Crime

Polícia Federal prende em São Luis doleiro envolvido em esquema que lavou R$ 10 bilhões

PF faz operação contra lavagem de dinheiro. Policiais tinham apreendido carros de luxo, entre eles um Camaro, além de relógios e joias.

Alberto Youssef, preso no Maranhão, foi personagem-chave em outras investigações feitas pela Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro, que resultaram em operações como a Anaconda.

Alberto Youssef, preso no Maranhão, foi personagem-chave em outras investigações feitas pela Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro, que resultaram em operações como a Anaconda.

A Polícia Federal (PF) realiza, desde as 6h desta segunda-feira (17), uma operação para desarticular uma organização criminosa especializada em lavagem de dinheiro. Conforme a PF, os recursos investigados passam de R$ 10 bilhões.

No Rio Grande do Sul, a operação cumpriu dois mandados de busca e apreensão em Porto Alegre. O doleiro Alberto Youssef, que mora em Londrina, no norte do Paraná, foi preso em São Luis, no Maranhão. Segundo a PF, ele seria um dos líderes da quadrilha. Em 2004, Youssef foi condenado pela Justiça Federal por envolvimento em fraudes na venda do Banestado e envio ilegal de dinheiro para o exterior.

Até as 11h30, os policiais tinham apreendido carros de luxo, entre eles um Camaro, além de relógios e joias. Três hoteis também foram bloqueados pela PF em Londrina, São Paulo e em Porto Seguro. Até este horário, durante o cumprimento de mandados preventivos e temporários, 24 pessoas tinham sido presas.(Do G1 PR).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Polícia Federal prende em São Luis doleiro envolvido em esquema que lavou R$ 10 bilhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José João Macedo

    Lí na Folha.Agora pergunto:o que ele estava fazendo em São Luís?trabalhando pra quem?????

  2. O CORVO

    DESCE LOGO ESSE PILANTRA NAS CORDAS….

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários