Crime

Índio é preso suspeito de liderar assaltos na BR-226

Em uma ação conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil nesta última quinta-feira (18), um homem identificado como Agailton Ventura Guajajara foi preso suspeito de fazer assaltos na BR-226. Ele estava foragido da justiça.

Segundo informações da polícia, o índio Guajajaras é apontado como um dos principais líderes dos assaltos na BR-226.

Na ação, quatro pessoas foram detidas também suspeitas de assalto na região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso após espancar a esposa com ripa em São Luís

Um homem de 36 anos foi preso em flagrante na Rua Austrália, no Anjo da Guarda, eixo Itaqui-Bacanga, em São Luís, após espancar a esposa dentro de uma quitinete na manhã desta sexta-feira (19), por volta das 7h. Luís Rogério Rodrigues Honorio bateu na mulher com uma ripa porque ela demorou a retornar para casa depois de sair para presenciar um tambor de crioula nas proximidades.

A vítima disse ao delegado Walter Wanderley, titular do 5º Distrito Policial (DP), Anjo da Guarda, que saiu de casa por volta de meia-noite, dizendo para o marido que iria apenas observar a dança. Lá, ela bebeu algumas cervejas e curtiu o evento com algumas amigas. Mas o marido não aprovou a demora e, quando a mulher apareceu na residência, houve uma intensa discussão, ao que Rogério pegou uma ripa e começou a espancá-la, sendo que tudo foi presenciado pela filha do casal, de apenas 1 ano e seis meses.

A menina, ao ver a mãe sendo atacada com o pedaço de pau, começou a chorar e a gritar. Isto chamou a atenção dos vizinhos, que acionaram a Polícia Militar, que compareceu à residência e prendeu o suspeito em flagrante. Este foi autuado no 5º DP e encaminhado ao Complexo Penitenciário São Luís. A vítima, por sua vez, foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), com diversas marcas de agressões pelo corpo.

Do Jornal Pequeno


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Acusado de estelionato em Imperatriz se apresenta à polícia

Avenildo Aquino Pinto, de 26 anos, que é acusado de estelionato, apresentou-se à Polícia Civil, na tarde dessa quinta-feira (18). Ele se apresentou acompanhado de um advogado e negou que tenha aplicado golpe em várias pessoas na cidade.

Em depoimento, o homem admitiu “que realmente havia uma empresa aberta, devidamente credenciada junto ao Banco do Brasil, em nome de Adriano, que é um segundo individuo, que também faz parte do golpe. Só que este endereço, a princípio, seria na avenida Liberdade, 222, Vila Cafeteira, onde funcionou o primeiro correspondente bancário”, explica o delegado regional, Eduardo Galvão, ressaltando o homem armou que só assumiu a direção do empreendimento a
partir do dia 5 de janeiro.

“Ele migra para a Rua do Arame, na Vilinha, e partir de então começa efetuar os pagamentos até que na última sexta-feira, a máquina foi bloqueada. Ele teria ligado para o gerente do Banco do Brasil, que teria informado que o bloqueio foi em virtude de denúncias perante ao correspondente bancário, no reconhecimento dos recebíveis”, reforça o delegado.

Para a polícia, Avenildo mentiu. “Ao longo do depoimento, a gente verifica que a todo instante ele está mentido. Descobrimos efetivamente, que ele e o Adriano montaram duas empresas. Essas duas empresas têm nomes quase idênticos. Uma é Mais Promotora Imperatriz, que é a empresa que foi credenciada junto ao Banco do Brasil, e a outra MA+ Consultoria. Essa segunda empresa, também, sediada na Avenida Liberdade, no endereço de origem do primeiro correspondente, QUE foi aberta com documentação falsa”, detalha o delegado.

“Você pega o CNPJ das duas empresas e números de telefone, são os número do Avenildo. Terceiro ponto que associa os dois indivíduos para aplicar golpes no Banco do Brasil e a empresa Logue Mais, que é uma empresa intermediária, que funciona no estado da Bahia. Junto a Logue Mais, consta a empresa do Adriano, mas a empresa é do Avenildo. São situações que para a polícia não resta dúvida de que os dois se estão juntos desde o início para aplicar golpes contra o Barco do Brasil, contra a Logue Mais e contra todos os que procuraram o banco postal para pagar boletos”.

O delegado regional Eduardo Galvão ressalta que a partir de depoimento de Avenildo, a situação muda completamente. “Estamos colhendo depoimentos, precisamos ouvir, agora, o gerente do Banco do Brasil, o representante da empresa da Bahia já foi ouvido. E a partir de então, a orientação é que todas as pessoas que foram lesionadas, que procuram o Banco do Brasil para ter seus boletos compensados”, reforça o delegado.

Após ser ouvido, Avenildo Aquino Pinto, foi liberado, mas foi indiciado por estelionato e falsidade ideológica. Ele não ficou preso, mas deve ter um mandado de Prisão Preventiva expedido pela Justiça no decorrer das investigações.

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Bandido morre baleado durante assalto aos Correios de Bequimão

Um criminoso,cuja identidade ainda não divulgada, morreu após trocar tiros com a polícia na cidade de Bequimão, durante um assalto à agência dos Correios do município.

Segundo informações policiais, no fim da manhã desta quinta-feira (18), três assaltantes chegaram ao local, invadiriam a agencia e realizaram o assalto. Mas, na hora da fuga, eles foram surpreendidos pela polícia, iniciando uma troca de tiros.

No confronto, um dos criminosos foi baleado, vindo a óbito. Com o morto, a polícia encontrou uma arma de fogo.

Já os outros dois assaltantes conseguiram fugir com o dinheiro roubado para uma região de mato, mas a área da foi cercada pela polícia, a qual arma que os homens podem ser presos a qualquer momento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Membros de facção criminosa são presos na Vila Vitória, em São Luís

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais prende, nesta quinta-feira (18), membros de uma facção criminosa na Vila Vitória, em São Luís.

Segundo a polícia, foram detidos Henrique Augusto Pereira da Silva, 28 anos; Gabriel Lucas Saraiva Garcia, 21 anos, William dos Santos Gonçalves, 31 anos, Sidney Jorge Santana, 29 anos; e Wilson Figueiredo Dias, 24 anos.

Com os indivíduos foram apreendidos farta quantidade de munições de uso restrito e permitido, porções de cocaína e de crack, vários tabletes de maconha, 02 capas de colete balístico, 01 rádio comunicador, uma balança de precisão, insumos para embalagem dos entorpecentes (sacos plásticos, fitas adesivas etc) e um veículo Chevrolet Ágile.

Os membros da facção criminosas foram autuados pelos crimes de posse/porte de munições de uso restrito, tráfico e associação para o tráfico e por integrar organização criminosa armada.

Após a prisão, todos foram encaminhados ao Centro de Triagem de Observação Criminológica do Sistema Penitenciário Estadual, onde permanecerão à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Agência bancária é alvo de bandidos em Senador Alexandre Costa

Na madrugada desta quinta-feira (18), bandidos explodiram a agência do Banco do Bradesco em Senador Alexandre Costa.

Segundo informações preliminares, a população ouviu cerca de quatro explosões.

A agência ficou completamente destruída. Após a ação criminosa, os assaltantes empreenderam fuga.

Até o momento, a polícia ainda não conseguiu prender nenhum dos envolvidos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia desarticula quadrilha de assaltantes em Barra do Corda

A Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Militar, está realizando uma operação que busca prender integrantes de uma quadrilha de assaltantes na BR-226. A operação ocorre desde a manhã desta quarta-feira (17), na cidade de Barra do Corda, localizado a 444 Km de São Luís.

Dois índios já foram presos, segundo a polícia, que também apreendeu armas, celulares e capuzes que eram usados nos assaltos. Os suspeitos foram identificados como Neusina Ferreira Guajajara e Hilson Ventura Guajajara. Segundo o delegado de Barra do Corda, Renilton Ferreira, os criminosos cometiam assaltos todos os dias.

“Essa operação foi elaborada pela Polícia Civil justamente pela situação insustentável que se encontrava a BR-226, entre a cidade de Barra do Corda e Grajaú, com centenas de assaltos diários, dia e noite. Ela não é única. É uma das operações que nós vamos fazer para combater esse grande número de assaltos. São vários criminosos, a maioria indígenas, com alguns brancos infiltrados no meio”, afirmou.

Existe uma grande quadrilha formada, em sua maioria, por índios que realizam assaltos na BR-226 desde o ano passado, de acordo com a Polícia Civil. A maioria dos índios é da reserva Cana Brava e utilizam arma de fogo e armas artesanais durante os assaltos.

O delegado Renilton informou que, por conta da dificuldade em coletar provas que mantenham os criminosos presos, além dessa quadrilha outros grupos menores de indígenas tem iniciado assaltos na região.

“A policia tem identificado uma grande quadrilha que já vem com mandados de prisão de diversas operações anteriores, nos anos de 2016 e 2017. A dificuldade de prender tem gerado impunidade. Essa impunidade tem incentivado outras aldeias a também se motivarem a cometer crimes. Então além dessa quadrilha, que já agia a mais de um ano na região, agora estamos com outros pequenos grupos realizando assaltos”, informou Renilton.

A polícia informou que os criminosos visam dinheiro em espécie das vítimas e também pertences de fácil venda, como celulares e relógios. Eles também abordam ônibus e saqueiam todos os passageiros. Na maioria das vezes utilizam os valores para ingerir bebida alcoólica, consumir entorpecentes e para gastos pessoais.

De acordo com o delegado de Barra do Corda, agora a Polícia busca até estabelecer parcerias para conter a onda de assaltos na região.

“Pretendemos nos reunir com o Ministério Público ou o Poder Judiciário local para tentar uma parceria de uma atuação mais rígida por essas autoridades para que, após prender, eles não sejam liberados. Semana que vem, provavelmente, vamos fazer essa reunião para buscar essa parceria e a manutenção mais longa da prisão”, afirmou.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Vídeo mostra assalto ao ônibus da linha Campus/Ufma, em São Luís

Um vídeo gravado pelas câmeras de segurança do ônibus que faz linha Campus/Ufma mostra o exato momento do assalto aos passageiros ocorrido na última segunda-feira (15), na Avenida dos Portugueses, em São Luís.

Segundo a polícia, 30 aparelhos celulares foram roubados das vítimas. Até o momento, ninguém foi preso. Mas um suspeito já foi identificado e está sendo procurado.

O Blog do Neto Ferreira chegou a publicar a informação do crime (reveja).

Veja o vídeo abaixo, que foi publicado pelo SLZ Online nas redes sociais:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Motorista é rendida e tem carro roubado em São Luís

Nesta última segunda-feira (15), por volta das 19h34, quatro homens roubaram um veículo no Residencial Araras, São Luis, segundo as imagens de uma câmera de segurança.

Segundo informações de um parente da vítima, três dos suspeitos estavam armados e renderam a motorista do veículo, tomando o carro e fugindo no sentido do Aririzal.

Horas depois, o carro foi encontrado na Estrada de Ribamar e os quatro suspeitos foram presos.

Do Portal Guará


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Estelionatário abre falso banco postal e aplica golpe em Imperatriz

Um homem instalou um banco postal no bairro Vilinha, em Imperatriz, e aplicou um golpe ao fingir o pagamento das contas dos moradores. Ele foi identificado pelos moradores como Marcos Avenildo, mas o nome verdadeiro dele é Avenildo Aquino Pinto, de acordo com a polícia.

O aposentado Osmar dos Santos terá que gastar mais dinheiro com as contas. Ele disse que pagou mais de 160 reais para as companhias de energia e água, mas descobriu que não foi dado baixa no sistema.

O “banco postal” funcionou por duas semanas até que, na última sexta-feira (12), supostos funcionários teriam retirado os computadores. No local havia até um adesivo na parede com a logomarca do Banco do Brasil, segundo os moradores que só descobriram que o lugar era falso após as contas começarem a ser cobradas.

O mestre de obras Gilson Rodrigues teve um prejuízo de aproximadamente 900 reais com o pagamento de boletos, incluindo a conta de energia. Ele contou que não dava para desconfiar do local.

“A gente acreditou porque viu o símbolo na parede do Banco do Brasil. Lá dentro a gente viu que tinham câmeras focando a gente. Imaginávamos que era uma coisa mesmo atualizada pelo Banco. Aqui teve gente que pagou até de quatro mil, seis mil reais para esse indivíduo”, relatou.

Diante das contas que acreditavam ter sido pagas, os moradores não têm ideia de como proceder. O eletricista Mizael da Silva está preocupado com a cobrança que a Companhia Energética do Maranhão (CEMAR) poderá fazer nos próximos dias.

“Quando a CEMAR vier na porta da gente o que a gente vai dizer? Como é que vamos agir na hora? Como é que a gente vai fazer no momento?”, afirmou o eletricista.

Segundo o delegado regional da cidade, Eduardo Galvão, Avenildo Aquino já foi preso no município de Grajaú com o mesmo golpe e montou um suposto banco postal em outro bairro de Imperatriz, no ano passado. O delegado informou que devem ser expedidos dois mandados de prisão contra Avenildo, que ainda não foi localizado.

“Na Vila Redenção ele já havia feito centenas de vítimas e migrou para Vilinha. Embora tenha pouco tempo funcionando, já fez também uma outra centenas de vítimas. As pessoas começaram a verificar que as contas não foram pagas procuraram o Banco do Brasil. Temos certeza de que nenhuma dessas contas foi pago e que, muito provavelmente, ele não tenha nenhum vínculo com o Banco do Brasil”, declarou o delegado.

Do G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.