Crime

Homem é preso após violentar e engravidar adolescente de 13 anos em Zé Doca

Um homem identificado como Robson de Sousa Alves, de 37 anos, foi preso na manhã dessa quarta-feira (12) por conta de estupro de uma adolescente de 13 anos, em janeiro deste ano, na cidade de Zé Doca.

O crime só foi descoberto depois de meses pela família da vítima depois que foi descoberto que a garota estava grávida. A prisão foi determinada pelo juiz Marcelo Moraes.

Segundo levantamento policial, o estupro foi em janeiro na casa da avó da vítima no Povoado Conquista. O criminoso estava hospedado na residência e aproveitou que a adolescente estava indo ao banheiro e a abordou. Sob ameaças, ele consumou o crime.

Robson de Sousa Alves foi preso em sua própria residência, na Rua Amazonas, Bairro Vila Nova, em Zé Doca.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em Zé Doca prefeita Josinha Cunha começa maratona de inaugurações


Cumprindo um cronograma de inaugurações de 22 obras que já estão prontas, de um leque que conta ainda com outras obras em construção e mais de 100 ações em todas as áreas da administração, a prefeita Josinha Cunha iniciou no último sábado (03), a entrega das obras.

Além da prefeita prestigiaram o evento o deputado estadual Josimar Maranhãozinho, a presidente do PR Mulher Detinha, secretários municipais, lideranças comunitárias, prefeitos da região e a comunidade em geral.

A primeira obra entregue foi o abastecimento d’água e a iluminação de LED da Quadra São Vicente, cerca de 12 quilômetros de Zé Doca . O abastecimento foi uma indicação do vereador Cláudio da Boa Esperança e a iluminação foi indicação do vereador Itamar da Canaã. Na oportunidade foi servido um café da manhã aos presentes. O povoado ainda conta com uma escola em construção. Dona Marú, presidente da associação de moradores elogiou a ação da prefeitura. “Estamos felizes porque o nosso abastecimento d’água e a iluminação do povoado era um sonho antigo de todos, hoje estamos realizando esse sonho, graças ao trabalho da prefeita Josinha.” Ainda no povoado está em construção uma escola.

O povoado Bom Jesus, que conta apenas com 20 famílias também recebeu o sistema de abastecimento d’água e a iluminação de LED, segundo a comunidade, a obra do sistema de abastecimento estava parada há oito anos e agora finalmente foi entregue ao povo. Em pronunciamento a prefeita Josinha enfatizou que não importa o numero de habitantes dos povoados, a ação da prefeitura vai chegar a todos. “Para a nossa administração não importa o numero de moradores dos povoados, todos merecem que a prefeitura atenda suas demandas, pois são zedoquenses e merecem nosso respeito”.

A forte chuva que caiu na tarde de ontem não permitiu a solenidade de entrega oficial do sistema de abastecimento d’água e da iluminação de LED da Quadra Tamandaré, mas mesmo assim a prefeita e sua comitiva visitaram os moradores e de forma simbólica as obras foram entregues.

Já período da tarde fechando as inaugurações foi a vez do povoado Igarapé Grande. Uma multidão aguardava a comitiva da prefeita juntamente com o deputado Maranhãozinho e sua esposa Detinha. Em pronunciamento o parlamentar destacou a importância da parceria do município com o governo do estado e governo federal para a realização das obras e anunciou novos investimentos na zona rural para asfalto no valor de 03 milhões para beneficiar a Conquista, a Quadra Boa Esperança e o Povoado Josias, a prefeita já assinou o convênio junto ao governo federal e em breve as obras terão inicio. “Esse é o jeito de governar da prefeita Josinha, sempre buscando parcerias, correndo atrás de recursos para a realização das obras, eu como deputado estarei sempre ao seu lado nessa luta pelo desenvolvimento de Zé Doca.”

Igarapé Grande recebeu asfalto e iluminação de LED, indicações do vereador representante da localidade Antônio Maia. O povoado já havia sido contemplado com reforma do posto de saúde e da escola que devem novamente passar por melhorias. Ainda foi anunciada a construção de uma praça na localidade ainda para esse ano. “É muito bom ver o desenvolvimento chegar a esses povoados que historicamente estavam esquecidos, isso representa compromisso com a população e correta aplicação dos recursos públicos,” afirmou a presidente do PR Mulher Detinha.

A maratona de inaugurações continua hoje com entregas de obras na sede como ginásios, asfalto, iluminação de LED, posto de saúde e outras ações da prefeitura.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Criminosos explodem agência bancária de Zé Doca

Na madrugada desta quinta-feira (4), cerca de dez bandidos fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil de Zé Doca.

Segundo informações da polícia, por volta de 1h40, os bandidos chegaram na cidade e foram direto para o quartel da Polícia Militar, onde acuaram os policiais. Houve troca de tiros entre os assaltantes e os policiais. Os criminosos acabaram deixando os militares encurralados enquanto praticavam o assalto.

Os bandidos conseguiram entrar na agência e explodiram o cofre. Ainda não foi divulgada a quantia que foi roubada, mas a destruição no banco foi tão forte que destruiu todo o local.

Após roubarem a agência do Banco do Brasil, os assaltantes fugiram da cidade em direção a um povoado que fica próximo do estado do Pará. Este é o primeiro registro de assalto a agência bancária no maranhão nesse ano de 2018.

A polícia já foi mobilizada para iniciar as investigações em Zé Doca a fim de capturar e prender os assaltantes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita Josinha Cunha paga 13º salário nesta sexta-feira

Com muito esforço anuncio que a antecipação do pagamento dos salários relativos a dezembro, estarão nas contas de todos os servidores, efetivos, seletivados e todos os profissionais a partir de amanhã, sexta 29. A apesar das dificuldades financeiras deste ano, o nosso município conseguiu manter em dias a folha de pagamento de todos os servidores, onde até então já pagamos também para todo funcionalismo o décimo terceiro de todos os servidores.

Todos são sabedores que foi um ano muito difícil para o Brasil e principalmente para os municípios, mas com muita determinação sempre honrarmos o pagamento dos servidores. Poder pagar em dias e antecipar, em algumas situações, mostra o nosso planejamento e organização financeira que prioriza os servidores. Somente este ano, Zé Doca teve uma queda significativa nos repasses e que muitos estados e municípios estão enfrentando dificuldades, inclusive para honrar com o pagamento dos servidores.

No entanto, aqui fizemos um planejamento e trabalhamos de forma responsável para que pudéssemos cumprir com pagamentos e não deixamos salários atrasarem. O pagamento do funcionalismo em dias é uma prioridade da nossa gestão e vai continuar sendo.

A você e sua família boas festas e um ótimo final de ano e próspero 2018.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso por crime ambiental e maus tratos a animais em Zé Doca

Um homem, identificado como Maciel da Silva Sampaio, de 41 anos, foi preso na noite dessa quarta-feira (6), por meio da 8ª Delegacia Regional de Zé Doca, no povoado de Quinto Braço.

Segundo informações da Polícia Civil, “Batatinha”, como era conhecido, é suspeito de praticar crime ambiental, maus tratos a animais, ameaça e disparo de arma de fogo. O conduzido também teria realizado queimadas de
pastos,envenenamento de uma égua e ainda cortado os testículos de um cavalo.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, Maciel da Silva ameaçou seu próprio irmão e ainda efetuou disparos de arma de fogo.

A Polícia Civil após tomar conhecimento dos fatos deslocou-se até o povoado, onde “Batatinha” foi preso. Com ele foi encontrada uma espingarda, além de mais duas armas brancas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Justiça mantém condenação do ex-prefeito de Zé Doca

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve a condenação do ex-prefeito do município de Zé Doca, Francimar Marculino da Silva, por ato de improbidade administrativa. A decisão condenou o ex-gestor à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, à proibição de contratar com o Poder Público por três anos, ao ressarcimento de R$ 112.858,18 ao erário e ao pagamento de multa correspondente a dez vezes a remuneração do cargo.

Segundo a ação proposta pelo Ministério Público estadual (MPMA), a prestação de contas do apelante, referente ao ano de 2006, foi julgada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), que apontou, entre as ilegalidades, ausência de licitação para aquisição de bens e serviços, falta de comprovantes de despesas realizadas, além de inúmeras inconsistências contábeis.

O ex-prefeito apelou ao Tribunal, alegando cerceamento de defesa, improcedência das acusações ante a ausência de demonstração de dolo ou prejuízo e pelo fato de as contas apresentadas terem sido aprovadas pela Câmara Municipal.
O desembargador Paulo Velten, relator da apelação, afirmou que não houve cerceamento de defesa, já que foi dada oportunidade para produção de provas, em intimação ao apelante, mas a defesa do ex-prefeito não se manifestou.

Paulo Velten explicou que o julgamento de contas do então prefeito pela Câmara Municipal, dado o seu caráter eminentemente político, não vincula a atuação do Poder Judiciário em ação de improbidade administrativa.

Por fim, observou que o Relatório de Informação Técnica constatou a ausência de procedimento licitatório na aquisição de diversos bens, serviços e execução de obras públicas.

O relator concluiu que o ex-prefeito praticou ato de improbidade. Em razão disso, negou provimento ao recurso do apelante, entendimento acompanhado pelos votos dos desembargadores Jaime Ferreira de Araujo e Marcelino Everton.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia Federal e Ibama destroem madeireiras ilegais em Zé Doca

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a Polícia Federal realizaram uma operação, nessa terça-feira (7), no Povoado Nova Conquista, em Zé Doca, distante 169 km de São Luís. Na oportunidade, os agentes destruíram três madeireiras.

De acordo com as informações oficiais, as madeireiras em questão atuavam de forma irregular, extraindo toras de madeiras, retiradas de árvores roubadas das reservas indígenas Alto do Turiaçu e Awa. Não houve informação divulgada sobre condução de suspeitos.

Este tipo de operação no Maranhão, realizada em conjunto pelo Ibama e PF, é comum. Este ano, por exemplo, os órgãos federais deflagraram a “Operação Maravalha”, que combateu o mesmo tipo de crime só que nas reservas indígenas Caru e Araribóia, além da reserva biológica do Gurupi, na região sudoeste do Maranhão. Durante a operação, quatro prisões foram realizadas, sendo três em Buriticupu e uma em Amarante.

Já em 2016, teve a “Operação Hymenaea”, que cumpriu 77 medidas judiciais no Maranhão e Rio Grande do Norte. Em setembro de 2015, a PF e o Ibama chegaram a destruir tratores e caminhões utilizados na extração ilegal de madeira na Reserva do Gurupi para inibir o crime ambiental.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Zé Doca comemora 30 anos com inaugurações de obras e novas conquistas

Na manhã da última quarta feira (04), Zé Doca comemorou 30 anos de emancipação política. O evento foi bastante concorrido e se transformou na maior festa alusiva a data já festejada no município. A convite da prefeita Josinha Cunha (PR), do deputado Josimar de Maranhãozinho e da presidente do PR Mulher Detinha o governador Flávio Dino veio prestigiar o evento juntamente com o secretário de Estado de Segurança Pública Jefferson Portela, secretário de Infraestrutura Clayton Noleto e o chefe da Casa Civil Marcelo Tavares.

Vários prefeitos também fizeram questão de celebrar esse novo momento para Zé Doca, entre eles o prefeito de Maranhãozinho Auricélio (PR), o de Centro do Guilherme Zé de Dário (PR), o de Carutapera André Dourado (PR), de Presidente Médici Ivone da Paraense (PSD), de Igarapé do Meio Almeida (PC do B), o de Governador Newton Belo Roberto do Posto (PC do B) o de Pedro do Rosário Raimundo Antônio (PR) e o de Araguanã Valmir Amorim (PR), além de vereadores e lideranças de todas as partes do Maranhão.

Inaugurações

Em uma grande carreata que parou a BR 316 a comitiva se dirigiu para a inauguração do Centro de Especialidades de Saúde, que também ganhou laboratório de análises clínicas totalmente equipado. Os serviços de duas Unidades de Exames Móveis para coletas foram ampliados com a entrega de duas motos e uma Van que deve atender a sede e a zona rural.

O hospital DR. Isaías foi a segunda obra entregue, modernizado e reestruturado com novos equipamentos, laboratório novo, aparelho de raios-X e cadeiras de acompanhante. Na área da segurança pública Zé Doca ganha o novo prédio da Delegacia Regional, que passou por reformas estruturantes. Na oportunidade o novo delegado Jader Alves foi apresentado. O projeto integra plano do Governo do Estado de reforma e ampliação de imóveis onde funcionam instituições de segurança pública. Até o final deste ano, serão 36 repartições recuperadas estruturalmente em todo o estado.

O programa “Mais Asfalto” foi lançado em Zé Doca, uma reivindicação da prefeita Josinha e do Deputado Josimar que foi atendida pelo governador Flávio Dino, Vias da cidade serão melhoradas com serviços de recapeamento e pavimentação asfáltica. “O asfalto representa desenvolvimento e garante melhor qualidade de vida.

É mais que uma ação de infraestrutura promovendo o acesso e a integração entre regiões e pessoas. Com esta ação, o Governo do Estado está mudado a realidade de milhares de pessoas e melhorado as condições de vias, algumas que nunca receberam asfalto”, enfatizou o secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto. O governador Flávio Dino destacou o empenho do deputado Josimar na ALEMA em defesa da sua região. “Josimar é uma grande liderança política e está sempre na câmara brigando por recursos para a sua região, também enfatizo aqui a sua esposa Detinha uma grande parceira e tenho a dizer que Zé Doca está no rumo certo.”

Na área de segurança pública, o Governo do Estado entregou duas viaturas equipadas e adequadas para as ações da Guarda Municipal. A agenda encerrou com a exposição de uma motoniveladora, um ônibus escolar e de uma viatura da Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

A última obra entregue foi a quadra Válber de Sousa Costa, da escola Diolinda Gusmão. Na oportunidade teve o corte do bolo, os parabéns e a apresentação de alunos da escola Miranda Braz, centenas de pessoas acompanharam toda a programação e muitas se emocionaram com esse novo tempo que Zé Doca atravessa. Para a prefeita Josinha Cunha festejar 30 anos de Zé Doca com tantas conquistas é motivo de muita alegria e o maior presente é a aprovação do povo. “Sinto-me muito feliz com tantas conquistas para Zé Doca, com essas parcerias fortes que nos ajudam a desenvolver um grande trabalho. Aqui agradeço cada secretário e cada servidor do município que sempre estão prontos para lutar pelo melhor por Zé Doca, tudo isso o nosso povo merece.”

O governador ainda fez entrega seis kits esportivos para a prática de futebol, com bolas, equipagens, entre outros equipamentos.

Festa

A programação finalizou na Praça do Comércio com várias atrações locais como Chicão dos Teclados, Beijo de Menina e Cláudia Rodrigues. Entre as atrações nacionais Márcia Felipe e a dupla sertaneja mais badalada da atualidade Zé Neto e Cristiano. Milhares de pessoas lotaram a praça em clima de comemoração. As autoridades agradeceram a presença de todos e se comprometeram em realizar muito mais nos próximos anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em Zé Doca, alunos da rede pública recebem fardamento escolar

thumbnail_IMG-20170911-WA0086

A cerimônia de entrega dos fardamentos para os alunos da rede pública de ensino de Zé Doca aconteceu na noite do dia 05, na Escola José Miranda Braz. O ato contou com as presenças da prefeita Josinha Cunha (PR), da secretária de educação Sônia Maria, professores, colaboradores, vereadores de sustentação ao governo e secretários de outras pastas.

A expectativa de alunos e pais de alunos era imensa, nunca na história de Zé Doca estudantes da rede pública haviam ganhado fardamento.

Da educação infantil ao EJA todos receberam seus uniformes, para a secretária da pasta Sônia Maria a ação é mais uma demonstração de compromisso e respeito para com a educação do governo municipal. “Hoje é mais um momento de muita alegria para nós que estamos à frente da SEMED, esse fardamento significa muito para os nossos alunos que a partir de então tem uma identidade estudantil que é o uniforme. A prefeita Josinha tem honrado todos os compromissos com a educação de Zé Doca é o resultado é um ensino público forte e de bons resultados.”

thumbnail_IMG-20170911-WA0087

O uniforme, principalmente para as crianças, é um forte aliado dos pais e mães com rotinas corridas e, acima de tudo, que querem o melhor para os seus filhos. As vantagens sobressaem e esse tipo de vestimenta ajuda na criação e no desenvolvimento desses futuros cidadãos, ajudando no aprendizado, colocando o foco das crianças nos estudos e no convívio social e desviando de roupas a atenção indevida neste período da vida.

A ação da prefeitura foi muito elogiada por pais de alunos, professores e diretores que estão aplaudindo a maneira como o ensino público vem sendo conduzido em Zé Doca. Em apenas oito meses os avanços na área são significativos e segundo a prefeita, é apenas o começo de um trabalho que promete muito mais ações e investimentos. “Estamos apenas no início do nosso governo, mas já podemos festejar muitas conquistas. A felicidade no rosto dos nossos alunos não tem preço e podem ter a certeza que vamos investir muito mais na educação.”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Funcionários da Caixa de Zé Doca são denunciados por fraude no Seguro-Desemprego

1

O Ministério Público Federal (MPF/MA) propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra Fernando De Sousa Amorim Júnior, Rafael de Oliveira Domingues, Luciano Barros Neto e Gilson Pimenta, funcionários da Caixa Econômica Federal na agência do município de Zé Doca (MA). Os quatro teriam cedido suas senhas individuais a terceiros no segundo semestre de 2013, o que possibilitou o pagamento indevido de 395 parcelas do Seguro-Desemprego, causando à Caixa um prejuízo de R$ 271.270,54.

A fraude foi detectada porque o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) recebeu lotes de requerimento de Seguro-Desemprego com o número de Cadastro PIS ou cadastro DATAMEC errados, já que divergiam dos dados constantes nos requerimentos. Uma auditoria realizada pela Caixa concluiu que não havia possibilidade de tratar-se de um erro operacional ou descuido do operador, pois o sistema bloquearia automaticamente os pagamentos ao detectar a divergência de dados, “sendo evidente a liberação intencional de requerimentos que deveriam ter sido devolvidos ao MTE”.

A liberação dos benefícios indevidos foi realizada com as matrículas dos quatro empregados, Fernando, Luciano, Rafael e Gilson Pimenta, indicando que seus acessos eram utilizados frequentemente no sistema informatizado da Caixa e compartilhado com outros empregados e prestadores de serviço terceirizados.

Segundo o MPF, os fatos narrados comprovam a ocorrência de dano ao patrimônio público no valor de R$ 271.270,54 em decorrência da conduta dos quatro funcionários, que cederam indevidamente suas senhas e permitiram, assim, o acesso ao sistema informativo da Caixa. A ação dos bancários pode ser configurada como irregularidade prevista na Lei de Improbidade Administrativa.

Na ação, o MPF/MA pediu à Justiça Federal que Fernando De Sousa Amorim Júnior, Rafael de Oliveira Domingues, Luciano Barros Neto e Gilson Pimenta sejam condenados a ressarcir integralmente o dano, à perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ao pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e que sejam proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios majoritários, pelo prazo de cinco anos. O MPF também quer que eles sejam condenados à perda da função pública e tenham seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco a oito anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.