Política

Critica de assessor deve afetar filho de Sétimo Waquim na Sinfra

A critica do assessor do deputado federal Sêtimo Waquim (PMDB), veiculada no Blog do Neto Ferreira com o título “Em total desrespeito, assessor de deputado federal chama Luis Fernando de mentiroso”, deve gerar um grande mal-estar entre o clã Waquim e o governo Roseana Sarney.

Em comentário com possível aval do peemedebista, Luis Carlos Tourinho, usou o Facebook para direcionar fortes criticas ao secretário de Estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva, que será o candidato a sucessão de Roseana Sarney em 2014.

Tourinho que, diga-se de passagem, pode acabar afetando Ulisses Waquim – filho de Sétimo e Socorro Waquim -, do qual é lotado na Secretaria de Infraestrutura, conforme publicação acima.

O maldoso comentário pode acarretar tanto na demissão do jovem Ulisses ou então na do assessor parlamentar de Sétimo Waquim.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Em total desrespeito, assessor de deputado federal chama Luis Fernando de mentiroso

O assessor direto do deputado federal Sétimo Waquim (PMDB-MA), em Brasília, Luis Carlos Tourinho, reagiu de forma ‘truculenta’ ao saber que o secretário de Estado da Infraestrutura do Governo Roseana Sarney, Luis Fernando Silva, teria afirmado depois do encontro com o Ministro dos Transportes, César Borges, que recebeu a garantia da pavimentação imediata de 100 quilômetros da BR-226, no trecho que liga o município de Presidente Dutra à cidade de Timon.

Em comentário postado via Facebook da matéria do Blog Ademar Sousa – um dos maios lidos de Timon -, Luis Carlos alerta que o secretário Luis Fernando poderá crescer o nariz diante de tamanha mentira. Uma falta de respeito tremenda de assessor do deputado que faz parte da base do governista.

Pelo visto, o clã Waquim esqueceu que o filho Ulisses Waquim é assessor de uma Secretaria do governo Roseana Sarney. Ou é preciso que o blog relembre a nomeação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado Sétimo Waquim dorme no plenário da Câmara durante a votação da MP dos Portos

Atual7

Sétimo Waquim (canto esquerdo) é flagrado cochilando na sessão. Foto: Dida Sampaio / Estadão

Em 2008, durante discurso da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara, o deputado federal maranhense, professor Sétimo Waquim (PMDB), não resistiu ao conforto de sua poltrona e tirou um cochilo em pleno plenário.

Na manhã dessa quinta-feira (16), com a justificativa de cansaço por causa da idade, depois de ‘participar’ de quase todas, das 41 horas de votação, em duas jornadas que varam as madrugadas pela aprovação da Medica Provisória dos Portos, Sétimo Waquim voltou a ser flagrado dormindo no plenário na Câmara dos Deputados, em plena discussão da matéria.

O deputado chegou a acordar antes da votação terminar, mas apenas para continuar o cochilo no cafezinho da Casa. Sonolento, Sétimo acreditava que a votação havia acabado, mas restava ainda a apreciação da redação final do texto.

Com a presença dos deputados que não dormiram no plenário, o novo texto da MP dos Portos foi aprovado na Câmara e seguiu para o Senado, onde a votação foi muito mais rápida, não passando de nove horas.

O texto aprovado prevê, entre outras coisas, a abertura de 159 terminais portuários para a iniciativa privada a partir do fim do ano. As autorizações serão dadas por chamada pública e não mais por licitação. Assim, o governo pretende agilizar a contratação das empresas que ficarão responsáveis pelos terminais.

A MP dos Portos segue agora para sanção da presidente Dilma Rousseff (PT), que tem 15 dias úteis para aprovar ou para vetar, integral ou parcialmente, o que foi decidido pelo Congresso.

Diante das imagens que vazaram na internet, dando conta de que não somente o deputado maranhense dormiu no ponto, internautas questionaram: ‘já imaginou professores, pedagogos e demais profissionais da educação dormindo em ambiente de trabalho depois de uma longa jornada de trabalho?’.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Edilázio Júnior relata audiência pública sobre BR 226

O deputado Edilázio Júnior (PV) foi a tribuna da Assembleia Legislativa relatar as conversas e debates em torno da pavimentação da BR 226 que ocorreu em audiência pública nas cidades de Timon e Presidente Dutra. O resultado dessa audiência, segundo o deputado, foi que o técnico do Ministério do Planejamento, Marcelo Cardoso, se comprometeu em trabalhar para que o projeto de asfaltamento de 100km da rodovia seja incluído no Programa de Aceleração do
rescimento (PAC) 2 e as obras seja iniciadas ainda neste segundo semestre.

A audiência pública, promovida pela Comissão de Controle e Fiscalização da Câmara dos Deputados, reuniu além de Edilázio Júnior, os deputados federais Sétimo Waquim (PMDB) e Carlos Brandão (PSDB), prefeitos, vereadores, população e técnicos do Departamento Nacional de Trânsito (Dnit) e do Ministério do Planejamento. Na audiência pública em Presidente Dutra, de acordo com Edilázio Júnior, foi relatado o tempo em que a rodovia não é asfaltada.

“Há quase 28 anos que a BR 226 que a população que passa pela rodovia tem que passar por esse trecho de 100 km que não é asfaltado e que no período de estiagem tem muita poeira e no período chuvoso é de muita lama”, disse Edilázio Júnior.

Após a audiência em Presidente Dutra, os presentes percorreram os 100 km sem pavimentação até a cidade de Timon, onde ocorreu uma segunda audiência. Nesta a população falou das dificuldades para chegar a até a cidade vizinha, Teresina, no Piauí. Por ser mais próxima de Timon, os maranhenses costumam buscar alguns serviços na capital piauiense e para isto precisam passar pela BR 226.

Também nesta audiência, o engenheiro do Ministério dos Transportes, Luiz Guilherme, observou que além do asfaltamento de 100 km da rodovia, há também o projeto implantação do Contorno Rodoviário de Timon onde se pretende fazer a interligação das BR 226 com BR 316, tirando o trânsito pesado do centro da cidade.

Ainda segundo Edilázio Júnior, para a realização da obra no trecho de 100 km precisa somente que o projeto do Dnit, que já está concluído e com a licença ambiental concedida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Semma), seja conseguida uma verba suplementar de R$ 100 milhões na comissão de orçamento na Câmara e no Senado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Destaques da oficialização da pré-candidatura de Edivar Ribeiro em Timon

Blog do Eliézio Silva

Confira os principais destaques da solenidade que oficializou Edivar Ribeiro na noite do dia (8) como real pré-candidato apoiado pelo grupo governista liderado pela Prefeita Socorro Waquim e pelo Deputado Federal Sétimo Waquim.

A primeira vista logo foi derrubada a ideia que muito se comentava em que  se dizia haver uma insatisfação pela escolha do nome de Edivar por parte dos dois outros pré-candidatos Tales Waquim e Irmão William o que foi desmentido pelos fatos pois ambos estavam lá para manifestar apoio ao escolhido.

Socorro Waquim

Prefeita Socorro Waquim

Prefeita Socorro Waquim

Questionamos a prefeita Socorro Waquim sobre a decisão e se já há uma indicação para vice na composição desta chapa e ela nos respondeu dizendo que a partir desta definição estará entrando em processo de conversação com os demais partidos.

Apimentamos a pergunta questionando se ela buscaria o apoio de Alexandre Almeida que hoje conta com a apoio de mais quatro partidos e ela serenamente afirmou que não descarta o dialogo com nenhum partido.

Edivar Ribeiro – o escolhido

Vice-prefeito e pré-candidato Edivar Ribeiro

Vice-prefeito e pré-candidato Edivar Ribeiro

Esbanjando alegria e sorrisos Edivar demostrava nitidamente a satisfação em ter o nome indicado pela Prefeita. Neste mesmo espaço Edivar já havia dito que só não seria o candidato do PMDB se não fosse da confiança da Prefeita. Edivar Ribeiro mostrava certa segurança amparando os seus argumentos e baseando-se nos sete anos de trajetória politica aliado ao grupo de Socorro Waquim destacando o fato de já ter participado de várias eleições em que defendeu os candidatos do grupo em vários processos eleitorais. Na oficialização do seu nome como o único pré-candidato do grupo (aguardando somente as convenções para a concretização da candidatura) Edivar falou que vai buscar a continuidade do governo de Socorro Waquim e que não ver no momento a necessidade de uma reforma politica no quadro administrativo de secretariados.

Sétimo Waquim / Roseana Sarney

Sétimo Waqum e Roseana Sarney

Sétimo Waqum e Roseana Sarney

A maior inquietação do povo após a definição do nome de Edivar esta relacionado a curiosidade em saber como a Governadora recebeu esta noticia. A resposta para esta indagação foi dada pelo Deputado Sétimo que afirmou que Roseana recebeu o nome de Edivar com naturalidade “ela pôs na balança e na hora da indicação pesou muito mais o trabalho de desenvolvido por Socorro Waquim nestes anos em que esteve a frente do executivo municipal” encerrou dizendo que Edivar é de fato o melhor nome e por isso foi indicado


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juiz de Timon será denunciado ao CNJ

Blog do Luis Cardoso

O blogueiro Luís Pablo postou um gato comprovado pela Cemar na residência onde mora o empresário de posto de combustível em Teresina, Jefferson Alves Sampaio Ferreira Júnior, genro da prefeita de Timon, Socorro Waquim, e do deputado federal Sétimo Waquim.

Irritado com a informação, Jefferson Sampaio, que é ex-funcionário do Tribunal de Justiça do Maranhão, ingressou na justiça contra o blogueiro. E pediu por danos morais e lesão à sua imagem o valor de cerca de R$ 20 mil.

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Luís Pablo participou da audiência no município de Timon, onde foi agredido por Jefferson Sampaio, na presença de um juíz de Timon Hélio de Araújo Carvalho Filho.

Na ocasião, o metido a valentão que chegou a ameaçar de morte o titular deste blog, garantiu que Luis Pablo seria condenado. Ou seja: antecipou a decisão judicial.

O advogado do blogueiro pediu que fosse anexado ao processo o laudo técnico da Cemar. O laudo foi remetido, comprovando a existência do gato encontrado por técnicos da Companhia de Energia.

Mas o juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho, que julgou a questão, parece não ter a menor consideração pelo lauo técnico da Cemar. Talvez, nem tenha visto o parecer da empresa de Energia (veja o laudo).

Ainda sim, estranhamente, condenou o blogueiro ao pagamento de R$ 3 mil. Uma prova de que o magistrado tem lado.

Luís Pablo, atráves do seu advogado, entrou com o pedido de embargo da decisão. Mais estranho ainda, o juíz Hélio Carvalho desconsiderou.

Para não ter que pagar custas processuais ao valor de R$ 1.200, o blogueiro entrou com pedido de asistência jurídica, visto que é funcionário municipal e percebe apenas R$ 850,00 com que arca para pagamento de sua faculdade.

O juíz Hélio Carvalho alegou que Luís Pablo tem condições financeiras de pagar as custas pelo fato de ter contratado um advogado particular. Ora, quantos advogados não defendem causas por uma amizade? Mas isto não prevalece para o juíz de Timon.

Lamentável que o juíz Hélio Carvalho relaxe uma prova técnica e documental, para condenar e censurar os blogueiros livres e independentes do Maranhão. E olha que o Doutor tem um pé na transferência para jurisdição de São Luís. Os jornalistas daqui que fiquem atentos. E o Conselho Nacional de Justiça, a quem este fato vai ser denunciado, que investigue as ações estranhas do juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Para que servem três deputados inexpressivos em Timon?

Enquanto os trabalhos do Poder Legislativo retornam na sessão desta quarta-feira, 01, os dois deputados estaduais representantes da cidade pacata de Timon, retornam das belíssimas e longas férias encarando novos desafios no ano de 2012.

Na verdade, desafios estes nos interesses pessoais na eleição municipal de Timon que logo se aproxima. Então, fica a pergunta na charge abaixo. Para que serve três deputados inexpressivos?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Irmã de Socorro Waquim gastou R$ 32 mil do Fundeb com aluguel de escola fantasma

Suely Almeida

Suely Almeida

A secretária municipal de educação, Suely Almeida(foto), Irmã da prefeita Socorro Waquim(PMDB), gastou R$ 32,400 mil com aluguel de um casebre, durante nove meses, para funcionar como escola municipal. A verba foi repassada pelo governo federal através do Fundeb e o contrato de locação do imóvel foi publicado no Diário Oficial da União do dia 17/04/2009, mas foi assinado no dia 1º. de abril de 2009, não por acaso, Dia da Mentira.

O contrato foi assinado pela ex-esposa do radialista Irmão Francisco, Raimunda Paulina de Sousa, que mora na casa até hoje e está localizada no número 59 da rua 25, na Vila Cícero Ferraz. O aluguel mensal foi de R$ 3.600,00, o que dá um total de R$ 32.400,00, pelos nove meses.

Assinando com o nome de “Amigos da Vila”, moradores da Cícero Ferraz fizeram um panfleto para denunciar mais uma falcatrua perpetrada pela irmã da prefeita Socorro Waquim. Afirmam que ficaram alegres quando descobriram, através do Diário Oficial da União, que haviam ganho uma nova escola, mas a alegria virou frustração quando foram conferir e encontraram no local apenas uma casa – na época um casebre de taipa – onde morava o senhor Irmão Francisco e sua família.

E observa o manifesto dos “Amigos da Vila”: “Notem que o contrato está no nome da esposa do senhor Irmão Francisco e a casa naquele período ainda era de taipa. Imagine uma casa daquele tamanho alugada por este valor durante vários meses! O dinheiro dava para fazer uma escola com no mínimo duas salas de aula em algum terreno que a associação poderia doar para a Prefeitura, mas o Irmão preferiu alugar a casa dele e ficar com o dinheiro pois temos certeza de que escola nunca funcionou lá”.

Resposta do Irmão

Em conversa com a redação do jornal O Timonense, o radialista Irmão Francisco(foto), contou que o valor não foi na quantia publicada no Diário Oficial, mas de apenas R$ 300,00 (trezentos reais) mensal. Segundo ele, o contrato foi logo desfeito pela Secretaria de Educação de quem diz ter documento provando o que afirma. (Jornal O Timonense)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A falência anunciada na gestão de Socorro Waquim em Timon

A Prefeitura de Timon, numa determinação direta da Prefeita Professora Socorro Waquim, utilizou recursos da cota do Fundo de Participação do Município (FPM), do dia, 30, do mês anterior.

Magno Pires

Magno Pires

O pagamento foi efetuado em duas secretarias, referente ao mês de setembro, contrariando sua posição admitida nos meios de comunicação e com Ministério Público de que todo repasse seria utilizado para o pagamento e atualização das folhas, que diferem entre seis e quatro meses e décimo terceiro salários em atraso.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Administração, foram pagas somente as folhas dos servidores das Secretarias de Infraestrutura e Desenvolvimento Econômico e Social (Semdes), com investimento de 200 mil reais. O restante do dinheiro da cota do dia 30 último, foi utilizado para o pagamento de empresas que realizam serviços para a prefeitura nas áreas de limpeza, trânsito, serviços de buffets, dentre outros.

Com isso, a onda especulações sobre o que está acontecendo com o dinheiro dos repasses tem sugerido várias insinuações, inclusive entre os próprios secretários que admitem situação de pré-falência nos órgãos que dirigem. Reunidos na sede do PMDB no final da semana passada, pré-candidatos do partido também manifestaram sua preocupação com a situação, tanto que muitos já ensaiam desistir.

Mas as insinuações não param. Lideranças políticas culpam diretamente o secretário Dr. Magno Pires, da Administração, que quando exercia a mesma função no Governo do Piauí, na época do governador Mão Santa, atrasou até cinco meses de salários, e ainda criou uma famigerada folha secreta para beneficiar cabos eleitorais do governo.

Em alguns municípios maranhenses é comum ouvir notícias de pessoas que dizem receber da Prefeitura de Timon. Essas pessoas, em sua maioria são ligadas a cabos eleitorais que votaram no Deputado Federal Sétimo Waquim,  marido da prefeita.

Daí a suspeita de que os recursos que deveriam ser destinados às folhas estariam sendo desviados para o pagamento dessa folha secreta orquestrado pelo Dr. Magno Pires braço direito de Socorro Waquim.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A que ponto chegou o colapso administrativo de Timon

Em Timon o assunto dominante em todas as rodas é a falta de controle da Folha de Pagamento do Município.

Prefeito de Timon Socorro Waquim ao lado de Magno Pires

Prefeito de Timon Socorro Waquim ao lado de Magno Pires

Assunto esse destacado após alguns órgãos serem contemplados com o pagamento feito pelo Dr. Magno Pires, anunciou-se semana passada o pagamento de 480 mil para a folha, beneficiando servidores de 20 órgãos. Segundo a lista e, na mesma informação diz que o Dr. Magno Pires liberou 300 mil para pagamento de empréstimos consignados, quase o mesmo valor da folha referente a setembro de 2011. O estranho é que segundo informações, da Secretaria de Finanças foram repassados este mês para a Secretaria de Administração cerca de 1 milhão e 500 mil reais, portanto, onde foi parar a diferença exatos 720 mil reais?

Outro fato que tem chamado à atenção são as medidas de contenção de gastos anunciadas pela prefeita Socorro Waquim através de decretos fixados no mural da prefeitura.  São cortes de 33 por cento em toda folha e 50 por cento nas gratificações. Parece que essas medidas adotadas em julho não repercutiram positivamente para colocar o pagamento em dia.

Segundo a fonte, existem várias distorções sobre os pagamentos. Enquanto servidores municipais são tratados com privilégios e benesses outros são massacrados. Enquanto categorias de servidores estão com seis meses de salários atrasados outros praticamente recebem em dia. Outro fato estarrecedor é o pagamento de servidores em dinheiro “cash”. Isso ainda acontece na Secretaria de Limpeza, sem que se saiba de onde sai o dinheiro vivo para pagar esses servidores.

Por conta desse desastre administrativo e financeiro, assaltos e invasões de residências de várias autoridades são frequentes. Até a casa da prefeita Socorro Waquim foi invadida por seis  assaltantes há algumas semanas atrás. Foram vítimas de assaltos também as residências da Chefe de Gabinete Professora Isabel (duas vezes), do Secretário de Finanças Carlos Alberto Oliveira e na última sexta-feira(11) os bandidos assaltaram e deixaram amordaçada a secretária da Mulher Maria de Fátima.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.