Poder

Jato é alugado para transportar presidente da OAB

IMG-20170217-WA0039

Um jato biturbina modelo Howker 800 R teria alugado por R$ 28 mil para transportar o presidente da OAB-seccional Maranhão, Thiago Diaz, membros da instituição, e o presidente nacional da OAB, Carlos Lamchia, até Imperatriz. A viagem faz parte da Caravana das Prerrogativas dos Advogados.

Segundo fontes fidedignas do Blog, Thiago Diaz deu carona para pessoas que não fazem parte da comitiva da OAB, e não levou o presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas e Direitos do Advogado.

O Blog do Neto Ferreira entrou em contato com a Assessoria da OAB-MA, que negou o aluguel da aeronave.

“O avião foi cedido pelo Conselheiro Federal da OAB-MA. Luis Carlos Guterres, portanto não teve custo algum para a instituição” garantiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Thiago Diaz derrota oligarquia e é eleito presidente da OAB-MA

Thiago Diaz comemora eleição.

Thiago Diaz comemora eleição.

O advogado Thiago Diaz, que estava concorrendo pela chapa 2 ‘Renovar para Mudar’ à presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), acaba de derrotar a oligarquia de Mário Macieira.

Thiago Diaz venceu  a advogada Valéria Lauande, candidata apoiada pelo então presidente da instituição, com mais de 600 votos de diferença.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Eleição da OAB-MA pode ter reviravolta

Ulysses Sousa encabeça chapa de Lauande juntamente com Mário Macieira.

Ulysses Sousa encabeça chapa de Lauande juntamente com Mário Macieira.

Parcial da pesquisa da Econométrica mostra o advogado Thiago Diaz na frente com 2%, no geral. No interior do Estado candidato da Chapa 02 lidera a corrida em 11 das 13 sub-seções, sendo acachapante as diferenças em Presidente Dutra, Pinheiro, Caxias e Chapadinha.

Thiago Diaz e Charles Dias.

Thiago Diaz e Charles Dias.

No maior colégio eleitoral do interior do Estado, Imperatriz a diferença pró-Valéria Lauande que já foi de quase 20 pontos caiu pra 5%, em Balsas para 7% quando já foi de mais de 30%. O crescimento nas pesquisas refletiu no apoio do ex-ministro Edson Vidigal e Catulé Júnior da Chapa 36 em Caxias.

O resultado parcial da pesquisa deve gerar clima de insegurança na chapa encabeçada pela candidata da situação Valéria Lauande que afora sua elevada rejeição ainda tem na chapa da o peso do causídico Ulysses Sousa, que recentemente teve denúncia recebida na Justiça Federal do Maranhão por corrupção e formação de quadrilha.

As denuncias foram apuradas na Operação Navalha, inclusive, teve mandado de prisão expedido contra si pelo Superir Tribunal de Justiça (STJ). Hoje o candidato a conselheiro federal na chapa de Lauande responde processo criminal.

O clima se insegurança tornou-se obvio quando 2 advogados de relevo no cenário maranhense deixaram de apoiar a candidata de Mário Macieira. Um é o renomado criminalista e ex-presidente do Sindicato dos Bancários e conselheiro por dois mandatos na OAB MA, Dr. Petronio Alves Macedo; outro foi o advogado Raimundo Marques, ex-presidente da OAB-MA por três mandatos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Eleição OAB-MA: candidatos igualam na preferência dos advogados

Valéria Lauande e Thiago Diaz: uma disputa igualada.

Valéria Lauande e Thiago Diaz: uma disputa igualada.

Thiago Diaz, do grupo “Renovar para Mudar”, pode estar a caminho de vencer a principal rival, advogada e conselheira federal da OAB, Valéria Lauande, na eleição de presidente da Seccional maranhense, segundo mostram dados de consumo interno.

Uma pesquisa que o Blog do Neto Ferreira teve acesso revela números surpreendentes que iguala – mesmo com 1% atrás de Valéria – a briga pela sucessão do presidente Mário Macieira.

Na mesma pesquisa é avaliado não somente a intenção de votos, mas também o cenário de rejeição perante a ótica dos causídicos do Maranhão. Nesse quesito Valéria Lauande aparece com um número expressivo que chega a quase o dobro em comparação com Thiago Diaz.

Mas, é natural de Valéria possua rejeição elevada, já que é apoiada pelo grupo oligárquico onde o mentor da campanha foi denunciado pelos alunos na Controladoria Geral da União e responde a processo administrativo por faltar aulas na Ufma como professor.

Portanto, a vitoria do candidato a, b ou c partirá, sem sombra de duvidas, da definição dos indecisos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.