Judiciário

Mantida condenação de ex-prefeita de Timon por improbidade

socorrowaquim

Os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mantiveram sentença que condenou a ex-prefeita de Timon, Maria do Socorro Waquim; o ex-secretário de Saúde, Itamar Barbosa de Sousa; e o ex-presidente da Comissão de Licitação, José Antonio de Carvalho, a restituírem o erário, de forma solidária, o valor de R$ 73,9 mil, além de multa civil individual no mesmo valor, revertidos ao município de Timon.

A condenação por atos de improbidade administrativa foi inicialmente fixada pela 1ª Vara Cível da Comarca de Timon.

Os ex-gestores municipais responderam a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPMA), imputando a eles a prática de condutas proibidas pela Lei de Improbidade Administrativa, em razão da mudança de objeto de convênio firmado entre o município de Timon e a Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, destinado à aquisição de duas ambulâncias.

Eles também foram acusados de cometer várias irregularidades durante o procedimento licitatório que encerrou a aquisição dos veículos, como incompatibilidade de prazos, propostas de licitantes em desconformidade com o edital, infringência ao princípio da isonomia e da vinculação ao instrumento na fase de julgamento das propostas e, ainda, irregularidade na contratação direta.

A relatora do recurso, desembargadora Angela Salazar, ressaltou o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que admite a modalidade culposa para configuração das condutas ímprobas que motivaram as condenações no caso, além de independer de prova de lesão ao erário, tendo e vista que o Poder Público deixa de contratar a melhor proposta.

Para ela, restou incontroversa no processo a conduta culposa quanto ao cometimento dos atos descritos pelo MPMA, conforme descreveu o juiz de 1º Grau na sentença. “Todos os requeridos incorreram pelo menos em culpa na frustração da licitude ou, no último ato, dispensa indevida de licitação nos atos desta vertente, já que não configuraram apenas meras irregularidades, pois as sucessivas anormalidades macularam o procedimento na sua essência, restando prejudicado o interesse público, bem como lesou a Administração Pública em licitar o bem objeto do contrato em valor acima dos valores praticados no mercado”, disse o magistrado na sentença.

O voto da relatora foi seguido pelo desembargador Kléber Carvalho e pela juíza Joseane Corrêa Bezerra (convocada para substituir desembargador).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Ex-prefeita Socorro Waquim é condenada na Justiça Federal

A ex-prefeita do Município de Timon, Maria do Socorro Almeida Waquin, pegou uma lapada da justiça Federal. A Procuradoria da República conseguiu a condenação da por improbidade administrativa.

A ex-gestora aplicou recursos destinados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef) de forma irregular.

O Juiz da Subseção Judiciária da Justiça Federal em Caxias (MA), que proferiu a sentença, acolheu o pedido do Ministério Público Federal, pois reconheceu que houve irregularidades na destinação dos recursos provenientes do Fundef, para outra finalidade, o que é proibido por lei.

A ex-gestora foi condenada ao pagamento de multa civil de R$ 11.448,16 por usar parte do recurso para pagamento de funcionários administrativos, razão pela qual não foi cumprida a utilização obrigatória de 60% dos recursos para a remuneração dos profissionais do magistério em exercício nas atividades no ensino fundamental público.

A Procuradoria da República no Município de Caxias recorreu da sentença para aumentar o valor da multa, considerada insuficiente em relação à gravidade dos fatos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Socorro Waquim vai responder por irregularidades em Timon

Ex-prefeita Socorro Waquim.

Ex-prefeita Socorro Waquim.

Os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) determinaram o prosseguimento de duas ações por improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público Estadual (MP) contra a ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim, por atos supostamente praticados durante o exercício do cargo. Ela havia recorrido contra decisões da 1ª Vara de Timon, que recebeu as petições iniciais das ações civis públicas.

A ex-prefeita é acusada pela contratação irregular de dois servidores, que teriam trabalhado em cargos de provimento efetivo do município de Timon, durante o mandato de 2008 a 2012, sem terem passado por concurso público e demitidos sem observância das garantias constitucionais e contra expressa proibição de lei.

Para o Ministério Público, a contratação de servidores sem concurso fora das exceções legais fere princípios da administração pública, como moralidade, impessoalidade, legalidade e eficiência, considerando que a Constituição Federal estabelece tanto à seleção dos mais habilitados como a extirpação de arraigados maus hábitos administrativos de levar para cargos públicos amigos, parentes e colaboradores.

A ex-prefeita pediu a extinção do processo, alegando a impossibilidade jurídica do pedido do MP, com o argumento de que a ação de improbidade exige a descrição pormenorizada da conduta, o que não teria sido demonstrado pelo órgão ministerial.

Para ela, o ato ímprobo não se confunde com outro meramente ilegal, sendo indispensável a demonstração do dolo e a lesão ao erário ou enriquecimento ilícito do administrador.

O relator dos recursos, desembargador Kléber Carvalho, entendeu que os argumentos não mereciam ser acatados, destacando que, para configuração do ato de improbidade administrativa, basta a intenção (dolo) eventual ou genérica de realizar conduta contrária aos princípios da Administração Pública.

“Não se exige a presença de intenção específica para caracterizar o ato ímprobo nem, tampouco, a demonstração de dano ou enriquecimento ilícito”, explicou o magistrado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Medo faz Marcos Caldas rejeitar filiação de Socorro Waquim no PRB

Marcos Caldas, o Play

Marcos Caldas, o Play

Com medo de não conseguir a reeleição na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Marcos Caldas (PRB) não esconde sua discordância com a ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim, que está procurando um partido que seja também da base estadual para se filiar.

A vontade de Waquim é de ir para o PRB, mas, segundo nota do jornalista Ademar de Souza, um dos mais acessados de Timon, o ex-governador por uma semana e membro da executiva estadual do partido no Maranhão, Marcos Caldas, barrou a filiação da esposa do deputado federal Sétimo Waquim.

Sem justificativas plausíveis, Caldas disse por telefone em tom de arrogância que “não aceitei a filiação da ex-prefeita Socorro Waquim no PRB, até porque, ela quer ingressar no nosso partido para sair candidata à deputada estadual nas eleições de 2014. Particularmente, não tenho interesse na filiação dela no PRB”, disse o parlamentar.

Na verdade, o que o Marcos Caldas teme é que Socorro Waquim tome sua cadeira na Assembleia Legislativa. O que seria muito provável.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Ex-prefeita de Timon é nomeada no governo Roseana

Do Blog do Ludwing

A ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim (PMDB), foi nomeada pela governadora Roseana Sarney para compor o Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas do Governo do Maranhão – CONGEP, órgão que tem como objetivo assessorar o governante estadual em relação à implementação das políticas públicas no estado.

Socorro Waqui, ex-prefeita de Timon.

Socorro Waqui, ex-prefeita de Timon.

Para isso, o CONGEP foi criado em março de 2007 pelo então governador Jackson Lago (in memoriam), sendo composto por 50 membros com seis representantes de cada uma das seguintes Regionais: Rosário, Barreirinhas, Itapecuru-Mirim, Chapadinha, Tutóia, Codó, Pinheiro, Cururupu, Viana, Timon, Santa Inês, Zé Doca, Governador Nunes Freire, Açailândia, Imperatriz, Estreito, Balsas, São João dos Patos, Colinas, Presidente Dutra, Santo Antônio dos Lopes, Lago da Pedra, Pedreiras, Barra do Corda, Bacabal e Caxias.

Como graciosidade por parte da governadora Roseana Sarney, os membros titulares do CONGEP recebem “jeton” (diga-se de passagem, uma forma de pagamento ou compensação), mensalmente que ultrapassa à ordem dos R$ 5 mil e, além disso, os cargos são de livre nomeação do governador(a) que também preside o órgão. O CONGEP se reúne mensalmente em caráter ordinário ou por convocação do presidente. Clique aqui e confira na página 24 do Diário da Assembleia o valor do jeton em 2008. Clique aqui e veja o ato de nomeação da ex-prefeita.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-assessores de Socorro Waquim são flagrados “levando” material de asfalto de obra da Prefeitura de Timon

Foram flagrados de maneira suspeita na manhã da última sexta-feira (02), dois ex-assessores  da ex-prefeita Socorro Waquim (PMDB), sendo eles: o mototaxista  identificado  apenas como “Almeidinha” e o fotográfo  Mascarenhas, quando estavam  levando  sorrateiramente  em caixas amostras do material  de asfalto  que está  sendo colocado na Rua Coronel  Falcão, no centro de Timon, cuja obra  é  executada pelo governo municipal.

