Crime

Família entrega roupas usadas por cunhado da sobrinha de Sarney no dia do crime

1479244388-311317344

As roupas usadas por Lucas Porto no momento do assassinato de Mariana Costa, foram entregues à polícia por familiares do empresário. Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, Lawrence Mello, que confirmou a informação, as vestes foram encontradas no fim da tarde da última quarta-feira (16).

De acordo com Mello, as roupas estavam em um apartamento vazio, de propriedade do pai de Lucas Porto, que fica no mesmo condomínio onde o acusado mora, no bairro da Ponta d’Areia.

Lawrence Melo informou, ainda, que as vestes já foram encaminhas para o Instituto de Criminalística e Medicina Legal (ICRIM). “As roupas estavam neste apartamento e acreditamos que elas foram usadas no dia do crime, mas isso só a perícia vai dizer”.

Sobre quem entregou as roupas, o delegado afirma que familiares do próprio Lucas entregaram o material para a polícia. “Parentes deles mesmo entregaram as vestes. Eles sabiam que nós já estávamos atrás e nos ajudaram. Temos a informação que este apartamento estava vazio e é de propriedade do pai do acusado”, disse.

Confissão

Lucas confessou para a polícia ter matado a jovem, além disso, narrou aspectos que teriam motivado ao ato. “Ele disse que tinha uma atração pessoal muito forte pela senhora Mariana, sua cunhada. Seguindo isso, ele resolveu ir até seu apartamento e lá a encontrou em seu quarto de descanso, sem roupas, e resolveu consumar seu desejo por ela”, disse o secretário de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela.

Entenda o Caso

Mariana Costa tinha 33 anos, é sobrinha‐neta do ex‐presidente da República José Sarney, foi encontrada morta em seu apartamento, que fica localizado no condomínio Garvey Park, no último domingo (13). O principal acusado era o seu cunhado, Lucas Porto, que já confessou o crime.

Em sua confissão, o empresário afirmou que matou a jovem por motivos passionais. As imagens das câmeras de segurança do prédio foram fundamentais para que a polícia chegasse até o envolvido na ação criminosa.

A investigação continua, uma vez que a cúpula do Sistema de Segurança demonstrou que não acreditou na versão apresentada por Lucas Porto em seu depoimento.

Mariana deixou duas filhas pequenas e seu esposo, o também empresário Marcos Renato.


Saiba mais

Secretário demonstra que a polícia não acreditou na versão do cunhado de Mariana Costa

Cunhado confessou que tentou estuprar sobrinha de Sarney

Cunhado confessa que matou sobrinha de José Sarney


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários