Poder

Waldir Maranhão é flagrado em ligações com quadrilha investigada pela PF

Folha

waldir-maranhão2-300x200Pelo menos três deputados federais foram flagrados em ligações suspeitas com integrantes do esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos de fundos de pensão investigado na operação Miqueias, da Polícia Federal.

A PF solicitou que o Supremo Tribunal Federal e a Procuradoria-Geral da República abram investigação para apurar a possível participação de autoridades com foro privilegiado

Na terça-feira (1º), a Justiça Federal decidiu remeter a operação Miqueias ao Supremo, a quem cabe decidir se os deputados serão ou não investigados.

Segundo a decisão da Justiça, os deputados Waldir Maranhão (PP-MA) e Eduardo Gomes (PSDB-TO), “dentre outros”, aparecem em conversas telefônicas com o doleiro suspeito de comandar o esquema que movimentou R$ 300 milhões em 18 meses. A PF também pediu investigação contra o deputado federal David Alcolumbre (DEM-AP), que admite ter falado com o doleiro apontado como um dos chefes do esquema dentro da Câmara dos Deputados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder / Política

“Não tenho tempo a perder com discussões menores”, diz Maranhão sobre parceria com Holanda Júnior

Em tom bem objetivo, o deputado federal Waldir Maranhão, presidente estadual do PP, negou que o encontro com Edivaldo Holanda Júnior seria para tratar sobre uma possível aproximação do partido com a Prefeitura de São Luís.

De acordo com a nota encaminhada ao Blog do Neto Ferreira, ele diz que o encontro foi de interesse do prefeito de Palmas, Carlos Amastha, do qual se discutiu sobre o projeto inovador chamado de MAPITO.

Waldir Maranhão classificou a reportagem como sendo um equivoco. Além disso, ele titulou como “discussões menores” o dialogo sobre parceria na gestão do petecista. confira abaixo a nota.

Como direito de resposta à matéria publicada neste blog (art. 5º da CF, V), no último dia 14 de junho, intitulada “Edivaldo Júnior descarta parceria com o PP de Waldir Maranhão”, o deputado esclarece que o encontro realizado com o prefeito Edivaldo Júnior foi solicitado pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha, do Partido Progressista, e não foi motivado pela discussão sobre apoio político, tema que sequer foi cogitado.

“Nosso Estado está inundado de problemas e não tenho tempo a perder com discussões menores. Meu compromisso como deputado é com o povo do Maranhão, e não com projetos de partidos”, afirma. Para ele, trata-se de um grande equívoco e falta de conhecimento tentar vincular essa reunião com pleitos políticos e cargos. “O Partido Progressista tem um projeto inovador para o Maranhão, que é o MAPITO. A reunião foi agendada com Edivaldo Júnior pelo prefeito de Tocantins para tratarmos desse projeto, uma iniciativa de desenvolvimento que envolve os Estados do Maranhão, Piauí e Tocantins”, defende.

O deputado Waldir Maranhão disse, ainda, que essas questões partidárias não são prioridade para o PP, principalmente em Estados que demandam tantos desafios para um gestor. “Como deputado comprometido com o meu Estado, batalho por uma agenda de desenvolvimento para o Maranhão. É preciso diferenciar um encontro de gestão de uma reunião meramente política”, esclarece.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Edivaldo Júnior descarta parceria com PP de Waldir Maranhão

Holanda Júnior prefere distância do PP.

Holanda Júnior prefere distância do PP.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), descartou uma parceria partidária com o Partido Progressista, comandado a nível estadual pelo deputado federal Waldir Maranhão.

Em um almoço caloroso em São Luís, o prefeito de Palmas (TO), Carlos Amastha (PP), se reuniu na última segunda-feira com o petecista. Amastha que é proprietário do Shoping Capim Dourado e da rede de ensino EADCON, tentou uma articulação de aproximação em São Luís, onde visará o apoio ao presidente da Embratur, Flávio Dino ao governo do estado em 2014.

Ocorre, porém, Edivaldo Holanda Júnior recusou a parceria com a sigla e sua decisão deve acabar prejudicando o comunista com o expressivo tempo de televisão que a Justiça Eleitoral permite ao PP.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Waldir Maranhão abraça projeto que isenta de impostos o material escolar

Mesmo com a economia sofrendo seguidos reveses, o governo federal alcançou um recorde em termos de arrecadação tributária e colocou nos cofres oficiais, em 2012, nada menos que R$ 1,03 trilhão, dinheiro proveniente da cobrança de impostos e contribuições.

Governar não é remendar o ontem, errar hoje e não pensar no amanhã. É preciso se preocupar com o futuro e prepara o País para as gerações futuras de brasileiros. E quando falamos em futuro de uma nação obrigatoriamente temos de fazer escala demorada nas questões relacionadas à educação. Governar é pensar a longo prazo, educar é preparar o povo para esse delta de tempo. Não desenvolvimento e prosperidade sem a educação.

Esse é o pensamento contínuo do deputado Waldir Maranhão, presidente estadual do Partido Progressista no Maranhão, que insiste na educação como ferramenta de transformação social e desenvolvimento econômico. Ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o parlamentar, que está em seu segundo mandato na Câmara, é um revolucionário responsável quando o assunto é educação. Até porque, em sua terra natal viu de perto o estrago o descaso com a educação produz na sociedade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Waldir Maranhão é indicado para assumir a coordenadoria do PP na CMO

O deputado federal Waldir Maranhão recebeu a indicação como Coordenador da Bancada do Partido Progressista – PP, na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fisca­lização – CMO. O deputado já havia sido eleito suplente, no último dia 27 de março, quando a Comissão foi instalada.

Presidente do PP/MA, Waldir é o único parlamentar representando o Estado do Maranhão na Comis­são, do qual terá que coordenar as atividades dos demais parlamentares do Partido Progressista na CMO.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Waldir Maranhão é o que mais pediu reembolso na Câmara

Do UOL Notícias
Fábio Brandt e Maurício Savarese

Em julho, mês de recesso parlamentar, os deputados pediram reembolso de R$ 3 milhões à Câmara por conta de despesas decorrentes do exercício de seus mandatos. O mais gastador no período foi Waldir Maranhão (PP-MA), com R$ 46.498,19 em pedidos de reembolso até 1º de agosto – os parlamentares têm até três meses para solicitar isso, o que pode significar ainda mais custos.

Os gastos de Maranhão em julho se concentraram em dois itens: R$ 25 mil em um trabalho de consultoria e outros R$ 20.300 em divulgação do mandato. Procurado nos últimos dia, o deputado do PP não foi encontrado para fazer comentários sobre seus gastos. Logo atrás dele no pódio da cota parlamentar no recesso estão Silas Câmara (PSC-AM) e Roberto Balestra (PP-GO). Eles gastaram, respectivamente, R$ 46.487,31 e R$ 38.329,34.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.