de R$ 85 mi no setor aviário do MA

O deputado Fábio Braga (PMDB) anunciou nesta sexta-feira (9), na Assembleia Legislativa, que o Grupo Frango Americano pretende investir R$ 85 milhões na construção de uma fábrica de ração, abatedouro e granjas no município de Vargem Grande, localizado a 176 quilômetros de São Luís, na região do Itapecuru.

Deputado Fábio Braga.

Deputado Fábio Braga.

O anúncio foi feito depois que Fábio Braga participou de reunião, em São Luís, com os diretores executivos do Frango Americano, Evandro Watanabe e Iron Max, acompanhado do prefeito de Vargem Grande, Edvaldo Nascimento, e do vereador de Chapadinha e agrônomo Eduardo Sá.

O parlamentar informou que o Grupo Frango Americano pretende se estabelecer às margens da MA-020, entre os municípios de Vargem Grande e Coroatá. Segundo ele, durante a reunião foi tratado da logística e do que está faltando para transformar o grande empreendimento em realidade no Estado do Maranhão.

Os executivos do Frango Americano adiantaram que já compraram o terreno para a construção da fábrica e da granja. No momento, a empresa trabalha para conseguir licença ambiental e outras documentações juntos aos órgãos competentes, além da instalação de uma rede de energia elétrica que ligará a fazenda ao abatedouro e criadouro.

PARCERIA E LOCALIZAÇÃO

Na reunião, os executivos elogiaram o equilíbrio do Governo do Estado, que demonstrou interesse na parceria com o Frango Americano, bem como a localização de Vargem Grande na região produtora de milho de Chapadinha e do Baixo Parnaíba, e a viabilidade das rodovias de aceso aos corredores de Teresina e São Luís.

O prefeito de Vargem Grande, Edvaldo Nascimento, demonstrou o maior interesse e se colocou à disposição do grupo Frango Americano para se instalar no município. “Estamos ansiosos em melhorar cada vez mais a geração de emprego e renda no município”, disse.

Para Fábio Braga, os fatores físicos e geográficos são favoráveis para que o corredor Vargem Grande e Itapecuru Mirim seja uma grande região produtora de frango do Estado do Maranhão, gerando renda e milhares de empregos para a população.

Em Itapecuru já existe a Empresa Novo Horizonte, que está investindo na construção de granjas. “Com os investimentos das duas empresas em Vargem Grande e Itapecuru, teremos mais empregos melhorias no desenvolvimento da região”, afirmou Fábio Braga.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Fábio Braga anuncia investimentos de R$ 85 mi no setor aviário do MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Armando Pinto

    Pura conversa fiada! Discurso para desinformados. O nobre deputado deveria pegar o avião de Fecury e fazer uma viagem para visitar o sistema de produção de frangos do estado do Paraná e enxergar o óbvio. A produção de frango esta condicionada à produção de ração, ou seja MILHO. Quem vai condicionar a implantação de uma indústria, sem a garantia de suprimentos operacionais? Um aventureiro talvez, mas elaborar um plano de negócios atrelado à produção de milho de comunidades quilombolas do interior do Maranhão, ah! Isso é demais. Porque a Frango Americano não se instalou no Paraná ou em Santa Catarina para produzir frangos lá? Quem pode responder isso são os analistas de crédito do Banco do Nordeste, que no final é quem vai bancar o prejuízo. Frango Americano e sucessor de Pena Branca, o sistema de agregados é o mesmo, no final os empresários colocam o dinheiro no saco voltam, para o Rio Grande do Sul e os agregados maranhenses que se danem, o argumento será o mesmo de que o povo é preguiçoso e não quer trabalhar, prefere viver de bolsa família do Lula. Enquanto isso o povo maranhense vai consumindo frango da Sadia, Perdigão e Seara produzido no Paraná, afinal o custo do frete é baixo. Frango vivo, é mais barato comprar no Tocantins e trazer para distribuir nos abatedouros do interior e da capital. Essa equação somente que produz é capaz de compreender, teóricos e demagogos da política do Maranhão não têm essa capacidade de somar e diminuir, entendem mesmo é de mamar nas tetas do governo, sem saber de onde vem.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários