Poder

Justiça nega restituição de IR do prefeito de Satubinha

Prefeito de Satubinha

Prefeito de Satubinha

Em decisão datada desta terça-feira (24), o juiz titular da Comarca de Pio XII, Antônio Elias de Queiroga Filho, manteve a indisponibilidade da restituição de Imposto de Renda do prefeito de Satubinha, Antônio Rodrigues de Melo. O valor da restituição é de R$ 5. 206,18. O prefeito Antônio Rodrigues Melo responde a Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa.

De acordo com a decisão do magistrado, o pedido da liberação da restituição do Imposto de Renda baseou-se no argumento de que o valor da restituição refere-se a salários recebidos, que são impenhoráveis. Contudo, de acordo com o documento, não há provas de que o valor refere-se apenas a salários, já que o Imposto de Renda tem como fato gerador todas as rendas do cidadão, provenientes diferentes origens.

Além disso, o juiz Antônio Elias Filho ressalta que a indisponibilidade de bens, já decretada em decisão anterior, é uma forma de assegurar o ressarcimento ao erário público em eventual condenação do réu por atos de improbidade administrativa, dos quais está sendo acusado em ação movida pelo Ministério Público. O MP, diante do pedido, emitiu parecer pelo indeferimento, sustentando a os argumentos de que a indisponibilidade dos bens, incluindo a restituição de IR, é para garantir eventual ressarcimento ao erário.

O magistrado autor da decisão determinou que a Receita Federal fosse oficiada para tornar a quantia a ser restituída indisponível.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Justiça nega restituição de IR do prefeito de Satubinha”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. mefgreelm

    payday loanspayday loans , http://paydayloansusa1h.com/#5940 payday loans

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários