Crime

Por ciúmes, preso em Pedrinhas manda matar ex-namorada em Paço do Lumiar

A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Proteção à Pessoa da SHPP, prendeu, nesta segunda-feira (6), Ezequiel Rabelo Lopes e Eleson Rabelo Castro pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

A prisão de ambos foi em decorrência a dois mandados de prisão temporária expedidos pela Juiza Samira Barros Heluy da Central de Inquéritos de São Luís.

Segundo informações policiais, Ezequiel e Eleson são acusados de matar Ellen Adriellen Silva dos Santos no dia 30 de setembro de 2015 em Paço do Lumiar, região metropolitana da capital maranhense, a mando Adenilson Cantanhede Ramos, vulgo Dedê, motivado por ciúmes.

A vítima desapareceu no dia 30/09/2015 quando saía da residência da sogra no bairro Iguaíba em Paço do Lumiar. A mesma nunca mais foi vista desde então.

Após investigações iniciadas no 5ºDP, e posteriormente encaminhadas ao Departamento de Proteção à Pessoa-DPP, foi descoberto que Ellen foi morta por ordem de Adenilson, que é um criminoso de alta periculosidade, que encontra-se preso acusado de homicídio, além de outros delitos.

Por ser um dos homens fortes de uma facção que atua nesta capital, e sabendo que sua namorada Ellen, estava tendo um relacionamento amoroso com John Marley Araújo Ferreira, Dedê determinou a execução de John Marley no dia 10 de setembro de 2015 e da Ellen Adriellen no dia 30 de setembro do mesmo ano.

Os executores do crime, Eleson e Ezequiel, após cometerem o crime jogaram o corpo da vítima em um lixão na área da Vila do Povo em Paço do Lumiar, corpo este que ainda não foi encontrado, devido a ação do tempo e da retirada contínua de materiais do local.

Após as prisões, os elementos foram encaminhados ao Centro de Triagem em Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários