Brasil

Depois do rato na coca-cola, algo estranho é encontrado em garrafa de cerveja

cerveja2

Um consumidor de Rio Claro (SP) encontrou um objeto estranho dentro de uma garrafa de cerveja da marca Skol neste sábado (21). A bebida seria consumida em um bar, mas Rogério Gomes percebeu o problema antes de abrir a garrafa. A Ambev informou neste domingo (22)  que é necessária uma análise técnica da garrafa para afastar a possibilidade de violação da embalagem, situação verificada em diversas outras ocasiões.

A empresa afirma que preza pela qualidade de todos os seus produtos e, por isso, mantém rigorosos processos de controle em todas as suas linhas de produção. “Quando ocorre qualquer reclamação, o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) tem como procedimento padrão, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, substituir o produto para que o mesmo seja encaminhado para análise técnica”, diz a nota enviada pela assessoria de imprensa.

Denúncia
O coordenador de Vigilância Sanitária, Agnaldo Pedro da Silva, disse que o consumidor pode formalizar a denúncia e o órgão encaminhará ao Ministério da Agricultura e Abastecimento, que responde pelas cervejas.

O consumidor disse que não iria fazer boletim de ocorrência. “Eu acho que é um caso isolado, eles vão resolver, mas vão ter que me provar que nunca mais ocorrerá algo desse gênero no produto deles”, afirmou.

Em contato com o SAC no fim da tarde deste sábado, a atendente informou que o ocorrido com o produto pode ter sido provocado devido ao armazenamento ou transporte incorreto do próprio estabelecimento onde foi efetuada a compra, ao qual o produto pode ter ficado exposto ao sol, chuva, local abafado ou até mesmo ter sido congelado e descongelado. Isso pode ter feito com que o produto criasse uma aglomeração dos próprios ingredientes causando essa sedimentação.

“Como foi informado que o produto permanece lacrado, o que podemos fazer é retirá-lo para uma análise para saber o que realmente ocorreu com ela e após a retirada nós levamos outra unidade com perfeitas condições de consumo. Se vão ser tomadas alguma providência em relação ao mesmo lote, eu não tenho nenhum tipo de informação”, informou a atendente. Com informações do G1.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.