Cidade

Greve na Santa Casa pode causar morte de pacientes

“Estamos em luta não apenas pelos nossos direitos trabalhistas mas também contra a situação precária deste hospital”, afirma

Após várias tentativas frustradas de negociação os trabalhadores da Santa Casa do MA, em Assembléia Geral Extraordinária, realizada no dia 08 de março de 2013, deliberaram pela paralisação das atividades (Greve) por tempo indeterminado a partir das 7:00h do dia 13 de março de 2013.

Lucimary Santos, presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem e Empregados em Estabelecimentos em Saúde do Estado do Maranhão( SINPEES-MA), disse que trabalhadores da Santa Casa querem o pagamento imediato do vale-transporte atrasado, desde 03 de janeiro de 2013; o pagamento das férias atrasadas, com atrasos que chegam há mais de três anos, a concessão de férias,o o pagamento imediato dos salários dos meses de Janeiro/2013 e Fevereiro/2013, recolhimento de FGTS e INSS em atraso.

Ela ressalta que a decisão pela greve surgiu por conta da intransigência da administração da Santa Casa que se nega a negociar com os trabalhadores. “Queremos deixar claro para a população da nossa cidade que busca atendimento neste hospital que estamos em luta não apenas pelos nossos direitos trabalhistas mas também contra a situação precária deste hospital e não vamos acabar a greve enquanto a direção da Santa Casa insistir na intransigência”, afirma


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários