Poder

Fernado Fialho tenta explicar o inexplicável

A permanência de Fialho na pasta torna-se insustentável com o escândalo da inexistência do povoado Trechos.

Fialho poderá cair da Secretaria.

Fialho poderá cair da Secretaria.

Contra fatos não há argumentos. É deplorável a situação do secretário de estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho, que está na mira da bancada oposicionista, após grave acusação de celebrar convênio de R$ 4,9 milhões com a Associação Vera Macieira, da qual deu sumiço na verba.

A permanência de Fialho na pasta torna-se insustentável quando tenta explicar o inexplicável escândalo da inexistência do povoado Trechos, nome que consta no extrato do convênio firmado pelo Estado.

O metódo usado para dá uma satisfação a governadora Roseana Sarney e sociedade maranhense é a seguinte: “que houve erro de digitação na publicação do lugar das obras e que o convênio é para vários municípios”, diz Fialho.

No Diário Oficial do dia (10) deste mês, foi publicado a errata do contrato de quase R$ 5 milhões com a Associação Vera Macieira. Confira abaixo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários