Crime

Presa quadrilha com explosivo

O grupo responde por crimes em Minas Gerais e na Bahia.

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) efetuou a prisão de cinco pessoas, todas de Minas Gerais. Eles planejavam realizar ‘saidinhas bancarias’ e explodir caixas eletrônicos no Maranhão. O grupo foi apresentando, na tarde de segunda-feira (25), pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes, durante entrevista coletiva concedida à imprensa.

Airton, Leandro Campos, Leonardo, Felipe e Junior são os quadrilheiros presos.

Airton, Leandro Campos, Leonardo, Felipe e Junior são os quadrilheiros presos.

Segundo a polícia, o grupo responde por crimes em Minas Gerais e na Bahia. Foi presa no início da manhã em uma casa de luxo, localizada no Olho d’Água, próximo a praia. Os detidos são: Airton Amâncio de Araujo, de 37 anos; Leandro Gomes Brugger, 30; Felipe Mageste Martins Messias, 26 anos; Leonardo Costa de Souza, 27; Junior Teodoro de Oliveira, 21, todos naturais de Belo Horizonte.

No momento da prisão, dois deles apresentaram carteiras de identidade com nomes falsos, porém o crime foi descoberto pela Polícia. De acordo com informações policiais, o intuito dos criminosos era despistar a polícia, uma vez que havia mandados de prisão em aberto em Minas Gerais.

“Eles estavam, provavelmente, arquitetando ou explodir um banco ou realizar um assalto a alguma agência no interior do estado. Este é mais uma prova da Polícia do Maranhão para os criminosos que escolhem o Maranhão como rota do crime”, afirmou Aluisio Mendes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários