Educação

Uema divulga resultado do PAES 2018

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) divulgou o resultado do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2018). Segundo a instituição, a lista com o nome dos aprovados será fixada no quadro de avisos da Pró-Reitoria de Graduação. Mas o resultado também está disponível online e você pode acessar aqui.

A UEMA estima que mais de 46.800 pessoas se inscreveram nesta edição do vestibular. Para a última etapa do PAES 2018 foram classificados mais de 12 mil candidatos, que disputam 4.444 vagas ao todo. Nos campi da UEMA estão disponíveis 3.879 vagas e 565 vagas estão reservadas para os campi da UemaSul .

O curso mais concorrido do PAES foi o de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da Polícia Militar do Maranhão (CFO), na categoria feminina. São 330,25 candidatos concorrendo a uma vaga.

O segundo curso mais disputado foi o de Medicina, com 266,48 candidatos por vaga, seguido do curso de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da PMMA, na categoria feminina, nas vagas exclusivas para negros. Foram 200 candidatos por vaga.

Matrículas e aulas
A matrícula de calouros para o primeiro semestre de 2018 acontecerá no período de 5 a 9 de fevereiro, segundo a UEMA; enquanto as aulas do primeiro semestre de 2018 terão início dia 19 de fevereiro.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Manifestantes bloqueiam retorno da UEMA

1493369475-254258669

Um grupo de pessoas bloquearam parcialmente, em protesto, o retorno da Universidade Estadual do Maranhão, na Cidade Operária, em São Luís. O movimento faz parte da paralisação geral, promovida em todo o país. O trânsito nos dois sentidos, principalmente para quem quer seguir sentido São Cristóvão, está lento e engarrafado.

O grupo protesta com as reformas da Previdência e Trabalhista e contra o Governo do presidente Michel Temer.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Assembleia adia para amanhã sessão que deve convocar reitor da UEMA

d13f4d821f130d4dede0654b3d96eeae
A votação para decidir se o reitor da Universidade Estadual do Maranhão, professor Gustavo Costa, será convocado ou não para prestar esclarecimentos sobre o salário do deputado federal Waldir Maranhão, na Assembleia Legislativa, foi adiada para próxima terça-feira (24) por falta de quórum regimental.

Para convocar o reitor teria que ter um total de 22 deputados estaduais, mas só estavam presentes na Casa 21 parlamentares, desse modo 15 votaram a favor da convocação do professor Gustavo Costa e 5 disseram não a ida do reitor para prestar esclarecimentos sobre o pagamento de salários a Waldir Maranhão.

O Blog já havia noticiado que o presidente interino da Câmara dos Deputados estava recebendo remunerações de R$ 16 mil desde 2014 da Universidade Estadual. (Reveja)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Universitários denunciam caos na central de matrículas da UEMA

IMG-20160220-WA0019

Desorganização. Essa é a palavra que define a central de matrículas da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Segundo os universitários, a matrícula é feita de modo presencial e somente a partir das 14h. Além disso, não há efetivo o suficiente para atender a demanda e o sistema sai do ar com frequência.

Ainda de acordo com os denunciantes, os alunos ou os responsáveis tem que madrugar na UEMA, caso isso não aconteça perde a oportunidade de se matricular nas disciplinas oferecidas. “O período de matrícula é um verdadeiro caos. Há pessoas que faltam o trabalho para vir se matricular e na hora não consegue, pois as vagas já acabaram. Uma falta de respeito” afirmaram os universitários.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

UEMA divulga resultado do PAES 2016

uemaA Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) divulgou na manhã desta terça-feira (12) o resultado dos candidatos aprovados no Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2016). Neste ano, 42.000 candidatos disputaram 3.899 vagas durante o processo seletivo.

Dentre os cursos mais procurados na Instituição, destaque para Medicina que nesta nova edição somou 210,19 candidatos por vaga, seguido do curso de Direito que obteve 109,12 candidatos inscritos por cada vaga.

Os alunos aprovados no seletivo da UEMA iniciarão as suas aulas no próximo dia 29 de fevereiro no campi em que foi inscrito.
Confira a relação completa dos aprovados no site do seletivo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime / Maranhão

Preso grupo que fraudava provas da UEMA

Uma ação da Polícia Civil resultou, na manhã desta terça-feira (10), na prisão de integrantes de uma quadrilha especializada em fraudar o vestibular da Universidade Estadual do Maranhão. A prisão ocorreu na cidade de Itapecuru-Mirim, interior do Estado.

O Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes/2016) ocorreu no domingo (8) e na segunda (9).

Aguardem mais informações!

Quadrilha suspeita de fraudar a prova da UEMA

Quadrilha suspeita de fraudar a prova da UEMA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Deputados destacam instalação do curso de medicina em Bacabal

Os deputados Roberto Costa (PMDB) e Stênio Rezende (PRTB) agradeceram, na sessão desta quinta-feira (31), o empenho da governadora Roseana Sarney, do senador João Alberto e do deputado federal Alberto Filho para a instalação do curso de medicina em Bacabal, pela Universidade Federal do Maranhão.

1411183131-883101342noticiaNo anúncio feito ontem durante audiência do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, com o senador João Alberto e o reitor da Ufma, Natalino Salgado, também foi confirmada a instalação para 2014 dos cursos de Nutrição e Enfermagem. Com esses novos cursos, Bacabal – que passa por sérios problemas na área de atendimento médico -, se tornará referência educacional no ensino universitário.

Para 2015, a Ufma vai oferecer 40 vagas para o curso de Medicina e, em 2016, vão ser acrescidas mais 40 vagas, totalizando 80 vagas até 2016, para o curso de medicina.  Bacabal, que é polo de serviços para toda a região do Médio Mearim, com esses cursos atenderá todos os municípios próximo àquela cidade, a exemplos de São Luís Gonzaga, Lago Verde, Bom Lugar, Pio XII, Olho d’Água Cunhãs, Vitorino Freire, Lago da Pedra, Satubinha e Santa Inês.

Roberto Costa afirmou que essa conquista é importante porque visa fortalecer o sistema de saúde daquela região. Ele ainda destacou que a luta do senador João Alberto foi peça fundamental para fortalecer o Sistema de Saúde de Bacabal. “Eu quero parabenizar o senador João Alberto por sua luta incansável em prol da cidade de Bacabal e de toda Região do Médio Mearim; vamos, junto com a governadora, cada vez mais fortalecer aquela região tão importante do Maranhão”, disse o parlamentar.

Stênio Rezende parabenizou João Alberto pela sensibilidade em buscar junto ao Governo Federal e ao Ministério da Educação esta possibilidade de oferecer um curso de medicina para  a cidade de Bacabal. “Com esses cursos em Bacabal, Imperatriz e Caxias, as Universidades Federais e Estaduais começam a ampliar a oportunidade aos estudantes do nosso Estado, para que possam ter mais alternativas de cursarem medicina. Por isso, parabenizo o senador João Alberto pelo gesto, grandeza e sensibilidade de levar para a nossa região esses cursos”, frisou o deputado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Deputados defendem autonomia financeira da Uema

uemaNa sessão desta quinta-feira (3), o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB) fez novo alerta sobre a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e pregou a autonomia financeira da instituição. O assunto foi tratado também pelo deputado Bira do Pindaré (PSB).

Rubens Jr. disse que a Uema possui “um problema estrutural e não apenas de má vontade e de má gestão”. O parlamentar afirmou que uma ação que rapidamente ajudaria a aperfeiçoar a situação da universidade estadual, seria respeito à autonomia financeira, prevista na Constituição do Estado.

“Se não há autonomia financeira, não há planejamento efetivo, não há priorização orçamentária e sempre que o Governo do Estado precisa de algum recurso tira o da Uema, e ela fica em segundo plano, sendo quase impossível se cobrar melhorias nela enquanto não há autonomia financeira”, pregou.

O outro problema, segundo o comunista, é a forma de escolha do reitor, através de uma lista tríplice ou lista sêxtupla, sendo a nomeação de livre escolha da governadora, e pregou a posse do primeiro colocado na eleição de reitor, democratizando o processo.

Disse ainda que o orçamento para o Ensino Superior, de acordo com a Constituição do Estado, é de 5%, mas a Univima fica com 2,6% e a Uema com 2,4%, com “mais recurso para virtual do que para real”. O parlamentar alertou dizendo que não está pregando “que tem que acabar a Univima, estou dizendo que tem que valorizar a Uema”.

O deputado Bira do Pindaré endossou as palavras e cobrou também que sejam concluídas as obras do campus de Bacabal. Em sessões anteriores, o parlamentar já havia defendido também eleição direta para reitor e autonomia financeira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Uema empossa professores aprovados em concursos

O reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), professor José Augusto Silva Oliveira, dará posse a 36 novos professores aprovados em concursos realizados pela Instituição e nomeados pela governadora Roseana Sarney, nesta quarta-feira (30), a partir das 16h, no auditório do Núcleo de Tecnologias para Educação (UemaNet – Campus Paulo VI).

Os professores nomeados serão lotados nos Centros de Estudos Superiores de Santa Inês (CESSIN) e de Caxias (CESC), bem como nos Centros de Educação, Ciências Exatas e Naturais (CECEN) e de Ciências Tecnológicas (CCT), em São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Em Caxias, acadêmicos da UEMA protestam pela falta de salas e estrutura do prédio

Acadêmicos em protesto na Uema de Caxias

Acadêmicos em protesto na Uema de Caxias

Em forma de protesto, os acadêmicos da (Uema) da cidade de Caxias se reuniram na tarde de ontem, 31, para reivindicar direitos pela desorganização do que vem acontecendo dentro da instituição.

Os acadêmicos realizaram um funeral na frente da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), como forma de protesto por falta de salas de aula e pelas condições do prédio.

A mobilização motivou-se no momento em que alguns alunos foram transferidos do prédio da instituição, para a escola Inácio Passarinho, gerando um descontentamento dos estudantes.

Funeral na frente da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), em Caxias

Funeral na frente da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), em Caxias

Revoltados com a situação solicitaram apoio do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e dos Centros Acadêmicos de Cursos (CA) em razão de um movimento de reinvindicação.

Após a manifestação em frente a instituição, os alunos saíram em “cortejo funeral”, levando um caixão e velas, pelos corredores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Segundo informações, os acadêmicos decidiram se reunir na Assembleia Legislativa, em São Luís, e levar as reivindicações aos parlamentares.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.