Poder

Eliziane pede explicações sobre prisão de cabo da PM

A deputada Eliziane Gama (PPS), que é membro da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias, destacou a sua ida até o Quartel da PM para pedir explicações sobre a prisão do cabo Campos, preso nesta terça-feira (15), após apresentação de documentação sobre folga de policiais. O cabo é acusado de estimular outros policiais a não trabalhar.

“O cabo Campos continua preso, ele foi acusado de incitar militares do Batalhão de Choque a não trabalharem durante a greve dos rodoviários. Nós estivemos no Comando e falamos com coronéis. O Comandante Geral não pôde nos atender porque estava em outra atividade e, nós também não tínhamos agendado previamente”, explicou.

Na tribuna Eliziane Gama lembrou a luta da categoria durante a paralisação ocorrida no a no passado e destacou a participação do cabo Campos no período da manifestação, o que neste caso acaba sendo uma preocupação.

“O cabo Campos ao lado de outros militares, foi uma das pessoas protagonistas na luta pela valorização da categoria com aquela paralisação que aconteceu ano passado. E isto nos trouxe a preocupação, porque ficou claro nas conversas que tivemos com os militares que testemunharam aquele ato, que o cabo Campos não cometeu nenhum ato de desobediência como ele foi enquadrado no Art. 155 do Código Penal Militar”, comentou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários