Poder

Empresária cobra R$ 141 mil de subsecretário pelo WhatsApp

No intuito de receber as cifras devidas pelos serviços prestados inicialmente ao Instituto Cidadania e Natureza (ICN), uma empresária recorreu ao aplicativo WhatsApp para cobrar do Governo do Maranhão.

A divida, que atualmente é de responsabilidade da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), após a ICN perder o contrato com o estado, é motivo de indignação e gerou um constrangimento ao subsecretário da Secretaria de Estado de Saúde (SES), advogado Carlos Eduardo Lula.

A empresária usou o aplicativo para cobrar Lula o pagamento da produção de placa de pvc adesivada, placa suspensa de recepção, placa suspensa acolhimento, placa com poste estacionamento restrito para ambulância, painel classificação de risco. entre outros.

“Só quero receber o que eu trabalhei. Será que dá pra ser. Será que dá pra esse governinho mequetrefe, falido e caloteiro me pagar”, questionou a dono da empresa de Comunicação Visual e Gráfica.

Carlos Lula, subsecretário de Saúde, sentiu-se desrespeitado e optou pelo bloqueio da empresária do seu grupo de contato do WhatsApp.

O valor cobrado da Saúde do Estado é 141 mil, mas desde outubro do ano passado não se tem previsão de pagamento. Notas da empresa foram atestadas para obter a dívida, que já acumula quase 4 meses de atraso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Desembargador nega soltura e mantém preso dono do ICN

Médico Pericles Silva Filho.

Médico Pericles Silva Filho.

O desembargador federal Ney de Barros Bello Filho, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou na última quarta-feira, 25, pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do empresário Péricles Silva Filho.

Péricles é também proprietário do Instituto Cidadania e Natura (ICN) e foi preso no dia 16 de novembro, durante a Operação Sermão aos Peixes. O juiz federal da 1ª Vara Roberto Carvalho Veloso decretou a prisão destacando que uma organização criminosa usou o instituto para se favorecer em negócios ilícitos na Secretaria de Estado da Saúde.

A defesa entrou com o habeas corpus no dia 19 e argumentou que o empresário é réu primário, possui residência fixa e profissão definida no Maranhão. O desembargador Ney Bello, relator dos recursos referentes à Operação Sermão aos Peixes no TRF1, manteve a decisão de base, conforme mostra a consulta processual abaixo.

As provas de materialidade apontadas no inquérito da Polícia Federal também levaram para cadeia por corrupção um segundo dono do ICN, Benedito Silva Carvalho, mas ele conseguiu habeas corpus alegando problemas de saúde.

Operação

A Polícia Federal realizou na segunda (16) e terça-feira (17) em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) uma operação para reprimir o desvio de recursos públicos federais do Fundo Nacional de Saúde (FNS), destinados ao sistema de Saúde no Maranhão. A Operação Sermão aos Peixes cumpriu 13 mandados de prisão preventiva, 60 mandados de busca e apreensão e 27 mandados de condução coercitiva, entre eles a do ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Hospital está abandonado em Vargem Grande

É de se espantar a atitude do secretário de saúde do município de Vargem Grande Charles Leonardo Marinho Sousa. Enquanto o hospital da cidade está totalmente abandonado, ele curte noitada regada a muito whisky no Piauí Fest, em Teresina.

Secretários de Saúde de Vargem Grande e Presidente Vargas

Secretários de Saúde de Vargem Grande e Presidente Vargas

O hospital, assim como a saúde em geral, vive as moscas. Quem chega a urgência e emergência do local volta para casa sem ser atendido por falta de médico. Uma simples injeção também não tem. Para piorar, os pacientes que estão internados não têm água para tomar banho. Recentemente uma grávida perdeu o bebê por negligencia médica.

Um verdadeiro descaso.

Fotos que chegaram ao Blog mostram alimentos sendo transportados em macas, macas essas que estão completamente enferrujadas, o que aumenta o risco de infecção nos pacientes. O secretário não deve saber que macas foram feitas para transportar pessoas e não mercadorias.

Diante de tudo isso, o secretário Charles não está nem aí. Enquanto a saúde agoniza, ele passou todo o final de semana curtindo o Piauí Fest ao lado da também secretária de saúde de Presidente Vargas e do proprietário de uma conhecida fornecedora de medicamentos hospitalares de Teresina, que coincidentemente venceu licitações nos dois municípios.

Mas, isso será contado em outra publicação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Pacientes dormem na fila da central de marcação de consultas em Balsas

Pacientes têm encontrado dificuldades para marcar consultas na central de marcação de Balsas. O agendamento só pode ser feito às segundas-feiras e o número de vagas é limitado. Ao todo são distribuídas 18 fichas, insuficientes para atender a demanda.

Os próprios pacientes que precisam de atendimento médico se organizam na fila. Os nomes são marcados em um pedaço de papelão. Tem gente que espera de um dia para o outro na porta da central de marcação. “Já é a terceira vez que eu venho aqui. E a passagem é cara. O jeito é ficar aqui”, disse o lavrador José Henrique Feitosa.

Sâmia Bezerra também teve que dormir na porta da central de marcação. Ela precisa fazer um exame de raio-X e reclama da demora para conseguir um atendimento. “Eu nunca tinha vindo fazer um raio-X. Nunca precisei vir aqui na central para marcar um raio-X, é a primeira vez”, contou.

A maior demanda na central de marcação de Balsas é para atendimento ortopédico. Além da dificuldade para conseguir marcar uma consulta, os pacientes ainda têm que esperar uma semana para conseguir para serem atendidos. (Do G1MA)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Prefeito de Poção de Pedras é denunciado ao Ministério da Saúde

Prefeito Cascaria.

Prefeito Cascaria.

A chefe do Serviço de Auditoria do Ministério da Saúde Maria Ulda Araújo Tavares, recebeu documentos que comprovam irregularidades cometidas na gestão do prefeito de Poção de Pedras, Augusto Inácio Pinheiro Júnior, o Júnior Cascaria (PRB). Foi protocolado os documentos no dia 5 de maio.

De acordo com documentos, a situação tem se agravado cada dia mais no sistema de saúde pública, a exemplo do Hospital Agostinmho Cruz Marques, que a cada 10 pacientes que procura o hospital para internação, 8 voltam para casa sem atendimento, por falta de seringa, soro fisiológico, antibiótico e anti-flamatórios.

Pacientes que precisam ser removidos para outras cidade ou mesmo São Luís, tem que arcar com despesas de combustível e as vezes com alimentação do motorista. Esses pacientes na maioria das vezes, são transportados sem tomar sequer um analgésico pela ausência do medicamento no hospital.

O município mantém em São Luís, na rua São Pantaleão, em frente a maternidade Benedito Leite, uma casa de apoio para abrigar pacientes em tratamento na capital. Os pacientes são obrigados a agradar financeiramente as pessoas que prestam serviço. Para pior a situação, o deslocamento de pacientes para unidades de saúde de São luís é custeado pelos próprios pacientes.

No PSF, em que pese o município receber por oito equipes, se constata a existência de 2 a 3 médicos, que atendem basicamente no hospital e um deles não possui o CRM, pois é estagiário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saúde

Prefeito Leo Coutinho inaugura Unidade de Saúde em Caxias

Com apenas um mês após ter inaugurado o posto de saúde da Cohab, o prefeito Leo Coutinho entrega mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em Caxias. Desta vez, a localidade contemplada foi a Vila Alecrim, que atenderá também as comunidades da Vila Lobão, Nova Caxias e parte do Cangalheiro.

A inauguração aconteceu na tarde desta quinta-feira (11). Estiveram presentes na solenidade o prefeito Leo Coutinho, secretários municipais, vereadores, demais autoridades, bem como a comunidade local e os funcionários que atuarão no posto de saúde.

Durante a solenidade, o secretário de Saúde, Vinícius Araújo, reforçou a importância da atenção básica. “É como eu sempre digo, a atenção básica tem que começar nos bairros. O objetivo do posto de saúde é descentralizar o atendimento, e dar proximidade à população ao acesso aos serviços de saúde, além de ajudar a reduzir os encaminhamentos aos hospitais”.

O prefeito Leo Coutinho frisou o desafio que foi inaugurar a UBS da Vila Alecrim. “É uma obra que alguns diziam que não iríamos concretizar, mas está aqui, pronta. Os moradores aqui não vão mais precisar se deslocar para outros bairros. Vocês confiaram em mim e a nossa resposta é com trabalho”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Em Itinga, cadeira é retira de clínica particular para ser colocada em posto de saúde

Uma câmera flagrou o momento em que uma cadeira odontológica é retirada de uma clínica particular para ser levada a um posto de saúde, no município de Itinga do Maranhão.

Informações dão conta de que a cadeira pertence à clínica dentária Dra Marluce e o carro que transporta o equipamento é da Secretaria de Educação do município. As imagens mostram o carro saindo da clínica e chegando ao posto de saúde que seria inaugurado nos próximos dias.

O flagrante denuncia tamanho descaso da prefeitura de Itinga do Maranhão com a saúde pública a ponto de uma cadeira de consultório particular ser reaproveitada em um posto de saúde. O caso gera desconfiança sobre o destino dos recursos da Prefeitura.

O maior questionamento é: Para onde vão esses recursos e porque não são suficientes para sanar uma obrigação tão simples quanto à aquisição de uma cadeira hospitalar?

A prefeita Vete Botelho e vereadores ainda não se pronunciaram sobre o flagrante.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Academia de saúde em Mirador fica apenas na promessa

A população do município de Mirador até hoje aguarda a promessa da construção da Academia de Saúde, com recursos do Fundo Municipal de Saúde de Mirador.

O Programa Academia da Saúde, de iniciativa federal estimula a criação de espaços adequados para a população com práticas esportivas, atividades físicas e lazer.

O município recebeu o repasse de incentivo para a construção da obra em via pública, mas até agora, nada da tão falada academia. A população terá que fazer atividades físicas de outra maneira. Interessante é que no local existe um estabelecimento de saúde mantido pelo SUS.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Gil Cutrim vistoria obras nas áreas da saúde, educação e infraestrutura

O prefeito Gil Cutrim vistoriou, neste sábado (07), obras nos setores da saúde, educação e infraestrutura que estão sendo executadas por sua administração em regiões do município de São José de Ribamar e que serão entregues à população em breve.

No Miritiua, localizado na região limítrofe com a capital São Luís, Cutrim, acompanhado de vereadores e várias outras lideranças políticas e comunitárias da cidade, verificou o andamento da construção da nova Unidade Básica de Saúde do bairro.

A UBS possuirá cinco consultórios, atendimento odontológico e será dotada de toda a infraestrutura necessária para ampliar a oferta de serviços nesta área de São José de Ribamar. Ela substituirá uma antiga que já funciona há vários anos.

Na Matinha, bairro situado na chamada região semiurbana, o prefeito vistoriou a obra de construção de uma Creche Municipal, que está sendo custeada com recursos federais, com contrapartida do município, e que terá capacidade para atender cerca de 240 crianças, com idade variando entre quatro meses a cinco anos. A obra faz parte de um amplo conjunto de ações na área da educação que prevê, ainda, a implantação de novas Creches Municipais em outras localidades, tais como Nova Aurora, Miritiua, São José dos Índios e Novo Cohatrac, por exemplo.

No bairro Moropóia, na sede da cidade, Gil Cutrim acompanhou a obra de perfuração de um novo poço, de um total de 29 que serão implantados, ainda neste primeiro semestre, objetivando ampliar a oferta de água de qualidade em vários bairros da cidade.

“O prefeito Gil está de parabéns por esse conjunto de importantes obras que estão sendo executadas em vários setores da cidade. O povo está ao seu lado e continuará apoiando essas iniciativas”, avaliou o motorista Ivaldo Queiroz, morador da sede, que participou da visita à obra de perfuração do novo poço.

Gil Cutrim agradeceu o apoio dos populares e garantiu que o trabalho em São José de Ribamar, apesar das dificuldades financeiras pelas quais passam todas as cidades brasileiras, continuará firme e ganhando, a cada dia, ritmo mais acelerado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saúde

Edivaldo Júnior deixa saúde de São Luís em estado de precariedade

Há quase doías anos de gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e a população se pergunta por que os os antigos problemas ainda não foram resolvidos?

Essa pergunta reflete a péssima infraestrutura, escassez de medicamentos e falta de médicos levando ao caos o sistema de Saúde Público de São Luís.

A administração de Edivaldo Júnior é, sem sombra de dúvidas, o retrato da realidade caótica em que se encontram várias Unidade Mista de Saúde (UMS), a exemplo do bairro São Bernardo, localizada na Avenida Tiradentes.

De acordo com imagens obtidas pelo Blog do Neto Ferreira, mostra ao lado da unidade um esgoto comprometido derramando sujeira.

A ausência da vereadora e secretária de Saúde, Helena Dualib, é motivo de reclamações também na Unidade hospitalar do Maiobão onde sequer funciona corretamente pela falta de médicos

O sistema precário de unidades da capital já levou Edivaldo Júnior a ser condenado pelo juiz Clésio Coelho Cunha, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, a realizar, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a recuperação e a manutenção das unidades mistas de saúde do Bequimão, Itaqui-Bacanga, São Bernardo e Coroadinho, todas na Capital.

A decisão judicial solicita, ainda, que o Município de São Luís apresente, na forma do art. 69, do Código de Saúde do Estado, o alvará de autorização sanitário condicionada ao cumprimento de todos os requisitos técnicos referentes às instalações, MÁQUINAS , equipamentos, normas e rotinas das Unidades Mistas do Bequimão, Itaqui-Bacanga, São Bernardo e Coroadinho, tudo comprovado pela autoridade sanitÁRIA competente através de vistorias e dentro do prazo de 30 (trinta) dias, sob pena de interdição cumulada com multa.

Entre os diversos problemas verificados, na Unidade Mista do Bequimão, por exemplo, não existe a implantação da VIGILÂNCIA epidemiológica das infecções hospitalares, falta providenciar teste BIOLÓGICO do processo de esterilização, bem COMO falta corrigir infiltrações no corredor das enfermarias. Na Unidade Mista do Coroadinho, há a necessidade de contratação de médicos pediatras para atender a necessidade de assistência nas 24 horas em todos os dias da semana para o Setor de Urgência, não há implantação da VIGILÂNCIA epidemiológica das infecções hospitalares.

Além das irregularidades, foi detectada, ainda, a ausência de alvará sanitário para as FARMÁCIAS básica e hospitalar, e a ausência de sala específica para realização de pesquisa de Hanseníase, para coleta, preparo e leitura das AMOSTRAS.

Portanto, quem padece são os pobre e oprimidos em São Luís. Lamentável.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.