Um comentário em “Em Barreirinhas lancha pega fogo quando estava abastecendo”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. SÉRGIO LEAL

    Primeiramente gostaria de publicar a documentação do Posto Rota dos Lençóis onde o episodio aconteceu.
    Alvará de funcionamento valido até 31/12/2014 nº 00017/2014 expedido pela Prefeitura Municipal de Barreirinhas
    Licença de Operação expedida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais nº 0402/2012 – SEMA valida até 22/08/2016
    Cadastro Técnico Federal – Certificado de Regularidade valido até 02/04/2014 expedido pelo Ministério do Meio Ambiente – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
    Certificado de Posto Revendedor nº MA0029502 expedido pela Agência Nacional do Petróleo
    Certificado de Aprovação nº 3769/2013 emitido pelo Estado do Maranhão – Secretaria de Estado de Segurança Publica – Corpo de Bombeiros Militar e Grupamento de Atividades Técnicas, válido até 23/05/2014.
    Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – INMETRO – código 9173848259-I.
    Dispenso aqui as certidões negativas de todos os Órgãos Federais, Estaduais e Municipais, por não querer estender mais na comprovação de empresa regular nas atividades desenvolvidas.
    De forma irresponsável este blogueiro vem querer se engrandecer diante de uma tragédia onde Corpo de Bombeiros, Marinha do Brasil (Capitania dos Portos) se encontravam presente diante do ocorrido inclusive usando o aparato do Posto, como seus funcionários presentes e extintores de incêndio utilizados. Por ser uma embarcação de fibra de vidro e após o abastecimento no momento em que se acionou algum dispositivo eletrônico na embarcação, houve uma explosão dentro do porão da lancha, a tripulação da lancha saíram imediatamente da embarcação e alguns lancheiros foram verificar o porão deflagrou uma grande labareda de fogo, utilizando os extintores do Posto e conseguiram apagar o fogo da parte do porão do motor traseiro. Quando deram fé a parte da proa (dianteira) já se encontra em chamas quando o corpo de bombeiro chegou com mais extintores de incêndio, mais não foi possível evitar o incêndio completo da embarcação.
    Por segurança a mesma foi afastada das imediações do posto a fim de evitar uma tragédia maior, já que os tanques de combustível do posto encontravam-se cheios de gasolina.
    Espero que este irresponsável, passe a averiguar melhor os fatos antes de fazer qualquer publicação, visto que é comum neste pais estes hipócritas querer ganhar fama a custa de tragédias, achando que isto eleva seu ibope perante a opinião pública. Esperamos retratação por parte deste infame jornalista.
    Barreirinhas precisa ser tratada com mais respeito e educação. Não recomendamos este tipo de blog as ninguém pois não vimos isto com boa fé.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários