Poder

Deputado nega participação de filho na fraude do Uniceuma

Deputado estadual

Deputado estadual

Conforme publicado no dia, 07, de fevereiro, que traz no título. “Filho de deputado é acusado de integrar na fraude do Uniceuma“, o deputado estadual Antônio Pereira (DEM), em conversa com titular do blog, negou que seu filho Bernardo Milhomem Pereira, tenha participado na contratação do esquema fraudulento de alteração de notas na instituição.

O parlamentar afirmou ter conversado com o filho e o questionou sobre o seu nome esta relacionado a lista de envolvidos publicada neste blog.

Em sua defesa, o jovem chegou a negar todas as especulações de sua participação na fraude que beneficiou alunos e ex-alunos na “compra” de notas e a consequente aprovação em diversas disciplinas do Centro Universitário do Maranhão (UNICEUMA).

Antônio Pereira esclareceu ao blog que Bernardo não tem atuação na Oscip “Bem Viver”. Mas, segundo levantamento feito pelo blog, a empresa é controlada pelo próprio irmão, onde mantém exorbitantes contratos milionários com a Secretaria de Saúde do Estado.

O jovem que chegou a largar o curso de Administração virou empresário onde ele administra seu próprio negócio, conforme informou o parlamentar.

Bernardo Milhomem, mais conhecido como Almôndega, ingressou na instituição em meados de 2007, no curso de administração no turno matutino.

Agora é só aguardar o termino das investigações da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), comandada pelo delegado Breno Galdino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários