Poder

Empresário leva projeto à Sarney e Gastão sobre turismo no MA

Circuíto de Surf já acontece há uns cinco anos na cidade de Arari, no período da Pororoca.

Do Blog do Luís Cardoso

O empresário ‘Fernando Pororoca, no canto direito, com Jura Filho, Sarney e Djalma Melo.

O empresário ‘Fernando Pororoca, no canto direito, com Jura Filho, Sarney e Djalma Melo.

O empresário Ricardo Fernandes esteve, ontem (07), em Brasília, apresentando um projeto importantíssimo para o setor turístico do Maranhão.

Acompanhado do prefeito eleito de Arari,  Djalma Melo, e do secretário de Turismo do Maranhão, Jura Filho, o empresário mostrou o projeto “Circuito Brasileiro de Surf da Pororoca”, ao ministro do Turismo, Gastão Vieira, que envolve os estados do Maranhão, Amapá e Pará.

O Circuíto de Surf já acontece há uns cinco anos na cidade de Arari, no período da Pororoca. Gastão Vieira informou, na oportunidade, que dará apoio ao projeto que atrai centenas de pessoas que praticam o esporte, inclusive artistas famosos.

Recebido no principal gabinete do Senado Federal, pelo presidente José Sarney, Fernando Pororoca, como é mais conhecido no Maranhão, encantou o senador com a sua iniciativa, que foi bastante elogiada pelo ex-presidente da República.

‘Projeto Pororoca 2013, de muito longe já viemos, e para muito mais longe haveremos de ir, sem sombra de dúvidas, uma grande honra e motivo de grande orgulho ter feito isso em plena sala da Presidência do Congressos Nacional e ao ministro do Turismo, Gastão Vieira’, disse Pororoca, em sua página de relacionamento no Facebook.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Empresário leva projeto à Sarney e Gastão sobre turismo no MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. RAIMUNDO CALCADA

    PROJETO DE TURISMO E “CULTURA” NO MARANHÃO?
    VAI TER BOI BARRICA SURFANDO NA POROROCA, COM TIA ROSE BATENDO PALMAS,
    PODE ESCREVER AI. OU MELHOR DIGITA!
    E LÁ VAI MAIS MILHÕES ÁGUA ABAIXO… TUDO NA POROROCA.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários