Crime

Polícia prende professor de informática acusado de clonar cartões de créditos

Gustavo Deivison Caldas foi preso por prática de estelionato

Gustavo Deivison Caldas foi preso por prática de estelionato

Policias civis da Delegacia de Defraudações prenderam um professor de informática, acusado de prática de crime de estelionato previsto no art. 171 do Código Penal. Gustavo Deivison Caldas Viana, 24 anos, mora no bairro Vila Palmeira.

Segundo informações da Polícia Civil, ele estava fazendo compras de cestas de café da manhã e lanches de uma empresa de telemensagem, situada no bairro do Coroadinho, utilizando indevidamente cartões de crédito de terceiros. Ainda segundo a polícia, a empresa teria informado que o autor do crime já havia realizado outras três compras utilizando o mesmo artifício.

Gustavo ligava, fazia a encomenda, passava o número do cartão o código de segurança e validade. A compra era aceita inicialmente pela operadora e passado alguns dias o titular do cartão contestava o débito e a fatura retornava para a empresa, lesando seu faturamento. As compras indevidas giravam em torno de R$ 1.000,00.

Além de confessar a prática delitiva, Gustavo Viana afirmou que teve acesso aos números dos cartões de crédito de clientes de uma empresa de telemarketing na qual trabalhou.

Após a autuação, Gustavo Deivison Caldas Viana foi encaminhado para o Centro de Triagem em Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso após cometer homicídio contra a esposa

Policiais civis prenderam um homem após cometer homicídio contra a própria companheira na cidade de Pirapemas. O crime ocorreu na noite quinta-feira (3).

Ednelson Pereira Frazão foi preso por uma equipe da Polícia Civil de Pirapemas quando empreendeu fuga para a cidade de Peritoró, após cometer o crime de homicídio contra a sua companheira Maria Barta Bezerra do Nascimento.

Em depoimento prestado à delegada da Delegacia da Mulher, Adriana Paixão, Ednelson relatou que eles passaram o dia inteiro ingerindo bebidas alcoólicas e ao chegarem à residência da vítima localizada na Rua Viriato Correia, no centro daquela cidade, os dois iniciaram uma discussão.

Na ação, Ednelson desferiu um golpe de faca na altura do pescoço de sua companheira. Ele foi autuado no artigo 121 do Código Penal Brasileiro, pela prática do crime de homicídio. Após a autuação, ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Itapecuru.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia recaptura homem suspeito de seqüestro, ameaça e estupro contra sobrinha de sete anos

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar do município de Peri Mirim, com o apoio da Companhia de Operações Especiais, (COE), durante a noite desta última quinta feira, (03), resultou na recaptura de um estuprador acusado de ameaçar, sequestrar e estuprar sua própria sobrinha de apenas 7 anos de idade, num povoado próximo ao Lixão.

Gilson de Jesus Pereira França, de 26 anos, o “Gilson de Chico-Pega” natural de Peri Mirim, atualmente residente na Fazenda Bom Futuro, já havia sido preso pelo crime de estupro, no dia 25 de abril, mesmo dia em que teria ocorrido a violência sexual contra sua sobrinha.

Conforme informações da Polícia Civil, o acusado naquela oportunidade foi atuado em flagrante delito por ameaça, estupro de vulnerável e sequestro, e logo em seguida ficou a disposição da justiça no 1º Distrito Policial de Pinheiro.

De acordo com informações levantadas pela Polícia, na madrugada do dia 30, Gilson França teria fugido de uma das celas da Delegacia, cavando um buraco numa das partes da carceragem.

Investigações

Sobre as investigações realizadas pela Delegacia de Peri Mirim, as buscas duraram quatro dias, com diversas diligências no sentido de prender o homem. A Polícia trabalhava com algumas linhas de investigação, que apontavam que o suspeito agia com inteligência, além de ser um elemento de alta periculosidade.

Dando continuidade às investigações, as Polícias Civil e Militar obtiveram informações que o estuprador estava homiziado num povoado conhecido como Santana, onde foi montada campanas pelos policiais.

Ao ser localizado, Gilson França tentou reagir à prisão e foi alvejado com dois tiros na região das pernas.  Ao ser contido, o acusado foi levado para o Hospital Antenor Abreu na cidade de Pinheiro, onde será submetido a uma cirurgia para retirada das balas.

Depois da recuperação, será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará a disposição da justiça.

Na carreira criminal de Gilson de Jesus Pereira França, consta ainda um crime de estupro ocorrido há três anos, que já foi cumprido mediante a pena imposta pela Justiça. Agora, a Polícia investiga também um suposto caso de latrocínio cometido pelo acusado.

O Crime

Na época do crime de estupro, ele foi detido por uma guarnição da PM, após denúncias do pai da vítima que desconfiou das atitudes do irmão. Durante a tarde do dia 25 de abril por volta das 14hs, num local conhecido pelos moradores como Lixão, Gilson França, como informou em depoimento, chegou à casa da vitima e utilizou do artifício de comprar um objeto para a sobrinha.

No decorrer do ato delituoso, o acusado teria seqüestrado, ameaçado e estuprado a vítima até as 17hs do mesmo dia. Segundo a Polícia, o acusado teria cometido cinco relações sexuais com a menina durante esse período.

Ao perceber que a filha estava com alguns sintomas de que havia sido violentada, a mãe a levou imediatamente ao hospital de Pinheiro, onde ficou constatado o estupro. Segundo informações, a menina se submeteu a uma cirurgia de reconstrução de hímen.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia investiga crime contra vereador em Caxias

Vereador Helton foi baleado na porta de sua residência

Vereador Helton foi baleado na porta de sua residência

A Polícia Civil já deu início às investigações de uma suposta tentativa de homicídio contra o vereador Elton Mesquita, ocorrida, na noite de quarta-feira (2), no município de Caxias (reveja).

De acordo com informações policiais, o vereador é pré-candidato ao cargo de prefeito daquele município. Segundo o delegado Regional de Caxias, Celso Álvares, o crime aconteceu na noite de quarta-feira (2), quando a vítima estava chegando à sua residência, dirigindo o seu automóvel. Dois homens usando capacetes e pilotando uma motocicleta preta, dispararam vários tiros, sendo que dois atingiram o vereador no braço e nas costas. Já os outros disparos acertaram o veículo e o muro da casa.

Conforme explicou o delegado, os dois elementos fugiram do local do crime. A polícia iniciou imediatamente os trabalhos de investigação para identificar e prender os autores, e trabalha com as hipóteses de o vereador ter sido vítima de tentativas de assalto ou de execução.

O vereador Helton Mesquita foi levado para o Hospital Geral de Caxias. Ele permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), e conforme boletim médico seu estado de saúde é estável, e não corre risco de morte.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia Civil prende homens envolvidos em estupro de lavradora

Policiais civis efetuaram as prisões de João Pedro Brito Neto, 31 anos, e Ronald José Uchoa Araújo, 18 anos, sob a acusação de estupro contra a lavradora Lauriceia Silveira, de 32 anos, no início da madrugada do dia 28. Um terceiro homem, identificado apenas com Wikivaldo, também teria participação no crime, mas continua foragido.

Segundo informações policiais, na noite do crime, a vítima estava com o esposo em um bar na Praça Valter Ferreira, e os três homens estavam bebendo no bar ao lado. O trio, que conhecia a vítima, foi se sentar junto com ela e o esposo.

Quando estavam de saída, a mulher não quis voltar para a casa com o esposo bêbado em uma motocicleta; preferiu voltar com João Pedro, que estava de carro e era seu vizinho. Só que no caminho, segundo depoimentos da vítima, ele teria desviado e entrado no Motel Pousada.com, e os outros dois colegas que estavam em outro carro também entraram, e lá praticaram o crime. Em seguida, levaram a vítima até a residência dela.

Na manhã do dia 28, a vítima se dirigiu à delegacia do município e relatou o que havia acontecido na madrugada. Às 14h30 João Pedro foi preso em Itapecuru-Mirim, onde trabalha, e duas horas depois a Polícia Civil localizou o Ronald, na casa do avô em Presidente Vargas. A vítima fez o exame de conjunção carnal que comprovou o abuso sexual sofrido.

Os dois foram conduzidos à Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim, e autuados em flagrante delito, pelo delegado Leonardo Nascimento Diniz. Eles permanecem custodiados na Regional à disposição da justiça.  O terceiro envolvido no abuso, Wikivaldo, continua foragido, ele é proprietário de uma lan house, que fica ao lado da casa da vítima.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Segurança do Patrimônio Show é preso suspeito de envolvimento no assassinato de Décio Sá

Blog do Daniel Matos

Jornalista Décio Sá

Jornalista Décio Sá

Um homem que trabalhava como segurança no show do grupo de pagode Revelação, realizado na última segunda-feira, na casa de espetáculos Patrimônio Show, na Praia Grande, foi preso em pleno serviço sob a suspeita de envolvimento no assassinato do jornalista Décio Sá. A prisão foi efetuada por policiais civis do Maranhão e do Piauí.

Segundo uma fonte do blog, que testemunhou a prisão e relatou o episódio em detalhes, os policiais chegaram à casa de shows por volta das 22h, em várias viaturas e abordaram todos os seguranças da festa, ordenando-lhes que encostassem na parede. Durante a revista, identificaram o suspeito que procuravam e imediatamente o colocaran em um dos veículos usados na operação. O homem estava de terno e usava um boné, mas não teve a identidade revelada. Ele negou qualquer participação no crime.

Um policial que também fazia a segurança do show e portava um revólver foi revistado e reclamou da truculência da equipe envolvida na operação. Ele teve que entregar a arma ao dono da empresa de segurança contratada para trabalhar no evento, cujo proprietário é o ex-lutador de vale-tudo Casemiro do Nascimento Martins, o Zulu.

Décio Sá foi assassinado com cinco tiros de pistola .40, na noite de 23 de abril, no bar Estrela do Mar, na avenida Litorânea. Após prender dois suspeitos de participação no crime, a Secretaria de Segurança Pública decretou sigilo nas investigações.

Segundo depoimentos de três pessoas ouvidas até o momento – duas testemunhas oculares e uma evangélica que participava de um culto na duna escalada pelo matador do jornalista após cometer o crime -, pelo menos três pessoas ajudaram a dar fuga ao assassino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Pai suspeito de abusar da filha de dois meses é preso

Policiais civis do município de Bacabeira efetuaram, na segunda-feira (30), a prisão de Valterly Araújo da Silva (22), no Povoado Santana, sob a suspeita de abuso sexual contra a própria filha, de apenas dois meses de idade.

Valterly Araújo da Silva acusado de abusar sexualmente da filha.

Valterly Araújo da Silva acusado de abusar sexualmente da filha.

Populares denunciaram Valterly ao Conselho Tutelar da cidade, diante das agressões físicas que ele praticava contra a criança. Em posse das denúncias, o Conselho comunicou à Polícia, que se deslocou até a casa do suspeito e constatou o fato.

O bebê, muito machucado, foi encaminhado imediatamente ao Hospital Djalma Marques (Socorrão I), em São Luís, onde foi detectado que a criança sofreu traumatismo craniano e teve algumas costelas quebradas. Além disso, os médicos constataram que o bebê tem alguns sinais de abuso sexual. Ela permanece internada em estado grave.

O delegado titular de Bacabeira, David Feller, informou que foi feito um pedido de exame de conjunção carnal para comprovar o abuso. O laudo deve sair ainda esta semana.

O delegado informou ainda, que a mãe da criança, quando questionada sobre as agressões da filha, alegou que eram provocadas pela “mãe d’água. A mãe está na capital com a criança, mas deve prestar depoimento assim que a filha tiver alta.

Valterley foi conduzido à delegacia de Bacabeira, onde foi autuado por tentativa de homicídio e estupro de vulnerável pelo delegado David Feller. O agressor permanece custodiado em Bacabeira à disposição da Justiça. O delegado informou ainda, que não há nenhum parente da criança na cidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Veja os depoimentos das testemunhas sobre a execução do blogueiro Décio Sá

Foi divulgado na tarde desta terça-feira, 01, de maio, depoimentos das principais testemunhas da execução do jornalista/blogueiro Décio Sá, ocorrido no dia, 23, do mês anterior, na Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com o blog do Itevaldo Júnior, que publicou com exclusividade três depoimentos de pessoas que se encontravam no dia do crime no Bar e Restaurante Estrela do Mar. Segundo uma das testemunhas, poucos minutos após a execução de Décio Sá, uma viatura da Polícia Militar apareceu na cena do crime, só que demorou a perseguir o motoqueiro que levava o pistoleiro.

Já a outra testemunha disse ter visto dois homens aguardando no topo das dunas, o assassino descer da motocicleta, de marca Honda CG-150, antes da Câmera de Segurança, que posteriormente flagrou apenas o condutor da moto sozinho, no qual dificultou as buscas pelo assassino.

Os relatos das testemunhas comprovam a tese de que, o pleno feito para matar o blogueiro Décio Sá, foi muito bem arquitetado perante os olhos dos peritos.

Abaixo o primeiro depoimento:

Segundo depoimento:

Terceiro depoimento:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Grupo fará ato de protesto contra assassinato de Décio Sá nesta terça-feira

Arte da camisa que será utilizada na caminha dos Amigos e Leitore do Décio Sá

Arte da camisa que será utilizada na caminha dos Amigos e Leitore do Décio Sá

Pela primeira vez, jornalistas e a sociedade civil farão um ato no Maranhão, para protestar contra a morte do jornalista/blogueiro Décio Sá, ocorrida no dia 23 do mês anterior, em um bar na Avenida Litorânea, em São Luís.

A manifestação acontece às 10h desta terça-feira, 01, com uma passeata pela mesma Avenida, uma das mais movimentadas turisticamente da cidade.

A caminhada tem como foco principal, cobrar do poder pública a celeridade da elucidação do crime hediondo que vitimou o jornalista, além de outros casos que caracterizam como crime de encomenda (pistolagem).

Décio Sá foi executado após revelar graves denúncias contra políticos e empresários em matéria publicada no se famoso blog (reveja). Segundo a polícia, o crime contra o jornalista foi de pistolagem e bem arquitetado (reveja).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso após agredir a irmã em Chapadinha

Policiais militares do município de Chapadinha prenderam em flagrante delito, um homem após agressão contra mulher naquela cidade.

Francisco Bezerra Maciel, o Baixinnho, de 20 anos, foi preso pela guarnição da PM, após denúncias de uma agressão contra a sua irmã Maria do Socorro Maciel Carvalho, 47 anos.

Em depoimento, Maria do Socorro relatou que a agressão ocorreu quando o irmão chegou em sua residência localizada na rua Presidente Costa e Silva, após ingerir bebidas alcoólicas.

Francisco Bezerra foi autuado no artigo 129 parágrafo 10° do Código Penal Brasileiro, na Lei Maria da Penha. Após a autuação ele foi conduzido para o Centro de Detenção Provisória de Chapadinha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.