Poder

Tá vendo aí Pedro Fernandes?! Professor sofre retaliação por direção de instituição

O deputado Rubens Júnior (PC do B) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para denunciar que membros da Polícia Militar do Maranhão, lotados no Batalhão do município de Açailândia, invadiram a estadual do Centro de Ensino Terezinha de Jesus Coelho Rocha, no município de Itinga, e prenderam e algemaram o professor de física Abedenego Ribeiro, em pleno exercício profissional na sala de aula.

Rubens Júnior.

Rubens Júnior.

O parlamentar disse que o ato de violência contra o professor teve grande repercussão na Região Tocantina, e provocou indignação na comunidade escolar do Centro de Ensino Terezinha de Jesus Coelho Rocha, por causa o clima de terror instalado na escola pela atual direção da instituição de ensino do Estado.

Rubens Junior informou que denúncias ao Simproesemma dão conta que a direção da escola persegue violentamente três professores. O último episódio teria acontecido na segunda-feira (03), com a prisão arbitrária do professor de física Abedenego Ribeiro, que saiu da escola algemado por policiais e está preso em Açailândia, acusado de desacato à autoridade.

De acordo com Rubens Junior, a família do professor informou que ele estava suspenso da escola e a punição teria terminado na segunda-feira (3), quando deveria retomar suas atividades no centro de ensino, onde leciona física no turno da noite . Ao chegar à escola, o professor foi trabalhar, mas foi surpreendido com a chegada da polícia que pediu para ele se retirar da escola.

O professor Abedenego Ribeiro teria dito aos policiais militares que não sairia da sala de aula, pois estava cumprindo com suas obrigações profissionais. “Contrariados, os policiais deram voz de prisão ao professor e o levaram algemado, injustamente, como se o mestre fosse um criminoso na frente dos seus alunos”, conta a família.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Tá vendo aí Pedro Fernandes?! Professor sofre retaliação por direção de instituição”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Leo

    Essa é a puliça do melhor governo da minha vida. Despreparada, desmotivada, com desconhecimento das leis, des…. O professor foi preso por desacato? Ora me compre umas centena de bodes. E o delega ainda aceitou esses argumentos dos puliças? Me compre mais uma centena de bodes e bote todos para suas academias.

  2. maria regina

    COMUNICADO aos pais e alunos da Escola Terezinha de Jesus Coelho Rocha.
    Caros senhores pais e alunos.
    EU, EURACY PEREIRA DE SOUSA, brasileira, advogada regularmente inscrita na OAB/SP, sob o numero 99.961-B, com endereço para correspondência e citação ou qualquer outra comunicação, na Cidade e Comarca de Dom Eliseu/PA, na Rua Sete de Setembro, 951 – Bairro Centro, ou ainda na Cidade e Comarca de Ribeirão Preto, na Rua Tercílio Celeste Pastori, 366 – Jardim Roberto Benedetti – CEP 14098-250 – neste ato representando o professor ABEDNEGO DOS SANTOS RIBEIRO, como sua procuradora, venho por meio deste manifesto: COMUNICAR COMO SUA DEFENSORA CONSTITUIDA:
    QUE O PORFESSOR ABEDENEGO DOS SANTOS RIBEIRO, EM DECORRENCIA DA PRISÃO ARBITRARIA SOFRIDA EM 03 DE DEZEMBRO DE 2012, QUANDO COLOCADO EM ESCÁRNIO PÚBLICO, AO SER REVISTADO POR POLICIAIS CIVIS, A PEDIDO DA SENHORA MARIA DE LOURDES BORGES, CONFORME RELATO DOS PROPRIOS POLICIAIS, teve o professor sua camisa levantada e sua calça baixada até a altura dos quadris, na presença de alunos e professores, sendo que depois foi algemado e conduzido à Delegacia local, em viatura policial, na parte onde se conduz presos e criminosos comuns, como se um bandido fosse, depois conduzido à delegacia de Açailândia, teve sua prisão decretada, sendo colocado em cela comum, com criminosos perigosos, e em consequência disso, foi tomado de SURTO PSICÓTICO AGUDO, conforme se pode comprovar por atestados médicos, e nesta data, se encontra em HOSPITAL PSIQUIÁTRICO, na Cidade e Comarca de Belém/PA, sem qualquer previsão de alta. COMUNICO ainda, que o Juiz que julgou o pedido de ALVARÁ para liberação do professor para que o mesmo fosse deslocado para hospital psiquiátrico, RELAXOU O FLAGRANTE E CONSIDEROU A PRISÃO DO PROFESSOR ILEGAL, e ARBITRÁRIA, o que se pode comprovar,
    Este comunicado tem o fim de fazer chegar ao conhecimento de ALUNOS E PAIS o que se passa com o referido professor, por decorrência de atitudes de ABUSO DE PODER praticados pela Sra. Diretora e os policiais por ela chamados.
    Espera esta Defensora, que tal fato não fique em silencio, para que outro fato não venha a se repetir com outros professores, o que não está descartado.

    Em Dom Eliseu, 08 de dezembro de 2012.

    Dra. Euracy Pereira de Sousa.
    OAB/SP 99.961-B

  3. maria regina

    http://www.facebook.com/photo.php?v=255957197865429

  4. Amedar Consulting Group

    I always was interested in this subject and stock still am, appreciate it for posting.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários