Crime

Associação Maranhense de Imprensa divulga nota de pesar sobre a morte do jornalista Décio Sá

A execução de um jornalista configura-se como um dos mais bárbaros atentados contra a liberdade de expressão

Em nota encaminhada na manhã desta quarta-feira, 25, a Associação Maranhense de Imprensa lamenta e classifica como “brital” o assassinato ocorrido na noite de segunda-feira, 23, do jornalista/blogueiro Décio Sá. Leia abaixo a nota:

Nota de Solidariedade

Décio Sá (O Estado do Maranhão)

Décio Sá (O Estado do Maranhão)

A Associação Maranhense de Imprensa (A.M.I.) lamenta profundamente o assassinato brutal e covarde do jornalista Décio Sá, ocorrido na noite da última segunda-feira, 23, em São Luís.

A execução de um jornalista configura-se como um dos mais bárbaros atentados contra a liberdade de expressão e contra o Estado Democrático de Direito Brasileiro.

Décio Sá era um dos mais combativos e destemidos jornalistas maranhenses, buscando sempre trazer à luz o que alguns tentavam manter sob o manto da escuridão.

Ao mesmo tempo que se solidariza com os colegas, amigos e familiares de Décio Sá, a A.M.I. exige do poder público em todas as esferas uma rápida elucidação do crime que tem caráter evidente de execução por pistolagem.

São Luís (MA), 25 de Abril de 2012

A Diretoria


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários