Poder

Rodoviários ameaçam cruzar os braços, se empresários não aceitarem as reivindicações

Greve-dos-motoristas
Nesta quinta-feira (2) o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, realizou Assembléia Geral que contou com a presença de trabalhadores do setor de fretamento, que atuam no transporte intermunicipal e interestadual. O encontro aconteceu na sede da entidade na Rua Afonso Pena, Centro.

Na ocasião o Presidente, Isaias Castelo Branco, levou ao conhecimento da categoria, a contraproposta feita no inicio da semana pelos empresários. O Sindicato dos Rodoviários pede reajuste salarial de 15%, mas os patrões ofereceram aumento de apenas 6,5%, bem abaixo do que está sendo exigido.

Outro ponto debatido é o ticket alimentação. A proposta dos rodoviários é um reajuste em torno de 20%, que também está sendo rejeitada pelos empresários. No encontro, Isaias Castelo Branco, foi firme nas colocações. Ressaltou que não vai abrir dos direitos da categoria e afirmou que se as exigências não forem atendidas, será decretada greve do setor.

A paralisação deste serviço poderá acarretar em uma série de transtornos a população. São esses trabalhadores que realizam viagens de um município ao outro, dentro do Maranhão e de um estado para o outro também, ou seja, os ônibus que saem da rodoviária de São Luís, aos mais variados destinos, terão seus trajetos interrompidos, devido à greve.

Na Assembléia os trabalhadores rejeitaram as propostas dos empresários e se a questão não for definida até o final dessa semana, a partir da zero hora de terça-feira (7), motoristas, cobradores e fiscais do setor de fretamento irão cruzar os braços.

“Nesta sexta-feira (3), está previsto uma nova rodada de negociações entre o Sindicato dos Rodoviários e os empresários. Por diversas vezes já nos reunimos e nada foi acordado. Tomamos a iniciativa de realizar uma Assembléia Geral, para deixar a categoria ciente de tudo o que está acontecendo. Os próprios trabalhadores concordaram com uma greve do setor, caso os patrões permaneçam irredutíveis. Sexta-Feira é nosso prazo limite. Se não chegarmos a um denominador comum esses profissionais irão sim, cruzar os braços”, avalia Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Criminosos tentam incendiar mais um ônibus em São Luís, diz Sindicato dos Rodoviários

29/07/2013. Crédito: Honório Moreira/OIMP/D.A Press. Brasil. São Luis - MA. Número de assaltos a ônibus este ano já supera todo o ano passado na capital, diz Sindicato dos Rodoviários de São Luis

Foto ilustrativa

A manhã em São Luís começou tensa. Segundo informações, mais uma suspeita de ataque a ônibus foi registrado na manhã desta sexta-feira (20) em São Luís.

Segundo informações do CIOPS, o suposto ataque foi uma tentativa de assalto em frente ao posto de Saúde do João de Deus, por volta das 7h10 contra a linha São Bernardo/João de Deus.

Porém a assessoria de comunicação do Sindicado dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Maranhão (STTREMA) afirmou que de que se tratava de tentativa de incêndio ao veículo, mas que os criminosos não tiveram êxito porque o motorista conseguiu conter as chamas com um extintor.

Se confirmado, será o sétimo ataque a ônibus na Região Metropolitana da capital em menos de 12 horas.

Na noite de ontem (19) foram alvo da ação de bandidos seis veículos, no Jardim Tropical, Maiobão, Marly Abdalla, Liberdade, Cidade Verde e na Raposa


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sindicato dos Rodoviários se reúne após ataque a ônibus

29/07/2013. Crédito: Honório Moreira/OIMP/D.A Press. Brasil. São Luis - MA. Número de assaltos a ônibus este ano já supera todo o ano passado na capital, diz Sindicato dos Rodoviários de São Luis

Os rodoviários devem discutir sobre a ação criminosa de ontem, que resultou com o incêndio de seis ônibus na Região Metropolitana de São Luís, e decidir a necessidade, ou não, de uma paralisação.

Com os ataques, os ônibus foram recolhidos durante à noite. O Sindicato frisou que a ação foi para garantir a integridade de motoristas, cobradores e usuários do transporte público. Na manhã desta sexta, a frota voltou a circular normalmente.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Sem salários, motoristas e cobradores podem cruzar os braços em São Luís

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão foi comunicado por meio de oficio encaminhado pelo sindicato Patronal, SET, que devido à falta de recursos, as empresas que atuam no transporte público de São Luís, só poderão efetuar o pagamento dos trabalhadores, dia 10, ou seja, após o carnaval.

Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários, torna público sua revolta e de toda a diretoria que compõe a entidade, diante da decisão tomada por empresários do setor, prejudicando a categoria formada por motoristas, cobradores e fiscais que dependem dos salários para garantir o sustento da família.

“Já informamos nosso posicionamento ao SET. As empresas não podem causar esse tipo de transtorno aos seus colaboradores. Não vamos mudar nossa postura. Isso é um desrespeito a classe. Os empresários têm sempre essa conduta toda vez que se aproxima a data-base, período que é negociado os reajuste salarial da categoria. Estamos cansados desse tipo de situação. Se o dinheiro não cair na conta dos trabalhadores até essa sexta-feira (5), toda a categoria irá cruzar os braços, durante o período carnavalesco, isso significa que não haverá ônibus circulando em São Luís”, ressalta Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

A Secretaria municipal de Trânsito e Transportes está ciente dessa situação, cabe ao órgão tomar as devidas providências, como forma de evitar esse transtorno a população. Os empresários têm até as 18 horas de sexta-feira (5), para depositar o dinheiro da conta dos trabalhadores, caso contrário, será deflagrada greve de ônibus em São Luís.

IMG-20160205-WA0007

IMG-20160205-WA0008


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.