Poder

Caldas Country 2013 pode ser impedido após mortes e sexo na rua; veja as fotos

O Ministério Público de Goiás vai investigar as denúncias de uma série de vandalismos ocorridos em Caldas Novas durante o último fim de semana, quando ocorreu o 7º Caldas Country Show. Entre as medidas estudadas, estão o impedimento da realização da festa no ano que vem.

O promotor da 5ª Promotoria de Justiça da cidade, Pedro Eugênio Beltrame Benatti, afirmou que será ajuizada uma ação nos próximos dias para suspender a venda antecipada dos ingressos dos shows de 2013.”O Ministério Público vai colher dados e estatísticas para saber os crimes ocorridos, quem deixou de fazer o que e se a cidade pode receber o evento”, disse ele.

“Já requisitamos a apuração das fotos que estão na mídia e a providenciaremos a punição dos responsáveis pelos excessos. Sexo explícito é ato obsceno. Subir em um posto é dano ao patrimônio público. É a imagem do descaso. Foi o que mais chocou o MP. Passa a sensação de que Caldas Novas é uma cidade sem lei”, ressaltou Benatti.

O efeito Caldas Country.

O efeito Caldas Country.

O assassinato de duas pessoas, um acidente de carro com a morte de um jovem de 18 anos, sexo explícito no meio da rua, uma ambulância invadida, um carro incendiado por um grupo de rapazes e foliões pulando em cima de um posto da Polícia Militar foram parte das ações que abalaram a cidade de 70 mil habitantes.

Todos os crimes foram filmados ou fotografados por foliões indignados. Até o momento ninguém foi punido.

Segundo um dos organizadores de um dos maiores eventos musicais do Estado, Fernando Clemente, a maior culpa da baderna é da prefeitura da região. “Não temos responsabilidade com o que acontece lá fora, apenas com o que ocorre dentro do evento. Em 36 horas de show não tivemos nenhuma ocorrência policial”, justificou.

Clemente admitiu que a quantidade de militares que fazem a segurança de Caldas Novas não é capaz de controlar os 70 mil turistas que passaram pela cidade no fim de semana. “Contratamos 136 policiais do Estado com a verba da produção, além de 500 seguranças, corpo médico e brigadista para trabalharem dentro da estrutura”. (Do Correio Braziliense).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Caldas Country: sexo, drogas, vandalismo e assassinatos

O efeito Caldas Country.

O efeito Caldas Country.

12 mortes, 21 casos de estupros, inúmeros casos de vandalismo, atentado ao pudor, entre outros crimes desprezíveis, em apenas um final de semana de festa. Essa foi a edição de 2012.

Isso tem nome, e acontece em Caldas Novas, Goiás. Conhecida como a maior festa sertaneja (referente ao tipo de música do evento), o Caldas Country destrói Caldas Novas todos os anos, piorando gradativamente. A pequena cidade turística é vítima de bêbados e drogados alucinados que todo ano, fazem daquilo um inferno à céu aberto.

Por volta das 23:30 de sábado (17) Marcela Souza de Lima Oliveira, 22 anos, natural de Itumbiara foi vitima de bala perdida, ela foi alvejada na cabeça por um elemento de Anápolis.

Marcela estava acompanhada do esposo, Carlos Roberto Soares Júnior que chegou a levar a esposa para o hospital, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O autor dos disparos é Jonathan Floz de Morais, 22 anos. Ao ser atingida Marcela caiu nos braços do marido. Desesperado ele gritou por ajuda.

O SAMU chegou mas não conseguiu salvar a vida da jovem. Marcela era filha de Valtinho Cebolinha da Auto Peças Quatro Rodas de Itumbiara. A arma do crime uma pistola Taurus calibre 380 com alongador para 17 balas, foi encontrada em posse de Maria Cristina Roque Ferreira. Jonanthan Foz foi localizado em frente ao clube Privé e confessou ser o autor dos disparos. A polícia prendeu também Guilherme Augusto Cândido, 20 anos. Com ele foi apreendida uma máquina fotográfica onde os jovens exibiam armas. Na casa que eles alugaram a polícia encontrou diversas armas de grosso calibre. (Do Paraiba).

Além do caso da Marcela, outro fator chamou bastante atenção em Caldas Novas. Um jovem foi atingido no rosto por um rojão.

Segundo informações o jovem foi destampar o rojão que fazia parte da pirotecnia do Show quando uma bomba explodiu e veio atingir o seu rosto a vítima ficou com o rosto completamente desfigurado . Segundo relatos a vítima foi conduzida para Goiânia em estado grave.

Após o acidente foi preciso colocar um aparelho no jovem para que ele pudesse respirar


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Casais são flagrados fazendo sexo no Caldas Country; veja as fotos

Circulam nas redes sociais fotos de participantes do festival sertanejo Caldas Country, no último fim de semana (16 e 17/11), fazendo sexo no meio da rua. As pessoas não foram identificadas, mas foram flagradas por turistas que estavam na cidade para curtir o evento.

Pelo menos três fotos com personagens diferentes foram clicadas. As imagens circulam, principalmente, no Facebook. Em uma delas, um casal aparece em uma calçada de uma rua movimentada.

De acordo com a Polícia Civil, não chegou à delegacia nenhuma denúncia do tipo. O titular Lanivaldo José Mendes acredita que o festival tenha que passar por uma discussão. “Mesmo assim, será difícil identificar esses cidadãos, já que a região abrigou cerca de 20 mil pessoas nesse feriado”. (Correio Braziliense).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.