A atitude dos dois homens utilizando uma motocicleta chamou à atenção de curiosos que ficaram sem entender nada.  Como se trata de material pertencente ao poder público, eles poderão ser responsabilizados por furto ou vandalismo. Com informações do Tribuna do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

TCE julgará amanhã contas de Tadeu Palácio, Socorro Waquim e Ildon Marques

Tadeu Palácio

Tadeu Palácio

Contas anuais de várias Prefeituras e de ex-presidentes de Câmaras de Vereadores compõem, entre outros processos, a pauta de julgamentos do Tribunal de Contas do Maranhão para esta quarta-feira (06), que será presidida pelo conselheiro Edmar Cutrim.

Por ordem de agendamento, o TCE verificará as contas dos ex- prefeitos de São Luís (Tadeu Palácio), Timon ( Socorro Waquim) e  Imperatriz (Ildon Marques). Além das contas da câmara municipal de Timon na época presidida por Edvar de Jesus Ribeiro, o ex-  secretário de obras do governo Tadeu Palácio, Carlos Rogério Santos Araújo, e de  Leila Brandão Sousa de Andrade – Secretária do Fmas. Todos esses processos dos quais serão julgados são relacionados a malservação de verba pública, sendo estadual ou federal.

Veja;

27 – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DO PREFEITO Nº 2365/2008
Prefeitura Municipal de São Luís
Responsável..: Carlos Tadeu D’aguiar Silva Palácio – Prefeito Municipal
Ministério Público: Flávia Gonzalez Leite
Relator……….: Yêdo Flamarion Lobão
Observação…: . Contas de Governo da Prefeitura de São Luís.

29 – PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS GESTORES DAS ENTIDADES DA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA Nº 9293/2008
Prefeitura Municipal de São Luís
Responsável..: Carlos Tadeu D’aguiar Silva Palácio – Prefeito Municipal
Ministério Público: Flávia Gonzalez Leite
Relator……….: Yêdo Flamarion Lobão
Advogado…..: Paulo Helder Guimarães de Oliveira – Oab/ma 4958
Advogado…..: Evandro da Silva Brandão – Oab/ma 6034
Observação…: . Secretaria Municipal de Governo SEMGOV, Gestor: Clodomir Ferreira Paz.

30 – TOMADA DE CONTAS DOS GESTORES DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA Nº 9358/2008
Prefeitura Municipal de São Luís
Responsável..: Carlos Rogério Santos Araújo, Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos
Ministério Público: Flávia Gonzalez Leite
Relator……….: Yêdo Flamarion Lobão
Advogado…..: Ivan Wilson de Araújo Rodrigues – Oab/ma 4886
Observação…: . SEMOSP – Secretaria de Obras e Serviços Publicos de São Luís.
Advogado…..: Paulo Helder Guimarães de Oliveira – Oab/ma 4958
Advogado…..: Evandro da Silva Brandão – Oab/ma 6034
Observação…: . FEMT Fundo Especial Municipal de Transportes de São Luís

55 – RECURSO DE REVISÃO Nº 943/2012
Prefeitura Municipal de São Luís
Responsável..: Leila Brandão Sousa de Andrade – Secretária do Fmas
Ministério Público: Douglas Paulo da Silva
Relator……….: José de Ribamar Caldas Furtado
Advogado…..: Paulo Helder Guimarães de Oliveira – Oab/ma 4958
Advogado…..: Evandro da Silva Brandão – Oab/ma 6034
Advogado…..: Inocencio Felix Souza Neto – Oab/ma 5406
Observação…: . Vistas ao Cons. Yêdo Flamarion Lobão em 06/02/2013..

60 – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE GOVERNO Nº 3048/2007
Prefeitura Municipal de Timon
Responsável..: Maria do Socorro Almeida Waquim – Prefeita
Ministério Público: Jairo Cavalcanti Vieira
Relator……….: Antonio Blecaute Costa Barbosa
Advogado…..: Marconi Dias Lopes Neto – Oab-ma 6550
Advogado…..: Elmorane Brito Martins Coelho – Oab/ma7648
Advogado…..: Antônio Geraldo de Oliveira Marques Pimentel Júnior – Oab/ma5759
Advogado…..: Alanna Suelen Bezerra Rocha Santos – Oab/ma7096
Advogado…..: Keno de Jesus Sodré de Souza – Oab-ma 8328
Advogado…..: Renato Arlen de Sousa Botelho  – Oab-ma 7963
Advogado…..: Elizaura Maria Rayol de Araujo – Oab/ma8307
Advogado…..: Thainara Cristiny Sousa Almeida – Oab/ma8252
Advogado…..: Silas Gomes Brás Júnior – Oab-ma 9837
Procurador…:Fransuelem dos Santos Almeida, CPF 007.123.413-66
Observação…: . FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE (FMS) MARIA DO SOCORRO ALMEIDA WAQUIM E ITAMAR BARBOSA DE SOUSA. PARECER MP N.º 2962-A/2012..

61 – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE GESTÃO Nº 3104/2007
Serviço Autônomo De Meio Ambiente E Limpeza Pública De Timon
Responsável..: João Borges dos Santos – Presidente
Ministério Público: Jairo Cavalcanti Vieira
Relator……….: Antonio Blecaute Costa Barbosa
Advogado…..: Marconi Dias Lopes Neto – Oab-ma 6550
Advogado…..: Antônio Geraldo de Oliveira Marques Pimentel Júnior – Oab/ma5759
Advogado…..: Alanna Suelen Bezerra Rocha Santos – Oab/ma7096
Advogado…..: Keno de Jesus Sodré de Souza – Oab-ma 8328
Advogado…..: Renato Arlen de Sousa Botelho  – Oab-ma 7963
Advogado…..: Elizaura Maria Rayol de Araujo – Oab/ma8307
Advogado…..: Thainara Cristiny Sousa Almeida – Oab/ma8252
Advogado…..: Silas Gomes Brás Júnior – Oab-ma 9837
Advogado…..: Bruno Leonardo Silva Rodrigues – Oab/ma 7099
Advogado…..: Gabriella Martins Reis – Oab/ma 9758
Advogado…..: Raimundo Erre Rodrigues Neto – Oab/ma 10.599
Procurador…:Fransuelem dos Santos Almeida, CPF 007.123.413-66

62 – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE GESTÃO Nº 3119/2007
Ipmt-instituto de Previdência e Assistência Social dos Servidores do Executivo de Timon
Responsável..: Maria do Socorro Almeida Waquim, José William Lima de Sousa e João Rodrigues Sobrinho
Ministério Público: Jairo Cavalcanti Vieira
Relator……….: Antonio Blecaute Costa Barbosa
Advogado…..: Marconi Dias Lopes Neto – Oab-ma 6550
Advogado…..: Antônio Geraldo de Oliveira Marques Pimentel Júnior – Oab/ma5759
Advogado…..: Alanna Suelen Bezerra Rocha Santos – Oab/ma7096
Advogado…..: Keno de Jesus Sodré de Souza – Oab-ma 8328
Advogado…..: Renato Arlen de Sousa Botelho  – Oab-ma 7963
Advogado…..: Elizaura Maria Rayol de Araujo – Oab/ma8307
Advogado…..: Thainara Cristiny Sousa Almeida – Oab/ma8252
Advogado…..: Silas Gomes Brás Júnior – Oab-ma 9837
 45 – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE GOVERNO Nº 3397/2006
Prefeitura Municipal de Imperatriz
Responsável..: Ildon Marques de Souza – Prefeito
Ministério Público: Jairo Cavalcanti Vieira
Relator……….: José de Ribamar Caldas Furtado
Advogado…..: Daniel Endrigo Almeida Macedo – Oab/ma 7018
Observação…: . Ildon Marques de Souza (Prefeito), José Moura Ferreira (secretario Municipal de Administração e Modernização), Roberto Cassemiro Dias (Secretario Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças), Laércio Barboza de Castro (Secretário Municipal de Comunicação Social) e Antonio Dantas Silva Júnior (Secretario Municipal de Saúde). Vistas ao Cons. Yêdo Flamarion Lobão em 11/05/2011..

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Destaques da oficialização da pré-candidatura de Edivar Ribeiro em Timon

Blog do Eliézio Silva

Confira os principais destaques da solenidade que oficializou Edivar Ribeiro na noite do dia (8) como real pré-candidato apoiado pelo grupo governista liderado pela Prefeita Socorro Waquim e pelo Deputado Federal Sétimo Waquim.

A primeira vista logo foi derrubada a ideia que muito se comentava em que  se dizia haver uma insatisfação pela escolha do nome de Edivar por parte dos dois outros pré-candidatos Tales Waquim e Irmão William o que foi desmentido pelos fatos pois ambos estavam lá para manifestar apoio ao escolhido.

Socorro Waquim

Prefeita Socorro Waquim

Prefeita Socorro Waquim

Questionamos a prefeita Socorro Waquim sobre a decisão e se já há uma indicação para vice na composição desta chapa e ela nos respondeu dizendo que a partir desta definição estará entrando em processo de conversação com os demais partidos.

Apimentamos a pergunta questionando se ela buscaria o apoio de Alexandre Almeida que hoje conta com a apoio de mais quatro partidos e ela serenamente afirmou que não descarta o dialogo com nenhum partido.

Edivar Ribeiro – o escolhido

Vice-prefeito e pré-candidato Edivar Ribeiro

Vice-prefeito e pré-candidato Edivar Ribeiro

Esbanjando alegria e sorrisos Edivar demostrava nitidamente a satisfação em ter o nome indicado pela Prefeita. Neste mesmo espaço Edivar já havia dito que só não seria o candidato do PMDB se não fosse da confiança da Prefeita. Edivar Ribeiro mostrava certa segurança amparando os seus argumentos e baseando-se nos sete anos de trajetória politica aliado ao grupo de Socorro Waquim destacando o fato de já ter participado de várias eleições em que defendeu os candidatos do grupo em vários processos eleitorais. Na oficialização do seu nome como o único pré-candidato do grupo (aguardando somente as convenções para a concretização da candidatura) Edivar falou que vai buscar a continuidade do governo de Socorro Waquim e que não ver no momento a necessidade de uma reforma politica no quadro administrativo de secretariados.

Sétimo Waquim / Roseana Sarney

Sétimo Waqum e Roseana Sarney

Sétimo Waqum e Roseana Sarney

A maior inquietação do povo após a definição do nome de Edivar esta relacionado a curiosidade em saber como a Governadora recebeu esta noticia. A resposta para esta indagação foi dada pelo Deputado Sétimo que afirmou que Roseana recebeu o nome de Edivar com naturalidade “ela pôs na balança e na hora da indicação pesou muito mais o trabalho de desenvolvido por Socorro Waquim nestes anos em que esteve a frente do executivo municipal” encerrou dizendo que Edivar é de fato o melhor nome e por isso foi indicado


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juiz de Timon será denunciado ao CNJ

Blog do Luis Cardoso

O blogueiro Luís Pablo postou um gato comprovado pela Cemar na residência onde mora o empresário de posto de combustível em Teresina, Jefferson Alves Sampaio Ferreira Júnior, genro da prefeita de Timon, Socorro Waquim, e do deputado federal Sétimo Waquim.

Irritado com a informação, Jefferson Sampaio, que é ex-funcionário do Tribunal de Justiça do Maranhão, ingressou na justiça contra o blogueiro. E pediu por danos morais e lesão à sua imagem o valor de cerca de R$ 20 mil.

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Luís Pablo participou da audiência no município de Timon, onde foi agredido por Jefferson Sampaio, na presença de um juíz de Timon Hélio de Araújo Carvalho Filho.

Na ocasião, o metido a valentão que chegou a ameaçar de morte o titular deste blog, garantiu que Luis Pablo seria condenado. Ou seja: antecipou a decisão judicial.

O advogado do blogueiro pediu que fosse anexado ao processo o laudo técnico da Cemar. O laudo foi remetido, comprovando a existência do gato encontrado por técnicos da Companhia de Energia.

Mas o juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho, que julgou a questão, parece não ter a menor consideração pelo lauo técnico da Cemar. Talvez, nem tenha visto o parecer da empresa de Energia (veja o laudo).

Ainda sim, estranhamente, condenou o blogueiro ao pagamento de R$ 3 mil. Uma prova de que o magistrado tem lado.

Luís Pablo, atráves do seu advogado, entrou com o pedido de embargo da decisão. Mais estranho ainda, o juíz Hélio Carvalho desconsiderou.

Para não ter que pagar custas processuais ao valor de R$ 1.200, o blogueiro entrou com pedido de asistência jurídica, visto que é funcionário municipal e percebe apenas R$ 850,00 com que arca para pagamento de sua faculdade.

O juíz Hélio Carvalho alegou que Luís Pablo tem condições financeiras de pagar as custas pelo fato de ter contratado um advogado particular. Ora, quantos advogados não defendem causas por uma amizade? Mas isto não prevalece para o juíz de Timon.

Lamentável que o juíz Hélio Carvalho relaxe uma prova técnica e documental, para condenar e censurar os blogueiros livres e independentes do Maranhão. E olha que o Doutor tem um pé na transferência para jurisdição de São Luís. Os jornalistas daqui que fiquem atentos. E o Conselho Nacional de Justiça, a quem este fato vai ser denunciado, que investigue as ações estranhas do juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Irmã de Socorro Waquim gastou R$ 32 mil do Fundeb com aluguel de escola fantasma

Suely Almeida

Suely Almeida

A secretária municipal de educação, Suely Almeida(foto), Irmã da prefeita Socorro Waquim(PMDB), gastou R$ 32,400 mil com aluguel de um casebre, durante nove meses, para funcionar como escola municipal. A verba foi repassada pelo governo federal através do Fundeb e o contrato de locação do imóvel foi publicado no Diário Oficial da União do dia 17/04/2009, mas foi assinado no dia 1º. de abril de 2009, não por acaso, Dia da Mentira.

O contrato foi assinado pela ex-esposa do radialista Irmão Francisco, Raimunda Paulina de Sousa, que mora na casa até hoje e está localizada no número 59 da rua 25, na Vila Cícero Ferraz. O aluguel mensal foi de R$ 3.600,00, o que dá um total de R$ 32.400,00, pelos nove meses.

Assinando com o nome de “Amigos da Vila”, moradores da Cícero Ferraz fizeram um panfleto para denunciar mais uma falcatrua perpetrada pela irmã da prefeita Socorro Waquim. Afirmam que ficaram alegres quando descobriram, através do Diário Oficial da União, que haviam ganho uma nova escola, mas a alegria virou frustração quando foram conferir e encontraram no local apenas uma casa – na época um casebre de taipa – onde morava o senhor Irmão Francisco e sua família.

E observa o manifesto dos “Amigos da Vila”: “Notem que o contrato está no nome da esposa do senhor Irmão Francisco e a casa naquele período ainda era de taipa. Imagine uma casa daquele tamanho alugada por este valor durante vários meses! O dinheiro dava para fazer uma escola com no mínimo duas salas de aula em algum terreno que a associação poderia doar para a Prefeitura, mas o Irmão preferiu alugar a casa dele e ficar com o dinheiro pois temos certeza de que escola nunca funcionou lá”.

Resposta do Irmão

Em conversa com a redação do jornal O Timonense, o radialista Irmão Francisco(foto), contou que o valor não foi na quantia publicada no Diário Oficial, mas de apenas R$ 300,00 (trezentos reais) mensal. Segundo ele, o contrato foi logo desfeito pela Secretaria de Educação de quem diz ter documento provando o que afirma. (Jornal O Timonense)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.