Crime

Segurança Pública emite nota sobre assassinato do suposto envolvido na morte de Décio Sá

Valdênio José da Silva

Valdênio José da Silva

A Secretaria de Estado da Segurança Pública emitiu nota sobre o assassinato do suposto envolvido no crime do jornalista/blogueiro Décio Sá, na Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com a nota, por volta das 23h, Valdênio foi alvejado dentro de sua residência na Vila Pirâmide com cinco tiros de revólver calibre 38 e não de pistola ponto 40 (arma de uso exclusivo das forças policiais). Leia abaixo a nota:

SSP – NOTA

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil do Maranhão, informa que já foram iniciadas as investigações sobre o assassinato de Valdênio José da Silva, 38 anos. O crime ocorreu na noite da última segunda-feira (11), na Vila Pirâmide, em Raposa, por volta das 23h. Valdênio foi alvejado com cinco tiros de revólver calibre 38.

Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) estão à frente do caso. Segundo informações, Valdênio tinha envolvimento com vários crimes no Maranhão e em outros estados, e, inclusive, já tinha sido preso diversas vezes por chefiar uma quadrilha especializada em roubo de carga e sob a acusação de latrocínio no Pará.

Ele foi preso no dia 26 de abril portando um revólver calibre 38 por suspeita de envolvimento na morte do jornalista Décio Sá.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Suposto envolvido na morte de Décio Sá é executado com cinco tiros

Valdênio foi executado da mesma forma que Décio Sá

Valdênio foi executado da mesma forma que Décio Sá

Foi assassinado na noite de segunda-feira (11), Valdênio José da Silva, de 38 anos, que tinha sido preso por envolvimento na morte do jornalista/blogueiro Décio Sá, vitima de pistolagem em 23 de abril, no Bar e Restaurante Estrela do Mar, na Avenida Litorânea.

De acordo com informações, Valdênio foi executado da mesma forma que Décio Sá, com cinco tiros de pistola ponto 40 (de uso exclusivo das forças policiais). O Crime ocorreu dentro da residência onde morava o suspeito, localizada na Vila Pirâmide, em Raposa.

Ao que tudo indica, ele teria sido vitima do mesmo grupo que deu fuga e participou do assassinato do Décio Sá. A forma da execução que levou a morte Décio Sá e Valdênio será novamente debatida nos meios de comunicação.

Quando preso Valdênio chegou a ser acusado indiretamente pela Seic (Superintendência Estadual de Investigação Criminal), como um dos responsáveis pela fuga do assassino do jornalista.

Há quase um mês atrás, a Justiça deu liberdade a Valdênio por falta de provas que ligassem diretamente ao crime.

Daqui a pouco mais detalhes…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.