Poder

Lawrence Melo deixa o comando da Delegacia Geral da Polícia Civil

lawrence

O delegado-geral da Polícia Civil, Lawrence Melo Pereira, deixou o cargo nesta sexta-feira (04).

A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Quem deve assumir a chefia do órgão é o delegado Leonardo Diniz, superintendente de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), que também já passou pela Superintendência de Polícia Civil da Capital.

Enquanto esteve na SHPP, Diniz conduziu inúmeros casos de assassinato de grande repercussão, inclusive o inquérito do caso Mariana Costa, sobrinha-neta de José Sarney.

Lawrence Melo assumiu o cargo na DG em dezembro de 2015, após a misteriosa saída do delegado Augusto Barros. A sua próxima lotação ainda será divulgada pela SSP.

O governador deve oficializar a exoneração durante a solenidade no Comando Geral da Polícia Militar, que irá acontecer na noite desta sexta-feira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Secretaria de Segurança Pública continua sem pagar estagiários

Recebi e-mail de um pai revoltado que teve o filho empregado na Secretaria de Segurança Pública. Ele relata que o filho trabalhou como estagiário e está com salários atrasado. Confira abaixo:

Senhores, venho por meio deste, externar minha raiva ao ocorrido com meu filho. Após vários meses sem receber a bolsa-auxílio da Secretaria de Segurança Pública, onde é estagiário, e sem ter condições de arcar com as despesas da faculdade, decidiu largá-la e voltar para o interior do Maranhão, sem nenhuma perspectiva. Por conta de uma deficiência física, eu também não trabalho, portanto não tenho como ajuda-lo, com o valor que recebia da secretaria, ele era auto-suficiente e tinha um futuro promissor em sua área. Eu sinto um misto de raiva e tristeza. Primeiro, por minha impossibilidade de contornar a situação. Segundo, por todo relato e acompanhar dissipação das forças que restavam ainda dele em continuar sua jornada.

Muito mais que um relato, esse é um pedido de visibilidade, para que não ocorra com outros sonhos, o que ocorreu com o do meu filho e, além disso, um exercício de cidadão.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão claramente não se importa com os estagiários que lá deveriam aprender sobre as boas condutas morais e profissionais. Ao contrário disso, os estudantes só absorvem, empiricamente, repugnância e um aprendizado sórdido do sistema governamental que o administra. Em uma época em que os discursos políticos estão aos baldes, não é difícil entender por que cada vez mais nossos jovens tornam-se desacreditados da política.

Após três meses de bolsas-salário atrasadas e nenhuma comunicação oficial por parte empresa (nenhuma reunião foi realizada) que “administra” e deveria das assistência aos estagiários da instituição, foi realizado o pagamento de um (HUM) mês, referente ao ano passado, e somente (pasmem) a uma parte dos estudantes.

Quando procurado, o Sr. Laiones da Silva Nascimento, que diga-se de passagem fornece um tratamento digno do período escravocrata aos estudantes, tratando-os de forma arrogante e indiferente, informou que o repasse feito à empresa Ined, da qual é proprietário, não foi suficiente para realizar o depósito bancário de todos os estudantes. Somente. Sem demonstrar nenhum sentimento ao posto que exerce, e incapaz, na sua imbecilidade, ter consciência da responsabilidade que tem no futuro dos estudantes que finge administrar. E isso não é tudo, o pior não fica por aí, por mais que pareça incompreensível, essa mesma empresa (Ined, do Sr. Laiones da Silva), teve seu contrato rescendido no início deste mês (março), após várias outras denúncias de desvio de verbas (Isso dentro da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, onde investigadores e o alto nível da segurança do Maranhão está concentrada), o que só corrobora o despreparo e a clandestinidade da empresa e da cúpula da SSP, que não consegue selecionar uma empresa que tenha o mínimo de qualidade para gerenciar uma parte tão importante, e reafirmo, os futuros profissionais de nossa sociedade.

Com o final do contrato, datado para o dia 23, os estudantes não sabem o que irá ocorrer. Sem auxílio, sem informação, mas certamente cheio de incredulidade e sapientes do funcionamento governamental imundo que, da forma que os trata, só tende a tornar o Maranhão cada vez mais miserável. Até mesmo por que esse não é um problema somente do secretário de segurança, esta situação emporcalhada e asquerosa é regida pela governo, destrói sonhos, liquefaz oportunidades e só colabora para a miserabilidade do Estado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Em reunião, MP debate ações de segurança pública

Número insuficiente de policiais foi um dos problemas debatidos

Número insuficiente de policiais foi um dos problemas debatidos

O Ministério Público do Maranhão se reuniu, na manhã desta segunda-feira, 11, com representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, na sede da Assembleia Legislativa do Maranhão, para traçar estratégias de combate à violência em São Luís. Membros da sociedade civil, líderes comunitários e conselheiros de segurança também participaram do encontro.

A ausência de políticas públicas de segurança e o número insuficiente de policiais no Maranhão foram problemas destacados no debate. A promotora de justiça e diretora da Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA, Fabíola Fernandes Faheína Ferreira, representou a instituição.

Ao final do encontro, ficou acertado que serão realizadas reuniões setorizadas nos bairros da capital, com os Conselhos de Segurança Pública de São Luís. A estratégia é traçar ações de acordo com a necessidade de cada localidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado governistas saem em defesa do Sistema de Segurança Pública do MA

2055461111-237606983noticia

Os deputados Magno Bacelar (PV) e Roberto Costa (PMDB) defenderam o Sistema de Segurança Pública do Maranhão, na sessão desta segunda-feira (11), dos ataques feitos pela oposição em razão dos crimes ocorridos no último fim de semana. Os deputados foram unânimes em afirmar que o problema da violência, hoje, se alastra por todo o país, sem distinção. Eles asseguraram ainda que, ao contrário do que apregoa a oposição, o Governo do Estado do Maranhão está agindo, de forma enérgica, para o combate à violência.

“A criminalidade, hoje, é sistêmica em todo o Brasil. É claro que o Sistema de Segurança está lutando para resolver e para prender os bandidos”, afirmou Magno Bacelar.

Na visão de Bacelar, a função do parlamentar que quer o bem comum é defender o Estado do Maranhão e apoiar o Sistema de Segurança, e não prestar um desserviço e querer desacreditá-lo, pois isso facilita mais para que os bandidos ataquem e alvejem os policiais. “O Governo do Maranhão está encarando com seriedade e responsabilidade para manter a segurança de todos os maranhenses”, argumentou.

Roberto Costa reforçou que o problema da segurança é uma situação nacional. “Se nós ligarmos a televisão hoje, em todos os telejornais, o assunto é o crescimento da violência em todo Brasil, e termina sendo o ponto alto de todos os meios de comunicação”, comentou.

RESPOSTA

Roberto Costa ressaltou que, no Maranhão, a Polícia tem dado uma resposta importante a todos os acontecimentos de violência e a governadora Roseana vem agindo para solucionar o problema. “A governadora tem que agir e tem agido. Para combater a violência, tem que ter o aumento do efetivo, e foi feito um concurso para se efetivar dois mil homens, que estão em processo de formação”, observou.

De acordo com Roberto Costa, a Secretaria de Segurança tem feito o papel dela, pois quando o bandido aparece e assalta, no outro dia é preso, o que demonstra que sua função está sendo cumprida com competência e com capacidade. “Nosso governo é um governo sério, tranquilo e que tem compromisso com a população do Maranhão”, argumentou.

Para ilustrar que os casos de violência não são problema só do Maranhão, Roberto Costa citou que, em Pernambuco, Estado governado pelo presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Eduardo Campos, assassinaram um promotor de justiça. “A questão da violência é, realmente, um problema sistêmico em nosso Brasil e, portanto, não só do Maranhão”, avaliou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policial estaciona em local proibido e agride filho de empresário; veja o vídeo

O Blog do Neto Ferreira recebeu dois vídeos em que um carro modelo Corsa Classic com placas NWS-8920 de São Luís-MA que estava sendo conduzido por um policial Militar identificado como Aurélio, foi flagrado, ás 17h, da tarde de ontem segunda-feira (21) estacionado em local impróprio impedindo a passagem de outros veículos na porta da Universal Informática, na Cohama. Além de bloquear a passagem dos motoristas, o veículo do militar causou um enorme congestionamento.

Policial é acusado de agredir filho de empresário.

Policial é acusado de agredir filho de empresário.

Revoltado com a falta de respeito do militar que estava fardado, o jovem identificado como Neto Barreto, filmou toda ação imoral do PM.

Transtornado, o policial Militar saiu da loja Universal Informática ameaçando anotar a placa veiculo do universitário e ainda partiu para agressão física, conforme mostra os vídeos acima.

Em resposta a equipe de reportagem do Blog do Neto Ferreira, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que vai emitir nota sobre o ocorrido ás 15h.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.