Poder

Mulher do ex-deputado Zé Eider impede realização de parto em hospital de Colinas

Blog do Badeco

Em Colinas a confusão e briga politica acaba afetando o lado mãos fraco. Depois de demitir por telefone o médico Ribamar Dourado do Hospital Regional Carlos Macieira, Joelma Sousa, esposa do ex-deputado José Eider e sem qualquer função na unidade hospitalar do Estado, resolveu agora tentar impedir o médico de realizar – pasmem! – um parto. Pode? E tudo isso por questões políticas.

Maria Poliana Gomes, 26 anos, paciente do médico na cidade de Fortuna, onde o Dr. Dourado também exerce seu oficio, entrou em trabalho de parto e foi levada às pressas para Colinas, já que tanto em Fortuna quanto em Tuntum as casas de saúde estavam impossibilitadas de realizarem procedimentos cirúrgicos dessa natureza.

Com gravidez complicada, tendo inclusive já perdido um bebê nessas mesmas condições, a parturiente, de baixa renda, possui cartão do SUS e por essa razão tem direito de ser assistida em qualquer hospital da rede pública do País. Mas Dona Joelma, a Imperatriz do Macieira, acha que não.

Por já está com o nascimento do bebê atrasado e sem o líquido aminoático no útero, Dr. Dourado decidiu utilizar o Hospital Carlos Macieira para realizar a cirurgia. Foi então que ligou para o médico de plantão, o Dr. Loureiro, e acertou todos os detalhes do procedimento. Porém…

Ao chegar no hospital, o médico foi surpreendido com a informação passada por colegas de que a Imperatriz do Macieira havia proibido a cesariana da paciente pelo simples fato de que a cirurgia seria realizada pelo Dr. Dourado. E conforme determinação da soberana, o médico não tinha autorização sequer para cruzar as portas do hospital de “sua propriedade”, quanto mais.

Percebendo que a situação era crítica e que o pior poderia acontecer, o experiente médico, Dr. Loureiro, decidiu por conta própria e sem autorização de Dona Joelma, junto com o Dr. Dourado, operar a paciente que já estava no estágio avançado e em risco de perder seu filho. A cirurgia foi realizada e mãe e filho passam bem.

O pobre que depende do sistema de saúde pública será o grande prejudicado nessa briga politica da região que segue em clima tenso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários