Poder

Prefeitura de São Bento vai gastar R$ 3,3 milhões com medicamentos

R$ 3.356.875,79 milhões. Esse é o valor exato que a Prefeitura de São Bento vai pagar na compra de medicamentos e insumos hospitalares.

As empresas que serão responsáveis pelo fornecimento dos produtos são a Márcio G.A JALES-ME (Distribuidora Dutrafarma), localizada em Presidente Dutra, a Droga Rocha Distribuidora, com sede em Teresina, e a São Jorge Distribuidora Hospitalar, sediada em São Luís.

Segundo foi publicado no Diário Oficial, a Distribuidora Dutrafarma vai faturar cerca de R$ 2.424.937,15 (dois milhões, quatrocentos e vinte e quatro mil, novecentos e trinta e sete reais e quinze centavos) com a aquisição da Prefeitura.

De propriedade de Antônio Francisco Rocha de Abreu e Marilene Rocha de Abreu Santos, a Droga Rocha vai ganhar R$ 483.347,08 (quatrocentos e oitenta e três mil, trezentos e quarenta e sete reais e oito centavos), e a São Jorge Distribuidora, pertencente à Hoda Melhem Alzammar e Doha Georges Saad, vai lucrar R$ 448.591,56 (quatrocentos e quarenta e oito mil, quinhentos e noventa e um reais e cinquenta e seis centavos).

O contrato milionário tem prazo de vigência de 12 meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

TCE suspende licitação em São Bento

Luzinho-prefeito-de-São-Bento-foto-Gilson-Teixeira-3

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) emitiu, na sessão do Pleno desta quarta-feira (03) medida cautelar suspendendo a Tomada de Preços nº 007/2017 em curso no município de São Bento, tendo como objeto a prestação de serviços de elaboração de projetos de engenharia.

A administração municipal fica também, até o julgamento do mérito, impedida de realizar quaisquer medidas administrativas decorrentes do certame.

A medida, que contou com parecer favorável do Ministério Público de Contas (MPC), inclui ainda a citação do prefeito do município e da presidente da Comissão Permanente de Licitação do município para apresentação de defesa no prazo de quinze dias.

A decisão atende a denúncia formulada por um interessado na concorrência, alegando dificuldade em obter o edital da Tomada de Preços. Apesar das várias tentativas realizadas, o licitante só teria tido acesso ao edital via email poucas horas antes da realização do certame, inviabilizando assim sua participação.

CONTAS – Na mesma sessão, o TCE emitiu parecer prévio pela desaprovação das contas de governo de Felix Martins Costa Neto (São Félix de Balsas, 2013).

As contas do ex-presidente da câmara municipal de Tasso Fragoso, José Dorierson Ribeiro Barros, relativas ao exercício de 2011 foram julgadas regulares com ressalvas e multa de R$ 2 mil.

O TCE julgou irregulares as contas da administração direta do município de Satubinha, exercício de 2012, de responsabilidade de Antonio Rodrigues Melo e Franklin Rudiney Silva dos Santos. Com débito de R$ 78,4 mil e multas no total de R$ 45,6 mil.

O TCE emitiu parecer prévio pela aprovação com ressalvas sobre as contas de gestão da administração direta de Luiza Moura da Silva Rocha (São João do Sóter, 2010), que também receberam julgamento regular com ressalva. Com multas no total de R$ 105,8 mil.

Receberam o julgamento regular com ressalvas as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS) de São João do Sóter, exercício de 2010, de responsabilidade de Luiza Moura da Silva Rocha (prefeita), José Alvarez Sousa de Oliveira (Secretário Municipal de Saúde no período de 01/01 a 25/07/2010) e Maria do Carmo Cavalcante Lacerda (Secretária Municipal de Saúde no período de 26/07 a 31/12/2010), com multa de R$ 2 mil.

Foram julgadas regulares as contas do mesmo exercício relativas ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), relativas a 2010, de responsabilidade de Luiza Moura da Silva Rocha (prefeita), Maria do Carmo Cavalcante Lacerda (Secretária Municipal de Educação no período de 01/01 a 25/07/2010), Francisca das Chagas Bezerra de Sousa (Secretária Municipal de Educaçao no período de 26/07 a 31/12/2010) e Clodomir Costa Rocha (Secretário Municipal de Administração, Fazenda e Infra-Estrutura, com ressalvas). Multa de R$ 3 mil.

Foram julgadas regulares as contas do mesmo exercício relativas ao Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), de responsabilidade de Luiza Moura da Silva Rocha (prefeita), Joserlene Silva Bezerra de Araújo (Secretária Municipal de Desenvolvimento Social) e Clodomir Costa (Secretário Municipal de Administração, Fazenda e Infra-Estrutura).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa de Presidente Dutra ganha contrato de R$ 2,1 milhões em São Bento

A Distribuidora Dutrafarma vai lucrar altíssimo na Prefeitura de São Bento.

Localizada em Presidente Dutra, a construtora firmou um contrato com o Executivo Municipal de R$ R$ 2.168.402,36 (dois milhões, cento e sessenta e oito mil, quatro centos e dois reais e trinta e seis centavos).

O acordo prevê o fornecimento de medicamentos e insumos hospitalares e tem vigência até 31 de dezembro.

são bento

são bento1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Hospital de São Bento é fechado

IMG-20160511-WA0076

O hospital Vicente Ribeiro Aragão, localizado no Município de São Bento, foi definitivamente fechado, na manhã desta quarta-feira (11).

A unidade hospitalar estava interditada desde 2011, quando o Ministério Público determinou a interdição por constatar várias irregularidades que clocava em risco a vida dos pacientes.

Após a ação do MPMA, as pessoas estavam sendo atendidas no posto de saúde do bairro Outra Banda, situada naquela cidades, no entanto, o local não suporta o grande número de pacientes, portanto a maioria fica esperando o atendimento médico do lado de fora da casa de saúde.

Veja abaixo as fotos do fechamento do hospital Vicente Ribeiro Aragão:

IMG-20160511-WA0078

IMG-20160511-WA0079

IMG-20160511-WA0081

thumbnail_IMG-20160511-WA0077


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito de São Bento diz que foi injustiçado

LuisinhoBarros-1

Após ser solto, o ex-prefeito de São Bento, Luiz Gonzaga Barros, foi recepcionado na cidade e fez um discurso onde afirma que foi injustiçado.

Ele disse ainda que já o acusaram de cometer um crime de assassinato, mas que depois foi inocentado e ganhou as eleições em São Bento. “As rádios, televisões e jornais diziam: assassino, assassino… e eu dizia se Deus quiser vou ser inocentado. E foi o que aconteceu”, declarou, Luíz Gonzaga.

O ex-gestor foi preso há seis dias pela Polícia Federal durante a Operação Vínculos, que investigava um esquema criminosos que desviou milhões de reais da Previdência. O Blog divulgou a prisão de Luíz Gonzaga. (Reveja)

Confira o vídeo abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de São Bento não paga dívida e fica com nome no Serasa

maxresdefault

A Prefeitura de São Bento está com o nome no órgão Serasa. O motivo é a dívida de R$ 208 mil, que ela vem acumulando com a empresa Cutrim & Motta Consultoria, sediada em São Luís, há bastante tempo.

Em detrimento disso, foi encaminhado um ofício extrajudicial para a sede da Administração Pública da cidade, com objetivo de obrigar o gestor Carlos Alberto, o Carrinho, a quitar o débito.

Caso isso não aconteça, o prefeito poderá sofrer sanções.

Veja a ordem judicial abaixo:

Arquivo Escaneado


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de São Bento é recebido com festa pelos sambentuenses

Após 3 meses afastado por problemas de saúde, o prefeito de São Bento Carlos Alberto Lopes Pereira, o Carrinho foi recebido pelos sambentuenses no ultimo fim de semana com muita festa.

Ao lado do Vice prefeito Isaac Dias, do deputado estadual J Pinto, de vereadores e de várias lideranças comunitárias o prefeito percorreu ruas e avenidas acompanhado de uma grande carreata e de uma multidão que o seguia.

Em seu discurso o prefeito pediu paciência e garantiu mudar a cidade investindo principalmente em educação, saúde, assistencial social e infraestrutura.

O deputado estadual J. Pinto que também fez parte da carreata, falou que se sentiu satisfeito pelo carinho demonstrado pelo povo sambentuense ao prefeito Carrinho Muniz e informou que não medirá esforços para levar grandes projetos ao município.

Há pouco mais de 5 meses à frente da Administração Municipal, o prefeito Carrinho  não tem limitado esforços para proporcionar ao povo sambetuense dias ainda não conhecidos

Prova disso foi o ponta-pé inicial de sua administração, o carnaval que ganhou uma nova cara como há muito tempo as pessoas não viam, valorizou a cultura local e colocou a cidade como um dos maiores destaques maranhense da festa de Momo.

Ressaltando o compromisso de administrar com responsabilidade e planejamento, o Prefeito Carrinho já anunciou grandes projetos desenvolvidos pelas secretarias e que serão colocados em prática durante a gestão.

Relembre

No inicio do mês de marco, o prefeito de São Bento teve que se afastar do cargo para realizar uma cirurgia de obstrução intestinal. Problema que generaliza  a oclusão parcial ou total do intestino impedindo a passagem de seu conteúdo.  Ele chegou a ficar na UTI internado por vários dias, se alimentando através de sonda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Médico acusado de homicídio em São Bento é preso

Policiais civis lotados no município de São Bento prenderam, na manhã desta terça-feira (9), o médico Cláudio César Cardoso, após este cometer um crime de homicídio naquela cidade.

Segundo a polícia, Cláudio César teria colidido com o seu veículo na bicicleta da vítima identificada como Claudionor Arouche, de 48 anos. Ainda conforme a policia, após a colisão, os dois iniciaram uma discussão, que resultou em luta corporal.

Cláudio teria sacado um revólver calibre 38 e efetuado dois disparos que atingiram o tórax e o braço de Claudionor. A vítima ainda desferiu um golpe de facão que atingiu o braço do médico. Os dois foram encaminhados para o Hospital Municipal de São Bento, onde Claudionor Arouche veio a óbito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Irene Soares e outros quatro prefeitos são denunciados à Justiça

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA) recebeu denúncias do Ministério Público Estadual contra os prefeitos Rivalmar Luís Gonçalves (Viana), Irene de Oliveira Soares (Presidente Dutra), Luís Gonzaga Barros (São Bento), Washington Luís de Oliveira (Bacuri) e José Gomes Coelho (Estreito).

A prefeita de Presidente Dutra e conhecida da Justiça, Irene Soares.

A prefeita de Presidente Dutra e conhecida da Justiça, Irene Soares.

O prefeito de Viana, Rivalmar Gonçalves – gestor do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), no exercício de 2007 – é acusado de ter dispensado licitação para aquisição de combustível, móveis, equipamentos e material de expediente, no valor total de R$ 51.190,45.

Já a prefeita de Presidente Dutra, Irene Soares, foi denunciada pelo MP com base em decisão judicial numa reclamação trabalhista. Ela teria contratado Francisco Aleixo dos Santos para prestar serviços na função de gari da prefeitura sem concurso público.

Os prefeitos Luís Barros (São Bento), Washington de Oliveira (Bacuri) e José Coelho (Estreito) foram denunciados pelo MP por apresentarem, com atraso, suas respectivas prestações de contas ao Tribunal de Contas do Estado – os dois primeiros em relação ao exercício 2001 e o último referente ao exercício de 2012.

A votação foi unânime no recebimento das denúncias contra os prefeitos de Viana, Presidente Dutra, São Bento e Estreito. No caso do prefeito de Bacuri, Washington Luís de Oliveira, o desembargador Froz Sobrinho divergiu da maioria e votou pelo não recebimento da denúncia. Ele apontou ausência de dolo nos casos em que o gestor público efetua o pagamento de multa ao TCE, saindo da lista de inadimplentes, considerando ainda a quantidade de dias na entrega da prestação.

EFICIÊNCIA
Tendo em vista o encerramento do calendário forense de 2012, Froz Sobrinho elogiou o trabalho do desembargador Joaquim Figueiredo na presidência da 3ª Câmara Criminal do TJMA. ‘O desembargador Joaquim Figueiredo desenvolveu com muita eficiência o cargo’, destacou. Figueiredo, por sua vez, frisou que o êxito do trabalho reflete a competência dos desembargadores que compõem a câmara.

Assessoria de Comunicação do TJMA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.