Poder

Roseana Sarney volta a ser pressionada a pagar precatórios

Ao que parece, o governo Roseana Sarney deverá quitar seus débitos na base da pressão.

A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), foi recomendada pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Caldas Furtado, a pagar as dividas relativas ao exercício financeiro de 2011 (aquele no qual o Governo ainda deve mais de R$ 240 milhões em precatórios).

Ao apreciar as contas nesta qarta-feira no Pleno do TCE, Caldas Furtado, propôs ressalvas das contas em ocorrência de repasses de recursos financeiros insuficientes ao Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), para pagamento dos débitos constantes de precatórios judiciais com dotação orçamentária prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA), de 2011.

Roseana Sarney que, diga-se de passagem, se mostra vítima do governo de João Castelo por ter contraído a divida em 1982, para o arrendamento de 50 tratores de esteira e ajuizada em 1986.

Ocorre que o Banco Santander e Constran S.A., estão na lista de prioridades de pagamentos do cronograma do Tribunal de Justiça do Maranhão, que juntos cobram R$ 205 milhões.

A divida em precatório da Constran – Construções e Serviços S.A., decorre de serviços de terraplanagem, pavimentação, entre outros, da qual Roseana Sarneu diz ser oriundo do Governo Luiz Rocha. Atualmente a divida corresponde ao valor atualizado de R$ 99 milhões.

Ao que parece, o governo Roseana Sarney deverá quitar seus débitos na base da pressão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários