Poder

Roberto Rocha diz que Wellington terá desafio em recuperar autoestima do povo

2

Durante a convenção do Partido Progressista (PP), realizada na última sexta-feira (5), em São Luís, o senador da República Roberto Rocha (PSB) disse que o candidato a prefeito da capital maranhense, Wellington do Curso, terá um grande desafio: recuperar a autoestima do povo de São Luís.

“As pessoas, eleição após eleição, têm uma descrença nos políticos e você (Wellington) tem um desafio não só de vencer a eleição, talvez esse seja o desafio menor, mas de recuperar a autoestima do povo de tanta decepção, tanta tristeza e de tantas promessas vazias que não podem ser cumpridas”, disparou Roberto Rocha.

O senador foi enfático e disse mais: “da nossa parte não tem mais PSB, não tem mais PP, não tem mais PHS, não tem mais PSD. A partir de hoje tem um partido, o partido da cidade de São Luís, chamado Wellington do curso, esse partido tem nome e tem número.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Imagem da noite: chapa definida

A chapa foi definida e terá como candidatado a prefeito o deputado estadual Wellington do Curso e o vereador Roberto Rocha Júnior vice-prefeito de São Luís, ambos com o apoio de vários partidos que juntos somam mais de 1 minuto de tempo de televisão e rádio no horário eleitoral.

O anúncio da união dos partidos PP, PSB, PSD e PHS em prol da candidatura de Wellington movimentou o cenário político desde a tarde de quinta-feira (04), vitaminando o projeto do PP, que chegou a ter dificuldades em aglutinar partidos para enfrentar o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Durante a reunião que definiu a chapa, estavam presentes o senador Roberto Rocha, o vereador e presidente municipal do PSB, Roberto Rocha Júnior, o vice-presidente nacional do PHS, advogado Jorge Arturo, o ex-deputado Clodomir Paz, entre outras lideranças políticas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A preocupação do senador…

Uma investigação do Ministério Público Eleitoral (MPE) detectou uma doação de campanha irregular feita pela empresa J. M. Figueira Confecções-ME para o senador da República, Roberto Rocha (PSB), durante as eleições de 2014. O valor repassado para a conta do então candidato a senador foi de R$ 60 mil.

Segundo a promotora Eleitoral da 1ª Zona, Lúcia Cristiana Silva Chagas, a proprietária da empresa referida acima, Janice Maria Xavier de Carvalho Filgueira, realizou a doação acima do limite legal, que por Lei é permitido o equivalente a 2% do faturamento bruto do ano anterior à eleição.

Em detrimento disso, o órgão fiscalizador acionou a proprietária da empresa e requereu a cópia de declaração de imposto de renda da pessoa jurídica relativa ao ano base 2011 e o extrato da conta corrente do Banco do Brasil de Roberto Rocha, onde foi verificado que a doação em foco foi feita mediante depósito online, e o recibo eleitoral estava sem a assinatura do doador.

Ao analisar o caso e colher todas as provas, a promotora Eleitoral, Lúcia Chagas, pediu à Justiça que fossem julgados improcedentes os pedidos de condenação a pagar multa e proibição de participar licitações públicas e de contratar com o Poder Público no prazo de 5 anos para Janice e a sua empresa.

Por outro lado, Chagas solicitou que a cópia dos autos fossem encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal do Maranhão, para que seja investigado possível delito de falsidade ideológica.

Doação0005

Doação10002

Doação20004


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Doações ilegais voltam a ‘assombrar’ Roberto Rocha

Em meio articulações politicas municipais do senador Roberto Rocha, que tenta controlar e direcionar o caminho do PSB, adversários também começam a se movimentar para trazer à tona de uma outra forma o caso da empresária Janice Maria Xavier de Carvalho Filgueira.

Janice, para quem não sabe, é dona J.M. Filgueira Confecções-ME, que registrou um Boletim de Ocorrência denunciando o senador Roberto Rocha (PSB) por uso indevido de seus dados durante a campanha eleitoral de 2014.

Janice afirmou, segundo documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira, que tomou conhecimento que teria doado R$ 60 mil para a campanha do então candidato ao Senado da República, Roberto Rocha, por meio de uma notificação do Ministério Público Eleitoral (MPE), que identificou doações de campanha acima do permitido por Lei realizado pela J.M. Filgueira Confecções.

Após receber o ofício, a “empresária” registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia, onde detalhou que fora pega de surpresa pela notificação do MPE e que a empresa não tem movimentações há mais de 20 anos, apesar de estar formalmente ativa.

Janice alegou que o senador Roberto Rocha usou de má-fé, sem autorização dela utilizou seus dados, atribuindo doações que jamais fez e pede que ele seja penalizado pela doação ilegal de campanha.

“Primeiramente, não tenho qualquer ligação política com quem quer que seja e segundo e não menos importante, não tenho condições financeiras para tanto. Portanto, estou sendo vítima de um golpe e não posso ser penalizada por algo que não fiz. Peço que o candidato seja penalizado”.

Ao apresentar sua defesa em juízo, a “empresária” ressaltou que jamais participou de tal doação, pois não tem condições financeiras suficientes para doar R$ 60 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Zé Reinaldo diz que vai lutar pelo fortalecimento de candidatura própria do PSB

reinaldo
O deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB-MA), assumiu a presidência da Comissão Provisória Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em São Luís, após o senador Roberto Rocha ter sido destituído pela direção estadual do cargo.

Em sua rede social, o parlamentar afirmou que vai conduzir o processo de crescimento partidário do PSB da melhor maneira possível e que vai lutar pelo fortalecimento de candidatura própria do PSB.

“Vou conduzir o processo e fazer o que for melhor para o crescimento partidário e fortalecimento do PSB com a candidatura própria escolhida de maneira democrática . Vamos juntos lutar por nossos candidatos junto com os movimentos sociais que ajudam a tornar forte o nosso PSB sempre de maneira participativa”, declarou José Reinaldo Tavares.

Embora, Zé Reinaldo tenha dito que vai lutar pelo fortalecimento do partido, inclusive de candidatura própria do PSB para as eleições de São Luís, ele andou pedindo legendas para apoiar a pré-candidata a prefeita de São Luís e deputada federal, Eliziane Gama.

zé reinaldo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Senador pediu a Flávio Dino exoneração do secretário de Meio Ambiente

Governador Flávio Dino em conversa com o senador Roberto Rocha (foto Ilustração).

Governador Flávio Dino em conversa com o senador Roberto Rocha (foto Ilustração).

O senador da República Roberto Rocha pediu ao governador Flávio Dino (PCdoB), a cabeça do secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

Rocha, que não se entende mais com Coelho, solicitou a exoneração no Palácio dos Leões, devido a pasta pertencer ao PSB.

Ao governador foi entregue, há meses, três nomes que passariam pelo crivo e fosse escolhido uma pessoa com currículo técnico para assim substituir.

Ocorre, porém, Marcelo Coelho teria sido cooptado pelos comunistas e conseguiu se segurar no cargo desde o pedido de exoneração.

Algo que, sem sombra de dúvidas, desagradou Roberto Rocha e gerou um tremendo desprestígio com o Palácio dos Leões.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A crise política entre Flávio Dino e Roberto Rocha

????????????????????????????????????

Governador Flávio Dino e o senador Roberto Rocha.

O Palácio dos Leões tem adotado medidas que vem gerando crise política com os partidos aliados do PCdoB. Um exemplo claro disso foi o desgaste com o PDT, partido controlado pelo deputado federal Weverton Rocha, que tentou substituir Áurea Prazeres do cargo de secretária de Educação, mas não conseguiu.

O PDT perdeu o cargo após o governador nomear Felipe Camarão como titular da Secretaria de Educação.

A mais recente medida também gerou crise política entre o governador e o senador da República, Roberto Rocha (PSB).

Roberto Rocha encaminhou três nomes para Flávio Dino escolher e substituir o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, que hoje não é mais considerado de sua cota.

No entanto, o chefe do executivo evitou, até o momento, atender o pedido do senador, que enxergou uma possível coaptação do governo com o seu ex-aliado Marcelo Coelho.

O governo teria coaptado igual fez com Ester Marques, ex-secretária de Cultura, indicada pela deputada federal Eliziane Gama (PPS).

E essa crise política deixará Flávio Dino inviável a obter o voto de Roberto Rocha no processo de impeachment de Dilma.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PF intercepta diálogo que senador e esposa são citados

Roberto Rocha e a esposa Ana Cristina.

Roberto Rocha e a esposa Ana Cristina.

Dentre tantas constatações feitas pela Polícia Federal no inquérito que desencadeou a operação Sermão aos Peixes, o Blog do Neto Ferreira apurou que o nome do senador da República, Roberto Rocha (PSB) e sua esposa, Ana Cristina, foram citados por um dos investigados.

A conversa entre dois gestores da Associação Tocantina para o Desenvolvimento da Saúde – Bem Viver e sócios do Centro de Medicina Clínica Ltda – CEMEC, Cloves Dias Carvalho e Charles Miranda Lopes, foi interceptada por agentes da Policia Federal.

No diálogo, Charles conversa com Cloves sobre fraudes, comentam que superfaturam os valores de exames cobrados na unidade hospitalar de Balsas. Em um dos trechos da conversa Cloves fala que apesar de ganhar a mais em cima dos valores reais das consulta, eles tem que pagar à prefeitura. No entanto Charles afirma que já está se precavendo. “Não, aí o que acontece… isso ai já estou me precavendo (risos), a secretária de saúde é mulher de Roberto, entendeu? Do senador…”

A Polícia Federal detectou na conversa de que se tratava de Ana Cristina, esposa do senador Roberto Rocha, irmão do prefeito de Balsas, Luís Rocha Filho, o Rochinha.

Em outro momento do diálogo, Charles afirma que Ana Cristina gosta do pote (dinheiro). “Aí já me botaram junto dela… porque quem gosta… quem gosta de um pote é ela, não é ele… porque é igual aqueles caras da Lava Jato falaram (Operação Lava Jato da Policia Federal) diz que para conseguir botar um tijolo o cabra tem que dar dinheiro, ai quando o cabra ganha um licitação honesta…”

Na interceptação telefônica a esposa do senador Roberto Rocha é colocada como secretária de Saúde de Balsas, no entanto a gestora municipal da saúde é Cristiane Barros. O Blog do Neto Ferreira tentou entrar em contato com o senador, mas não obteve êxito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Roberto Rocha tenta culpar palácio por crítica de comunicadores

Senador Roberto Rocha

Senador Roberto Rocha

No dicionário, crítica é um substantivo feminino, uma atividade de examinar e avaliar minuciosamente uma produção artística, literária ou científica, bem como costumes e comportamentos.

Embora muitos não saibam elaborar ou mesmo extrair pontos positivos desta para o crescimento pessoal e/ou profissional, atacar parece ser a forma mais concisa de responder a uma cadeia de comunicação, que faz seu trabalho, sendo os olhos, ouvidos e bocas de muitos que preferem calar-se.

O que dizer da postagem em uma rede social do nobre senador Roberto Rocha?

Uma atitude impensada? Um cansaço em meio a tantos ataques? Uma agressão barata? Uma tentativa de direcionar o foco para o lado oposto? Um momento de fraqueza? Apenas um desabafo? São muitas as perguntas e bem mais prováveis as inúmeras respostas.

“…Mas esse é o preço a ter que pagar pela independência, por não ser submisso a pequenas seitas que gravitam em torno do Palácio dos Leões, que assim seja.” Disse o senador entre as linhas de seu texto. Há muito a se pensar, embora seja mais fácil saber lidar com oposição e opositores e não fazer-se de vítima.

Postagem do senador Roberto Rocha no Facebook

Postagem do senador Roberto Rocha no Facebook


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Eliziane Gama descarta confronto com Flávio Dino e revela apoio de Roberto Rocha

Eliziane Gama, deputada federal.

Eliziane Gama, deputada federal.

A deputada federal Eliziane Gama (PPS/MA) revelou, em entrevista exclusiva ao Blog do Neto Ferreira, que não existe a intenção do seu partido de confrontar com o governador Flávio Dino (P C do B), na disputa pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que acontece no mês de outubro do próximo ano.

A parlamentar disse que tem plena convicção que o governador Flávio Dino terá uma posição imparcial nas eleições de 2016, pois as pessoas que devem disputar a Prefeitura de São Luís têm uma boa relação com o chefe do poder Executivo Estadual, que deve deixar o processo eleitoral acontecer com total tranquilidade.

Na ocasião, Eliziane adiantou que o PPS tem clara convicção que terá candidatura própria em 2016, e no próximo mês de junho iniciará debate para a construção do plano de governo, que deve ser fruto do sentimento popular, pois não adianta discutir um projeto eleitoral sem envolver São Luís, como um todo.

APOIO DE ROBERTO ROCHA

Para Eliziane Gama, a própria população de São Luís demonstra um sentimento favorável muito grande pela sua candidatura. “Vamos trabalhar para coresponder as expectativas da população. O PPS tem candidato a prefeito de São Luís e colocarei meu nome à disposição do partido para disputar”, afirmou.

Na entrevista, Eliziane revelou que o senador Roberto Rocha (PSDB/MA) tem demonstrado muito carinho, atenção e interesse no projeto do PPS de disputar a Prefeitura de São Luís. “Estou muito feliz. O senador é muito companheiro e amigo nessa caminhada. Tenho a plena convicção que sua contribuição será importante”, disse.

Eliziane Gama revelou também que o PPS está buscando apoio de vários partidos para consolidar o projeto em São Luís, como o PSDB, DEM, PTB e outras siglas. “Nossa intenção é juntar as pessoas de bem, que tenham ideias, projetos e compromisso com a cidade, para estar conosco nesse embate eleitoral”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.