Poder

Motoristas maranhenses aprovam nova classificação do diesel S-50

Motoristas maranhenses, caminhoneiros e proprietários de veículos a diesel que abastecem os motores com o S-50, a nova classificação do óleo diesel vendido no Brasil, aprovaram o desempenho do motor, o funcionamento do veículo e a responsabilidade ambiental do S-50 (50 ppm de enxofre). O S-50 reduz em 50% o índice de poluentes e já vem sendo comercializado em São Luís e São José de Ribamar. A venda será obrigatória em mais 166 postos de serviços do Maranhão.

Segundo o Gerente do Posto Maracanã (BR-135), Cléber Moreno dos Santos, 47, “muitos caminhoneiros e motoristas de veículos utilitários já experimentaram e aprovaram o desempenho do S-50. Em média, o Posto registra a venda de mais de seis mil litros/dia”. O litro do S-50 custa apenas R$ 00,6 centavos a mais que o BS-500. “O aumento gradativo do consumo fez o Posto ampliar o número de bicos. Atualmente já são oito bicos que vendem o S-50”, disse Moreno.

Responsabilidade Ambiental

O Diesel S-50 será o tema do Encontro dos Revendedores do Maranhão, que acontecerá no dia 10 deste mês, às 9h, no Rio Poty Hotel, em São Luís. O Encontro, que é uma promoção da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Gás Natural e Biocombustíveis, Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustiveis) e do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (Sindicomb), integra a Agenda Nordeste da ANP e Fecombustíveis.

A palestra de abertura será ministrada pelo presidente do Sindicomb, Dilleno Tavares. A relação dos 166 postos disponibilizará o Diesel S-50 está site da Agência (www.anp.gov.br). A ANP alerta ainda os proprietários de veículos a diesel fabricados a partir de 2012 que não poderão abastecer, em nenhuma hipótese, com Óleo Diesel S-500 e/ou S-1800, sob penas de causar danos ao motor. Abastecer somente com Óleo Diesel S-50 ou S-10. Em caso de dúvidas: 0800 970 0267.

O assessor comercial do Sindicomb, Roberto Nascimento, informa que “a classificação do óleo diesel é gradativa”. A meta da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis é que até o final de 2013 o Maranhão já esteja comercializando o novo Diesel BS-10, que terá apenas 10% de poluentes. “O S-50, diesel do primeiro mundo para o Brasil, libera 50% menos de poluentes que o BS-500. Foi desenvolvido pelo programa europeu Pronconve Fase P-7, é regulamentado pela resolução nº 62 da Agência Nacional do Petróleo (ANP)”, explica Nascimento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários