Poder

Deputado Weverton consegue 10 academias públicas para São Luis

Já estão instaladas e em funcionamento as academias da Praça do Radional, do Bacanga e do Rio das Bicas. As outras sete serão instaladas nos próximos dias, reforçando a estrutura de lazer e convívio social da população de São Luis.

As academias foram conseguidas graças a emendas do deputado Weverton Rocha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pesquisa mostra ascensão de Weverton Rocha no cenário político maranhense

Weverton-Rocha6-1024x666

O Instituto Escutec realizou uma pesquisa na cidade de Codó, entre os dias 9 e 11 de junho, no intuito de sondar o cenário político maranhense para as eleições de 2018.

Entre as perguntas feitas pelo Escutec estava uma sobre os candidatos ao Senado Federal e qual seria a primeira opção para ocupar um das 3 cadeiras. Um dos nomes mais bem avaliados pelos eleitores foi o atual deputado federal Weverton Rocha (PDT), que alcançou 8,5% das intenções de votos, ficando em 4º lugar.

Sarney Filho (PV) ficou em primeiro com 22%, Lobão Filho (PMDB) em segundo com 12,5% e Zé Reinaldo (PSB) em terceiro com 11,5%. Já o deputado Waldir Maranhão está na 5º  posição com 7%, Gastão Vieira com 5% das intenções de votos, Clóvis Fecury com 3%. Nenhum deles alcançou a marca de 11% e não sabem 19,5%.

Vale ressaltar que, no primeiro cenário há a presença de Lobão Filho (PMDB), que até o  momento não sairá como candidato, portanto Weverton Rocha subiria na pesquisa.

escutec

No outro cenário, que avalia a segunda opção de voto, o pedetista ficaria em 5º, com 7,5% das intenções de voto, caso as eleições fossem hoje.

Lembrando que nem Lobão Filho (PMDB), que ficou em segundo lugar com 14%, e nem Gastão Vieira, que aparece em quarto com 9,5%, são candidatos a senador.

Sarney Filho (PV) volta a liderar a pesquisa com 14,5%; em terceiro vem Zé Reinaldo com 12%; em sexto, surge Waldir Maranhão com 6%; Clóvis Fecury com 4%; Nenhum deles com 11,5% e Não souberam com 21%.

O Escutec ouviu 400 eleitores de Codó.

escutec2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Weverton Rocha vira réu no STF por violação à Lei de Licitações e peculato

wilson_dias-agencia_brasil_-2

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal e tornou réu nesta terça-feira (28) o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA) pelos crimes de violação à Lei de Licitações e peculato (desvio de recursos praticado por servidor público).

O deputado é acusado pelo Ministério Público Federal de irregularidades, em 2009, quando era secretário de Esporte e Juventude do Maranhã, na contratação de uma empreiteira e de dispensa de licitação para a reforma de um ginásio de São Luís.

O Ministério Público afirma na denúncia que o contrato, com dispensa de licitação, foi fechado inicialmente em R$ 1.988.497,34. Posteriormente, destacou o MP, Weverton Rocha assinou um termo aditivo ao contrato inicial no valor de R$ 3.397.944,90.

A denúncia

Segundo a denúncia do Ministério Público, o deputado do PDT cometeu irregularidades ao contratar uma empresa para a reforma de um ginásio em São Luís sem licitação.

A suspeita de irregularidades na contratação da construtora começou a ser investigada pelo Ministério Público maranhense, mas o caso foi enviado ao Supremo quando Weverton Rocha assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados.
Segundo as investigações do MP, houve fraude no procedimento administrativo que contratou a empresa Maresia Construtora Ltda para executar a obra. Os procuradores da República afirmam que houve omissões, descuidos e condutas irregulares por parte de Weverton Rocha.

A denúncia do Ministério Público acusou Weverton de alterar contrato “de forma ilegal”, contrariando o que prevê a

Lei de Licitações.

Ainda de acordo com os procuradores da República, o dono da empreiteira contratada sem licitação desviou dinheiro da obra para “benefício próprio” com o apoio do então secretário.
O julgamento

No julgamento da denúncia, a relatora do processo, ministra Rosa Weber, recomendou que o tribunal aceitasse a acusação de violação à Lei de Licitações. A magistrada, no entanto, rejeitou a denúncia por peculato.
Ao votar, os ministros Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello e Luiz Fux acompanharam Rosa Weber em relação ao crime das licitações, mas divergiram dela sobre rejeitar a acusação de peculato. Por maioria, Weverton se tornou réu pelos dois crimes.

Com a decisão da Primeira Turma, será iniciada, a partir de agora, a fase chamada de instrução processual, na qual há a coleta de provas e depoimentos de testemunhas, tanto de defesa quanto de acusação. Ao final desse processo, o STF terá que decidir se condena ou absolve o parlamentar do PDT.

G1,Brasília


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Weverton Rocha deixa claro que com o PSB não teria aliança

weverton-rocha1

O deputado federal, Weverton Rocha (PDT), em entrevista concedida para o titular do Blog do Neto Ferreira, durante o anúncio do pré-candidato a vice na chapa de Edivaldo Holanda Júnior, comentou sobre a aliança do PDT com o PSB e ele foi categórico: “O PSB não estava com a gente. Há alguns meses ele saiu da base aliada do governo municipal, pois já estava construindo o seu caminho de candidatura própria”, afirmou o parlamentar.

Weverton Rocha disse ainda que o diálogo que o PDT estava mantendo com o Partido Socialista Brasileiro era o mesmo que vinha tendo com as outras legendas, pois fazia parte do processo. ” Para os partidos que conseguiram confirmar a aliança vitoriosa que o prefeito fecha nesse momento nós damos boas vindas e os que não puderam vir, infelizmente, não compreenderam o momento que de construção que nós estamos enfrentando. Mas iremos respeitar essa decisão, e cada partido tem a sua independência política e decisória para definir os seus rumos”, declarou.

Ao ser questionado se o nome do sindicalista e professor Júlio foi bem aceito por todos os partidos que compõem a chapa de Edivaldo Holanda Júnior, Rocha confirmou a aprovação de Pinheiro como vice do prefeito de São Luís.

“É um baixadeiro, morador da área Itaqui-Bacanga, professor. É um cara que vai agregar dentro da chapa e ainda vai trazer a militância do PCdoB, que é aguerrida, grande dentro de São Luís e eu tenho certeza que essa chpa se fortalece e tem todas as condições de conseguir chegar a vitória”, enfatizou o deputado federal.

Júlio Pinheiro (PCdoB), que é presidente do Sinproesemma, foi anunciado, na manhã desta quinta-feira (4), como candidato a vice na chapa de Edivaldo Holanda Júnior (PDT).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Weverton entrega a Flávio Dino nomes do PDT para substituir secretária de Educação

Weverton Rocha ao lado do governador Flávio Dino.

Weverton Rocha ao lado do governador Flávio Dino.

O deputado federal Weverton Rocha compôs uma lista com dois nomes do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que foram enviados ao governador Flávio Dino (PCdoB), como opções para minirreforma que deve iniciar ainda neste mê.

A pedido do próprio Flávio Dino, Rocha encaminhou os nomes que passam por análise da fechada cúpula governista, encabeçada pelo secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry (PCdoB), secretário Chefe da Casa Civil Marcelo Tavares (PSB).

Dos nomes encaminhados pelo PDT ao comunista será escolhido o substituto da secretária Estadual de Educação, Áurea Prazeres. A saída de Áurea é dado como certa e foi anunciado na noite de segunda-feira (14), em matéria do Blog do Kiel Martins.

A baixa produtividade no cargo de secretária e divergências internas no PDT são dois pontos cruciais, inclusive, confirmados por membros de peso do governo e da própria sigla.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder / Política

Bomba! Presidente de Instituto contratado em São Luís é ligada a Weverton e Raimundo Penha

Jacimara Maciel, Coronel, Raimundo Penha e Weverton Rocha.

Jacimara Maciel, Coronel, Raimundo Penha e Weverton Rocha.

As imagens acima e abaixo mostram membros do Partido Democrático Trabalhista (PDT), abraçados e sorrindo com Jacimara Maciel, pessoa que comanda nos bastidores o Instituto de Desenvolvimento Expansão Social (IDES). A presidente de direito do IDES, Marileia Moreno Serejo, já exerceu cargo em Secretaria Municipal de São Luís (reveja).

Mas, a irregularidade originou-se quando o instituto foi contratado por Raimundo Penha, que preside o Instituto de Previdência e Assistência o Município (IPAM).

O órgão que foi dado por Edivaldo Holanda Júnior ao PDT, recebe orientações do deputado federal Weverton Rocha.

O Instituto IDES, segundo apurou o blog, é controlado por Jacimara Maciel e Arcelino, conhecido no meio empresarial como Coronel. Jacimara é esposa de Coronel.

Embora a razão social não permita que tenha fins lucrativos, o Instituto foi contratado no dia 15 de mês passado para realizar atividades esportivas, culturais, de lazer ou desenvolvimento pelo valor de R$ 467 mil.

A fraude e direcionado em licitação é apenas a ponta do iceberg, que será revelado pelo Blog do Neto Ferreira e vereador Fábio Câmara. Aguardem!

Dar direita pra esquerda cel Alcindo,prof domingos financeiro da educação do estado,penha e jacimara.

Dar direita pra esquerda cel Alcindo, prof domingos financeiro da educação do estado,penha e jacimara.

84154c569592d80802322b5e24c97d02


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Envolvido em escândalos de corrupção, Weverton Rocha sonha virar ministro

Weverton Rocha (PDT), tenta a todo custo assumir o posto de Manoel Dias, no Ministério do Trabalho

Weverton Rocha (PDT), tenta a todo custo assumir o posto de Manoel Dias, no Ministério do Trabalho

O sonhador e deputado federal Weverton Rocha (PDT), tenta a todo custo assumir o posto de Manoel Dias, no Ministério do Trabalho. Ele acredita que será contemplado, mas acha que a presidenta Dilma Rousseff não sabe do inquérito instaurado pela Polícia Federal, que apura um esquema violento de corrupção no Maranhão através dos programas sociais.

Primeiro que a ficha suja do rapaz é imensa. As acusações que envolvem o deputado repercutiram nacionalmente e são daquelas de causar inveja em qualquer corrupto que faz uso do dinheiro público e comete delitos de improbidade administrativa. Weverton Rocha vai além!

Em 2011 surgiram as primeiras acusações envolvendo o deputado em um esquema de corrupção no Ministério do Trabalho. A revista Veja publicou uma reportagem denunciando que funcionários e ex-funcionários de órgãos de controle da pasta exigiriam comissão de 5 por cento a 15 por cento do valor dos convênios para resolver “pendências” nos contratos.

No mesmo ano Weverton Rocha respondia a sete ações de improbidade administrativa no estado, seis na Justiça Estadual e uma na Justiça Federal, enquanto Secretário de Esporte. As irregularidades incluíam o favorecimento ilícito de uma empresa para a reforma de um ginásio e o desvio de 1.080 colchões destinados a famílias desabrigadas pelas enchentes no Maranhão, em 2008. Além disso, ele patrocinou com o dinheiro público a reforma de um campo de futebol, no valor de R$ 88.054,25, da Associação dos Delegados do Maranhão (Adepol).

Em 2012, o ex-secretário foi acionado pela Justiça Federal para explicar irregularidades no ProJovem Urbano. R$ R$ 3,9 milhões teriam sido desviados, segundo denúncia do Ministério Público Federal (MPF), que apontou falha na transferência R$ 6.930.900 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para a SESPJUV. Rocha dispensou, de forma indevida, a licitação a Fundação Darcy Ribeiro (Fundar) e do Instituto Maranhense de Administração Municipal (Imam). A pena a ser cumprida era à devolução de R$ 6.098.010, perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos e multa.

Foi em 2013 que o Supremo Tribunal Federal decidiu intensificar as investigações sobre a cobrança de propina para liberar o pagamento de organizações não governamentais (ONGs). Weverton Rocha estaria envolvido nas denúncias que resultariam na queda do presidente do PDT, Carlos Lupi. O inquérito apura o desvio de recursos públicos e corrupção na contratação de ONGs entre 2007 e 2011.

Tamanha a lista de seus lapsos, inclusive, de sua genitora Marileide Rocha Marques de Sousa, que controla a ONG maranhanse Fedecma (Federação de Desenvolvimento das Organizações do Terceiro Setor do Maranhão), A agraciada ong abocanhou do governo federal R$ 3,179 milhões. Na época, a ONG não funciona no endereço informado à Receita Federal e sequer possuía telefone registrado em nome dela.

Diante de tantos escândalos, o pedetista ainda sonha com o Ministério do Trabalho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Dos 18 deputados federais apenas 4 votaram contra doação empresarial para campanhas

Deputados foram os únicos a dá exemplo na Câmara Federal.

Deputados foram os únicos a dá exemplo na Câmara Federal.

Um número expressivo de deputados votaram ontem (27), na Câmara Federal, optando pelo “sim” na emenda constitucional que autoriza empresas a realizarem doações de campanha a partidos políticos, exceto ao candidato.

De acordo com levantamento feito pelo Blog do Neto Ferreira, da bancada federal do Maranhão, apenas quatro votaram contra aprovação, número muito inferior aos 14 que decidiram pela liberação de doação.

A aprovação da emenda foi composto pela bancada maranhense do PMDB, PEN, PRP, PRB, PP, PSDC, PTB, PDS, PSDB e PV. Ouros partidos como – por exemplo -, PT, PCdoB, PDT e PPS votaram contra. Confira abaixo a lista dos maranhenses que votaram contra e favorável a doação:

PCdoB
Rubens Pereira Júnior MA Não

PDT
Weverton Rocha MA Não

PEN
André Fufuca MA Sim
Junior Marreca MA Sim

PMDB
Alberto Filho MA Sim

PMDB
Hildo Rocha MA Sim
João Marcelo Souza MA Sim

PP
Waldir Maranhão MA Sim

PPS
Eliziane Gama MA Não

PRB
Cleber Verde MA Sim

PRP
Juscelino Filho MA Sim

PSB
José Reinaldo MA Sim

PSDB
João Castelo MA Sim

PSDC
Aluisio Mendes MA Sim

PT
Zé Carlos MA Não

PTB
Pedro Fernandes MA Sim

PV
Sarney Filho MA Sim
Victor Mendes MA Sim


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Deputado federal repudia preconceito de gaúcha contra o Maranhão

Deputado federal Weverton Rocha.

Deputado federal Weverton Rocha.

O deputado federal Weverton Rocha, encaminhou na noite desta segunda-feira (02), nota de repudio contra o comentário maldoso proferido pela gaúcha Isabela Cardoso. Ela descriminou a cultura e foi mais além ao chamar maranhenses de malandros.

Rocha classifica como suposto caso de xenofobia praticado pela mulher que estava morando em Imperatriz e, após quase dois anos, ela retornar ao estado do Rio Grande do Sul. Confira abaixo:

Como maranhense, me sinto no dever de manifestar meu mais profundo repúdio às manifestações de preconceito proferidas, nas redes sociais, por uma jovem, natural de Gramado (RS). Sem qualquer pudor, a jovem critica a cultura do Maranhão e as pessoas que moram no estado. O olhar carregado de insensibilidade, revela falta de conhecimento da história nos seus detalhes.

O nosso estado anda de mãos dadas com a história. O que o Maranhão tem de melhor é a alegria do povo maranhense em fazer parte de uma rica e diversificada cultura. Temos, sim, muito orgulho em andar pelas ruas da cidade e se deparar com os elementos do folclore e da cultura local. Não podemos permitir que mais práticas como esta se perpetuem, deixando o caminho aberto para incitações à violência e ao preconceito regional, como a praticada pela jovem.

Espero que os órgãos competentes tomem providências para apuração do caso. Torço por um Brasil sem nenhum tipo de preconceito ou discriminação. Que essa atitude sirva de exemplo para despertar uma reflexão em todo o país sobre os inúmeros casos de preconceitos regionais que nossa nação ainda presencia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder / Política

Após venda de vaga, Honaiser é indicado para vice de Flávio Dino

Pedetistas tentaram adiar votação.

Pedetistas tentaram adiar votação.

Diante da desistência de Luis Fernando Silva de concorrer ao Governo do Maranhão, boa parte dos pedetistas através do intermedeio do deputado federal Weverton Rocha, decidiram indicar na noite de ontem (07), o nome do empresário Márcio Honaiser para encabeçar a chapa como vice-governador de Flávio Dino.

Por 48 votos, o empresário foi escolhido e deve aguardar a resposta da comissão dos partidores de oposição que na manhã de hoje (08), passam a analisar possibilidade do pedetista de concorrer junto ao comunista.

Durante a reunideira que ocorreu do diretorio estadual do PDT, os dirigentes Rosângela Curado, Valeria Macedo, Edson Vidigal, Leo, Moacir Feitosa, Deoclides Macedo, Fábio Macedo e a ex-vice-prefieta de São Luís Sandra Torres, pediram que fosse adiado a votação de indicação para vice-governador, o que possibilitaria tempo hábil para outros candidatos buscassem apoios de diretórios.

Com isso, a votação que indicou o empresário da região Sul do Maranhão é, sem sombra de duvidas, uma prova da venda do posto de vice-governador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.