Poder

Secretária-adjunta de São Luís foi beneficiada em esquema no governo Flávio Dino, aponta PF

Inquérito da Polícia Federal obtido pelo Blog do Neto Ferreira revela que a secretária-adjunta municipal de Saúde de São Luís (Semus), Socorro de Maria Martins, foi uma das beneficiárias do esquema que desviou R$ 18 milhões da saúde do Maranhão.

O nome da gestora aparece na “folha complementar”, produzida pelos operadores da teia criminosa para manter o controle dos pagamentos extras feitos pela Subsecretaria de Saúde por meio do IDAC, ICN e Associação do Bem Viver.

Somente nos meses de julho e agosto, Socorro Martins recebeu R$ 14 mil do Instituto de Cidadania e Natureza (ICN) sem manter qualquer tipo de vínculo com a Organização Social.

Procurado pelo Blog, o secretário de Saúde, Lula Fylho, afirmou que Martins foi exonerada da chefia da Secretaria Ajunta de Saúde de São Luís, logo após vir à tona todo o esquema.

Socorro foi nomeada em agosto desse ano, um mês depois de Lula assumir o comando da pasta.

Esquema

No dia 16 de novembro, a Polícia Federal desarticulou um esquema criminoso que vinha atuando na Secretaria de Saúde do Maranhão desde 2015. O grupo desviou R$ 18 milhões dos cofres públicos.

Para conseguir “tomar de assalto” a verba do Fundo Nacional de Saúde, os integrantes da organização criminosa utilizaram funcionários e empresas de fachadas por meio das Organizações Sociais, Idac, ICN, e Associação Bem Viver.

Ao todo, foram descoberto mais de 400 servidores que não tinham vínculo empregatício com os Institutos recebendo super salários.

O esquema chegou a usar uma “sorveteria” para emitir notas frias com o intuito de desviar recursos públicos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Por negligência de Helena Duailibe, saúde de São Luís vira um caos

hospital

A saúde de São Luís continua precária e está sendo negligenciada pela secretária de Saúde, Helena Duailibe. É o que mostra o vídeo abaixo gravado por um pai que está com o filho internado no Hospital da Criança, localizado na Alemanha, em São Luís.

De acordo com as imagens, o menino de 1 anos e 4 meses passa a noite em uma cadeira no corredor da unidade de saúde, pois não há leitos.

Segundo o pai, a criança deu entrada no último sábado (1º) no Hospital da Criança, e após exames foi diagnosticado com infecção urinária. A médica que o atendeu solicitou de imediato a internação, pois era um alto grau de infecção e não poderia ser tratado em casa.

“Meu filho terá que ficar por 7 dias internado e sabe onde ele está agora? No corredor do Hospital, deitado em cima de duas cadeira desde o último sábado. A minha esposa que está com ele não tem lugar para descansar e passa a madrugada acordada, vigiando para que a criança não caia das cadeiras enquanto dorme. Tivemos que amarrar o soro no prego na janela. Isso é um absurdo”, desabafou João Martins Guedes, pai da criança

“Que nós estamos com a saúde em nosso município fragilizada isso todo mundo sabe. Meu filho de 1 ano e 4 meses deu entrada no último Sábado, dia 01, no Hospital da Criança, e após exames foi diagnosticado com infecção urinária. A médica que o atendeu solicitou de imediato a internação, pois era um alto grau de infecção e não poderia ser tratado em casa. Meu filho terá que ficar por 7 dias internado e sabe onde ele está agora? No corredor do Hospital, deitado em cima de duas cadeira desde o último sábado. A minha esposa que está com ele não tem lugar para descansar e passa a madrugada acordada, vigiando para que a criança não caia das cadeiras enquanto dorme. Tivemos que amarrar o soro no prego na janela. Isso é um absurdo”, desabafou o pai da criança.

A situação é de extrema gravidade! No entanto, a secretária municipal de saúde, Helena Dualibe, parece que desconhece a precariedade do Hospital, afinal, até o momento, não tomou providência alguma para solucionar o problema, que já vem se arrastando há muito tempo.

Enquanto isso, crianças sofrem, ou até mesmo morrem, nos corredores da unidade de saúde a espera de leito. Um absurdo!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mãe denuncia dificuldade em conseguir medicação para filha em São Luís

O Blog recebeu a denúncia de uma mãe que vive um drama com a filha especial, que depende de medicamentos e alimentação da Secretaria Municipal de Saúde de São Luís.  Mas, de acordo com a queixa, é com muita dificuldade e insistência que a mãe consegue os medicamentos para a filha.

A paciente em questão é a Eliane Leite Ximenes, que tem paralisia cerebral, e precisa de três medicações e uma alimentação especial, denominada enteral. Essa forma de nutrição é feita através de uma sonda, onde os alimentos são introduzidos na forma líquida ou em pó.

A mãe de Eliane recorreu à justiça para conseguir as medicações; mesmo com a determinação judicial favorável, ela ainda tem encontrado muitos obstáculos. “Todo mês tenho que ir lá buscar e brigar pelo direito da minha filha. Sempre que vou pegar a medicação pego chá de cadeira, sou humilhada e destratada”, desabafou.

Na quinta-feira passada, cansada da situação, a mãe de Eliane tentou falar com a secretária de Saúde, Helena Duailibe, mas foi impedida pelo superintendente de Material e Patrimônio (SUMAPA), Márcio Leones. Ela alega que foi ameaçada pelo superintendente, que chegou a dizer que cancelaria as medicações, que ele teria conseguido a ela, caso falasse com a secretária.

Além dessa triste situação, a mãe relata que as medicações e alimentação sempre vêm erradas. A Eliane depende dessa medicação para sobreviver, pois sofre problemas sérios de convulsão. Infelizmente, a mãe dela não tem a quem recorrer, e nem dinheiro para comprar os remédios e a alimentação especial. 

“Eu apenas estou lutando pelo direito da minha filha. Acredito que a secretária Helena Dualibe nem esteja sabendo o que acontece na SUMAPA, e nem que o superintendente trata as pessoas muito mal. Hoje eu fui humilhada, amanhã pode ser outra pessoa”, relatou.

13174053_612316862258924_8651793546364417464_n


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Prefeitura faz farra com combustível em São Luís

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), tem se tornado um local de farra do dinheiro público, segundo denúncias enviadas ao Blog do Neto Ferreira.

De acordo com os relatos, os veículos, que são locados para atender as demandas do órgão, também são utilizados durante o final de semana por várias pessoas que são ligadas ao coordenador de Serviços, o que é proibido pela Lei nº 10.683/2003.

“O coordenador tem um carro da SEMUS só para ele. Ninguém usa. Fica estacionado fora do estacionamento da Secretaria para que ninguém fale ou veja a situação”, disseram os denunciantes.

Além disso, existem arbitrariedades dentro da Secretaria, como mudar servidor de função sem qualquer motivo, colocar pessoas dentro do setor que não trabalham, utilizar gasolina e carros para questões pessoais.

Outro ponto relatado foi a questão da farra de combustíveis. Os funcionários estão utilizando o produto em benefício próprio e não para realizar demandas da Semus. Portanto, estão gastando dinheiro público em situações de foro privado.

O Blog apurou, ainda, que pré-candidatos a vereadores estariam se valendo da Secretaria de Saúde para utilizar gasolina do órgão durante a campanha eleitoral.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Edivaldo Holanda Júnior e o descaso com os prédios públicos de São Luís

Antiga sede da SEMUS localizada na Av.dos Franceses, 113 - Alemanha - São Luis - MA

Antiga sede da SEMUS localizada na Av.dos Franceses, 113 – Alemanha – São Luis – MA

A antiga sede da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), localizado no bairro da Alemanha, está em ruínas. Como Edivaldo Holanda Júnior pode explicar o fato de que um prédio com localização privilegiada está em pedaços?

A prefeitura diz que moradores saquearam telhas do imóvel, que também servia de moradia para marginais cometerem assaltos e usar drogas. Contudo, o gestor prefere gastar dinheiro com o aluguel de uma sede provisória ao ter que reformar o local. Pior ainda é mandar demolir o prédio, onde deveria ser construída uma base do SAMU, um ambulatório de consultas ou até mesmo uma creche ou escola.

A érea da antiga sede está cercada de comunidades carentes, sem falar no fácil acesso de linhas de ônibus, que facilitavam a deslocamento da população.

Depois não se encontra resposta para o fato de um prefeito tão jovem e de primeiro mandato, ser detentor de um índice de reprovação superior ao de intenções de voto.

Que o prefeito possa aceitar a crítica para apresentar à sociedade uma reeleição viável nas próximas eleições. Um bom prefeito precisa dá exemplo e mostrar a seus eleitores que a verba pública é aplicada em prol de melhorias, principalmente na saúde.

Do ponto de vista econômico, Edivaldo Holanda Júnior se mostra, sem sombra de dúvidas, leigo em gestão pública.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Semus convoca beneficiários do Programa Bolsa Família

6281O_acompanhamento_semOs beneficiários do Programa Bolsa Família dos bairros Rio Anil, Ipase de Cima, Ipase de Baixo, Cantinho do Céu e Bequimão que ainda não realizaram o acompanhamento da saúde neste semestre devem comparecer à Unidade Mista do Bequimão (Avenida do Contorno, s/n, Bequimão), nesta quinta-feira (7), das 8h às 16h. A orientação é da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

O acompanhamento semestral é uma exigência do Programa e o não comparecimento pode resultar no cancelamento do benefício. O objetivo da avaliação, que é feita em duas etapas ao ano – primeiro e segundo semestre, é realizar os exames antropométricos (peso e altura) e observar se condutas preventivas de saúde estão sendo cumpridas, além do recadastramento destes beneficiários no sistema.

Na unidade de saúde é checado se todos integrados ao Programa estão em dia com itens como vacinação, pré-natal, além da promoção de atividades educativas sobre aleitamento materno, alimentação saudável, saúde da criança, entre outros. A assiduidade escolar também é um dos itens avaliados com rigor.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.