Poder

Guerreiro Júnior solicita reforço na segurança pública em Bacuri

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, pediu providências ao secretário de estado da Segurança Pública, Aluisio Mendes, para reforço do efetivo de policiais militares e melhorias da delegacia e da viatura do município de Bacuri, consideradas precárias. A comarca, na região da Baixada, fica a 237 km de São Luís.

O pedido atende à reclamação do juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, que recorreu ao desembargador no sentido de resolver o problema. Segundo o juiz, o destacamento de polícia militar da cidade possui apenas dois policiais para o policiamento ostensivo, e uma viatura, que aguarda conserto em uma oficina.

Segundo o juiz, a delegacia local está em péssimas instalações e sem muro de proteção. Não dispõe de agentes penitenciários, carcereiros, escrivão de polícia de carreira e possui somente um delegado e um investigador, que acumulam a responsabilidade pelas prisões em flagrante do município de Apicum-Açu.

“Já solicitei reforço policial e a designação de policial militar à disposição do fórum ao comandante da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar de Pinheiro e ao secretário de Segurança, mas ambas foram recusadas com o argumento de ausência de efetivo”, explicou o juiz.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários