Crime

Homem é preso após abusar sexualmente contra a própria mãe

Policiais civis e militares efetuaram, na manhã desta segunda-feira (11), no município de Vitória do Mearim, a prisão de Jhony Silva dos Santos, 22 anos, sob a acusação de praticar estupro contra a sua própria mãe.

Segundo informações policiais, o fato ocorreu por volta das 4h da manhã desta segunda-feira, quando Jhony chegou à residência da sua mãe, situada no Povoado Vila Nova, após consumir drogas.

Ele teria entrado no quarto da mãe, Maria da Graça Silva dos Santos, 60 anos, onde a mesma foi forçada a ter relações sexuais.

Após o filho ter cometido o crime, Maria da Graça foi à delegacia onde relatou tudo que aconteceu. A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Kalil Moisés da Silva onde foi realizado o exame de conjunção carnal que comprovou o abuso.
Em poder das informações, policiais civis e militares saíram em diligências até o local do crime, onde o acusado foi capturado.

Jhony Silva dos Santos foi autuado em flagrante delito pelo delegado Elcio Alves, titular da Delegacia de Vitória do Mearim. Ele permanece custodiado à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Som automotivo é apreendido em São Luís

Em mais um fim de semana de operação para coibir o excesso de som na Região Metropolitana de São Luís, a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) autuou oito pessoas por desobediência a Lei do Silêncio. As ações de combate à poluição sonora fazem parte do Programa Polícia Civil nas Ruas.

Os mais de 60 investigadores, delegados e escrivães divididos em equipes operacionais, durante três dias de trabalho, percorreram diversos pontos da capital, vistoriando postos de gasolina e casas de shows denunciadas nas ligações que chegam à delegacia de Costumes e Diversões Públicas.

Autuações – No último fim de semana foram oito autuações, totalizando 42 incursões. No sábado (9), a SPCC contabilizou seis autuações. Na área da Cidade Operária, dois veículos foram apreendidos, sendo um no posto de gasolina, localizado na Avenida Lourenço Vieira da Silva, próximo a Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Nesta, o proprietário, ao perceber a presença dos policiais, deixou o local abandonando o veículo, um Peugeot, com placas de São Paulo. A segunda apreensão aconteceu na Unidade 205, no Viva daquele bairro.

Ocorreram apreensões também na Avenida Santos Dumont (um veículo apreendido), Avenida Tancredo Neves (duas apreensões) e uma na Praça do Bacanga. Já no domingo (10), ocorreram apenas duas apreensões. Todo o material apreendido está nas dependências da Delegacia de Costumes.

“Neste fim de semana, aumentamos o efetivo para que as equipes tivessem mais agilidade. Dessa forma, os trabalhos foram mais rápidos e conseguimos atender um número maior de ocorrências”, explicou a delegada.

Segundo a SPCC, os trabalhos do Programa Civil nas Ruas vão continuar durante o período junino. De acordo com a delegada Edilúcia Trindade, todos os proprietários de arraias e grupos folclóricos foram orientados sobre o funcionamento dos estabelecimentos e horários permitidos por Lei. “Não iremos permitir nenhum excesso. O combate à poluição sonora trabalha em várias vertentes. Tudo o que estiver acima de 80 decibéis não será permitido”, enfatizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mais um blogueiro é ameaçado

Blog do Luis Cardoso

Recebi ontem, pela segunda vez, a informação de que duas pessoas estão rondando, em uma Hilux preta, o Recanto dos Vinhais, procurando saber o meu endereço.

Na sexta-feira, por volta das 17h30, as duas figuras estavam procurando meu endereço na antiga residência, nos Colibris, um conjunto de apartamentos no Recanto.

Um deles, que estava ao volante, falou que meu blog lhe deu um enorme prejuízio financeiro por causa de uma denúncia que envolvia vendas de medicamentos e equipamentos hospitalares. Deve ter sido alguma coisa sobre superfaturamento.

Das duas informações que obtive, nenhuma soube precisar as placas do veículo. Liguei ontem mesmo para o secretário de Segurança Pública, Aluízio Mendes. Sem retorno.

Conversei com um delegado da SEIC, que me orientou para permanecer em casa. Um c0ronel amigo meu solicitou ajuda policial e por algumas horas uma viatura ficou vistoriando locais mais próximos de minha residência.

Assim como o jornalista Décio Sá, já sofri inúmeros processos e ameaças de morte. Desde a execução dele, não tenho mais saído do meu cantinho, principalmente no período da noite. Fiquei privado do que mais gosto: a vida noturna, dos botecos e de caminhar na praia.

Uma das mais recentes ameaças partiu de uma deputada estadual. Vianey Bringel, depois de denúncia aqui no blog sobre o esquema corrupto instalado na prefeitura de Santa Inês, que é comandada pelo seu marido, o prefeito Robert Bringel, ocupou a tribuna do Legislativo maranhense para dizer que nada faria contra a minha pessoa, mas que do seu genro ela nada saberia. A ameaça parlamentar, feita de uma tribuna de um poder, foi presenciada por dezenas de deputados.

O jornalista Décio Sá foi executado de forma cruel, covarde e bárbara, em um dos pontos de maior atração turística da cidade: a avenida Litorânea, por volta das 23h do dia 23 de abril passado. O crime permanece sem solução. Os criminosos impunes.

A Polícia Civil, que investiga o caso, precisa elucidar o assassinato de que foi vítima Décio Sá. Nós, jornalistas e blogueiros estamos vulneráveis. Os crimes de pistolagens  aumentam a cada dia no Maranhão.

O nosso blog foi o primeiro a sugerir que fosse criada e instalada uma CPI pela Assembleia Legislativa para apurar os crimes de encomendas. Sem sucesso; até porque existem deputados direta e indiretamente envolvidos.

Agora mesmo, bem no início da campanha eleitoral, alguns candidatios foram alvos de atentados pela pistolagem. Mas o governo do Maranhão prefere ficar calado, aceitando que as velhas práticas se instalem. Estamos regredindo. Aqui virou uma terra sei lei.  Uma lástima!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Secretário suspeito de estupro ficará preso em São Luís

O secretário de Cultura de Bequimão, no Maranhão, Sidney Carvalho de Jesus, suspeito de cometer violência sexual contra uma menina de 11 anos no município, será transferido ainda neste sábado (9) para a capital maranhense. A medida, de acordo com o superintendente de Polícia Civil do Interior, delegado Jair de Paiva Lima, será para garantir a integridade física do suspeito e não atrapalhar as investigações.

Sidney foi preso na última sexta-feira (8), em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo juiz da comarca local, Marcelo Frazão Pereira. O magistrado atendeu a um pedido do Ministério Público, que recebeu denúncias do conselho tutelar local.

“Ele foi medicado porque teria passado mal, mas ainda hoje deve chegar a São Luís”, afirmou o superintendente, que disse não poder informar o local onde o secretário ficará detido.

Conforme explicou o superintendente de Polícia Civil do Interior, a transferência tenta evitar qualquer problema nas investigações e manter a segurança do secretário, principalmente após surgirem na cidade manifestações contrárias à sua prisão. ( Do G1 Maranhão)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Veja o suspeito de assassinar médico em Caxias

Renã Manuel Souza

Renã Manuel Souza

Foi divulgado na tarde desta sexta-feira (09) através do Disque Denúncia Maranhão o cartaz de recompensa, no valor de R$ 2 mil, por informações que levem ao paradeiro de Renã Manuel Souza, acusado pela morte do médico Edvaldo Daniel Filho, de 29 anos, morto na madrugada de quinta-feira (07), após se envolver em uma briga e ser atingido com quatro facadas, sendo duas nas costas e as outras na região do abdômen. Crime esse que chocou a população de Caxias

Segundo informações de testemunhas, a briga teria iniciado quando dois homens jogaram uma pedra de gelo no médico, após uma discussão Edivaldo levou um soco e depois foi esfaqueado.

A vitima ainda chegou a ser encaminhada ao Hospital Geral do município, porém não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a óbito.

As investigações estão sob o comando do delegado Jair Paiva, da Superintendência de Polícia Civil do Interior.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Secretário de Bequimão é preso por suspeita de estupro a cinco menores

Policiais civis do município de Bequimão, interior do Maranhão, efetuaram a prisão de Sidney Carvalho de Jesus, 33 anos, no início da tarde desta sexta-feira (8), por volta das 12h30.

Sidney de Jesus é o atual secretário de Cultura da cidade. Contra ele pesam a acusação de prática de estupro há pelo menos cinco menores de idade. Segundo informações policiais, a menina de maior idade teria apenas 13 anos.

O homem foi preso pela equipe da Polícia Civil comandada pelo delegado Jorge Antônio Santos. O acusado foi detido em sua própria residência, localizada na Rua Elpídio Couto, no Centro da cidade.

A prisão se deu em decorrência de mandado de prisão expedido pelo juiz Marcelo Frazão Pereira, da Comarca de Bequimão. A emissão do mandado partiu da solicitação do Ministério Público local. De acordo com a Polícia, havia várias denúncias apontando a prática delituosa de Sidney no Conselho Tutelar do município.

Com a emissão do mandado de prisão, os policiais civis empreenderam diligências no sentido de localizá-lo. Após a prisão, Sidney Carvalho de Jesus foi encaminhado ao Distrito Policial Civil de Bequimão pelo crime de estupro de vulnerável disposto do Artigo 217 A, do Código Penal Brasileiro. Ele aguarda decisão judicial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Traficante é preso na Chácara da Rosana

Uma ação do Serviço de Inteligência dos 8º e 9º Batalhões da Polícia Militar resultou nas prisões de Diogo Rafael Ferreira, Márcio Antônio Cordeiro Lisboa, o pica-pau e sua esposa Delcyr Coelho Rodrigues sob a acusação de sequestro e tráfico de drogas.

Segundo informações, na tarde de segunda-feira (4,) pica-pau teria sequestrado Aronildo Lopes do Nascimento, vizinho dele, na Vila Luizão. A motivação do crime teria sido uma dívida que o irmão da vítima, identificado apenas como Romário, tinha contraído com a compra de entorpecentes do sequestrador.

Ele manteve contato com um dos irmãos da vítima, identificado como Ariosvaldo, para cobrar o regate no valor de R$ 3mil. Diante da informação, Ariosvaldo comunicou o fato à polícia. Os policiais foram à casa de Pica-pau, localizada na Rua da Pedreira, Vila Luizão, onde apreenderam nove quilos de maconha e 2,5 quilos de crack.

O sequestrador ligou novamente para o irmão da vítima para indicar onde ele deveria entregar o dinheiro em uma chácara localizada na estrada do Miritiua, no Bairro Bom Jardim. Os policiais seguiram até o local, e quando chegaram encontraram a vítima junto Márcio Antonio, que ainda tentou fugir, mas acabou sendo baleado na perna. Foi detido também o individuo Diogo Rafael, segurança da Chácara.

Os policiais fizeram uma vistoria na residência, e encontraram no quarto de outro vigilante, identificado como Sandoval, que não se encontrava no local no momento da abordagem, mais dois quilos de crack, 1,5 quilo de cocaína e um Rifle puma 38mm.

Dando continuidade a operação, os policiais militares se dirigiram até outra residência também na Vila Luizão, onde foi presa Delcyr Coelho Rodrigues, 30 anos, esposa do traficante pica-pau.

Os dois sequestradores foram conduzidos ao Plantão Central do Cohatrac e autuados por extorsão mediante sequestro, pelo delegado plantonista, Antônio Albuquerque Leal. “Pica-pau” foi autuado também por tráfico de drogas. Ele permanece internado no Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), mas está fora de perigo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Pai diz que morte de Décio Sá têm relação com caso Fernanda Lages

Do Portal AZ

Pai de Fernanda.

Pai de Fernanda.

Para a família da estudante Fernanda Lages, as mortes do fotógrafo e empresário Delson Castelo Branco e do jornalista maranhense Décio Sá têm relação direta com o assassinato da jovem, encontrada morta em um canteiro de obras na zona Leste de Teresina. A informação é do pai de Fernanda, Paulo Lages, em entrevista exclusiva ao Portal AZ.

“Sempre achei que houve relação, desde o dia que aquele rapaz [Delson Castelo] foi dado como desaparecido. Ele era uma pessoa da noite, tinha um site de relacionamento. A Fernanda, mesmo que a gente achasse que não fazia nada de errado, também gostava de sair e era uma pessoa da noite. Ela trabalhava, estudava, mas gostava de sair. São muitas histórias desencontradas sobre a morte dele, e tudo isso é muito suspeito. Eu acho que a morte daquele rapaz tem tudo a ver com a da Fernanda. Ele desapareceu poucos dias depois dela morrer. A morte dele foi muito misteriosa, o delegado fala logo que foi acidente. Como é que ele passou 30 dias lá sem ninguém saber o que aconteceu?”, indaga Paulo Lages.

Décio Sá foi assassinado com cinco tiros

Décio Sá foi assassinado com cinco tiros

Delson Castelo Branco desapareceu no dia 15 de outubro do ano passado. Um mês depois seu corpo foi localizado em um matagal próximo a ponte do bairro Tancredo Neves, na zona Sudeste de Teresina. Na época, a Polícia Civil, afirmou que o proprietário do site de baladas Galera Show havia morrido vítima de acidente. A morte do fotografo permanece um mistério. A promotora Clotildes Carvalho negou o pedido de arquivamento do inquérito. O Ministério Público acredita que pode haver ligação entre as mortes de Delson e Fernanda.

Em relação ao assassinato do jornalista Décio Sá, o pai de Fernanda diz acreditar que o repórter tenha morrido em decorrência de denúncias feitas contra políticos do Maranhão. Paulo Lages afirma que a morte de Décio pode ter sido influenciada pelo envolvimento de pessoas maranhenses com pessoas do Piauí.

“A gente acredita que há ligação [mortes de Décio] porque uma tia dela tem uma irmã que mora em São Luís e ela ia para lá. Esse sujeito [deputado maranhense acusado de envolvimento com garotas de programa no Piauí] é meio da noite. Ele é envolvido com o pessoal de Teresina. A morte desse rapaz {Décio} se deu não pela morte da Fernanda em si, mas por que ele disse que esse político tinha de coisas erradas aqui no Piauí”, afirma.

O jornalista Décio Sá foi assassinado com seis tiros disparados a queima roupa em um restaurante em São Luís. O crime ocorreu no final da noite do dia 23 de abril.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Júri de ex-policiais acusados de matar estudante em Imperatriz é marcado para julho

Abreu e Smailly

Abreu e Smailly

A titular da 2ª vara criminal de Imperatriz, juíza Suely de Oliveira Santos Feitosa, marcou para o dia 24 de julho, às 8h, no Salão do Júri do Fórum da comarca, o júri dos ex-policiais militares Smailly Araújo Carvalho da Silva e Antonio Ribeiro Abreu. Pesam contra os réus as acusações de seqüestro, homicídio e ocultação do cadáver do estudante Ivanildo Paiva Barbosa Júnior, 19 anos. O crime, ocorrido em Imperatriz, data do dia 13 de setembro de 2008. Ambos os acusados se encontram presos.

Outro denunciado pelo crime, o pagodeiro Claudiomar Ferreira dos Santos, o “Claudinho”, foi julgado em 2009 e condenado a 16 anos de reclusão em regime fechado. Claudiomar  cumpre pena na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), em Imperatriz.

Ivanildo Júnior desapareceu na madrugada de 13 de setembro de 2008, após sair de uma festa realizada no Parque de Exposições de Imperatriz. Consta da denúncia do Ministério Público que, por volta das 5h45, após deixar algumas amigas em casa, o estudante teria sofrido uma abordagem policial pelos denunciados, fardados, em uma viatura da PM, quando Ivanildo teria sido colocado pelos policiais no porta-malas do próprio carro. O corpo do estudante foi encontrado no dia 21 de setembro (oito dias depois), enterrado em uma cova rasa na Estrada do Arroz (Imperatriz), com uma perfuração de bala na nuca. Imagens de uma câmera de segurança de uma loja no local da abordagem levou à prisão dos acusados, que foram reconhecidos na filmagem.

Retilíneo – Para a juíza, “os indícios de autoria delitiva restam demonstrados por meio dos depoimentos prestados em Juízo, aliado ao interrogatório do denunciado Claudiomar, rico em informações, a demonstrar um alto teor de credibilidade, vez que se amolda, perfeitamente, ao conjunto das provas existentes nos autos”. Suely Feitosa classifica como “retilíneo” o depoimento do pagodeiro. Segundo ela, desde a primeira vez que depôs sobre o caso Claudiomar relata com “riqueza de detalhes como se deu o crime”.

Em interrogatório prestado em Juízo, Claudiomar afirma “que participou de alguns atos, mas não sabia que os demais acusados tinham intenção de matar Ivanildo. O interrogado garantiu que teria ouvido de Smailly, dias antes do crime, que o policial iria abordar alguém a quem pretendia extorquir e. O depoente conta ainda que, no dia do crime, foi acordado às 5h por um telefonema da Smailly, pedindo que ele fosse até Quatro Bocas (Imperatriz), onde Ivanildo se encontrava na ocasião, a fim de monitorá-lo até que esse se encontrasse em um lugar deserto. Smailly teria pedido ainda que Claudiomar levasse consigo uma arma, já que não poderia usar a que portava, pois pertencia à Corporação.

Claudiomar teria então ido ao local onde se encontrava o estudante, a fim de segui-lo. Em determinado momento, após o rapaz deixar uma moça que se encontrava no carro em casa, recebeu outra ligação de Smailly, quando informou ao mesmo que o estudante se achava só no carro, ouvindo do interlocutor: “Agora deixa comigo”.

Na época da prisão dos ex-PMs

Na época da prisão dos ex-PMs

Porta-malas – Continuando seguindo o carro, o pagodeiro garantiu ter presenciado o momento em que os policiais abordaram o carro do estudante, em frente a uma loja, quando teriam colocado a vítima no porta-malas da viatura. Nesse momento, afirma, recebeu outra ligação de Smailly mandando que os seguisse até a Estrada do Arroz.

Chegando ao destino, Claudiomar relata que os policiais tiraram a vítima do porta-malas. Abreu segurava Ivanildo por trás, abraçado ao pescoço do estudante com os braços, “como se o tivesse enforcando, ao mesmo tempo em que Smailly dava chutes no estômago do rapaz.

Retornando ao local com umas palhas que os policiais pediram que pegasse, viu Abreu pressionando o pescoço da vítima com a bota, enquanto Smailly, afastado, parecia falar ao telefone.

Os policiais teriam então transportado o corpo do estudante para um local que parecia uma grota. Na ocasião, como o rapaz parecesse respirar, Abreu teria batido na cabeça e nas costas do estudante com um cassetete. Como o rapaz continuasse vivo, Abreu teria solicitado a arma que encostou na nuca de Ivanildo, atirando.

No dia seguinte ao crime, Smailly teria ligado para Claudiomar informando que estavam no local cavando uma cova para enterrar o corpo da vítima.

Ferramenta  – Outra testemunha ouvida em depoimento afirma ter presenciado a abordagem da vítima pelos policiais e o momento em que Ivanildo foi colocado na mala da viatura pelos acusados. Os policiais teriam sido vistos, ainda, por uma terceira testemunha, em atitude suspeita, portando ferramentas tipo pá ou enxada, no local onde momentos antes teria ouvido um tiro. A presença dos policiais no local do crime foi relatada por outras testemunhas arroladas no processo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Jovem é preso após tentar vender droga a soldado em Bacabal

Policiais militares realizaram, neste fim de semana, a prisão de um homem por tráfico de drogas no município de Bacabal. Jhony Henrique Sousa de Souza, 21 anos, foi preso por uma guarnição da PM após tentar vender a droga para um soldado que estava à paisana.
O fato ocorreu no Bar conhecido como ‘Complexo Caipirinha’, localizado no Bairro Vila Pedro Brito. Com ele, foram encontradas oito cabeças de cocaína e 27 reais em espécie.

Segundo informações policiais, por determinação judicial, Jhony estava cumprindo prisão domiciliar por praticar o mesmo delito. Ele foi apresentado nas dependências do 1°DP, onde foi autuado pelo crime de tráfico de entorpecentes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.